Arquivos

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Pequeno comentário ao jogo em Santa Maria da Feira...

A derrota em Santa Maria da Feira foi, na minha opinião, justa. O Feirense foi mais equipa, mais aguerrido, mostrou mais vontade de ganhar o jogo, foi mais objectivo. Os nossos jogadores tentaram jogar um futebol apoiado, de passe curto, que naquele campo e perante este adversário se revelou inadequado. Julgo mesmo que Kanu foi o único jogador em campo que percebeu qual a resposta que se pedia à equipa do Beira-Mar...
Continuo a ter muita esperança neste plantel e nesta equipa técnica. Acredito que ainda nos vão dar muitas alegrias. No entanto, todos devem perceber que, nesta Liga de Honra, é preciso vestir o fato-macaco. Esta equipa já mostrou que sabe jogar futebol. Espero que demonstre que, quando necessário, também sabe "meter o pé", discutir com virilidade todos os lances, ir ao chão, "comer a relva" se for preciso...
.
A toda a famíla auri-negra, aos meus companheiros de blogue e, obviamente, a todos os visitantes do Bancada Norte, endereço os meus votos de Boas Festas.

4 comments:

Anónimo disse...

Ao beira faltou também uma pontinha de sorte; lembro-me de várias hipóteses que o Beira teve ainda na 1ª parte, por exemplo: Fangueiro (3 m), Tiago Lemos, Sampaio, Fábio. Na 2ª parte -nos primeiros 15 m - o Feira com 5 matulões, nas bolas paradas era um vê se te avias e veio o aviso com a bola à barra; aqui talvez a entrada do Jaime e subida do Cristiano fosse fundamental para segurar as entradas do Marco Cadete. Mas não, veio o tal golo de bola parada e logo a seguir aquele peru recheado do Palatsi que na ânsia de gerar um contrataque o entregou ao Gabi quelhe chamou um figo. A partir daqui foi o BM em cima deles ainda que com o risco de sofrer mais algum no contrabalanço; vieram também as habituais fitas de quem faz dum jogo uma guerra, o Leitão que já em Aveiro fez uma fita idêntica para ficar mais tempo de férias, incluindo os engravatados - à mafioso - que estavam no banco dos azuis; veio a falha do Fary ás malhas laterais, veio a falha do Cristiano no penalti - que foi mesmo. Faltou-nos talvez um jogador de 2ªa divisão para dividir bolas no Meio-campo: estou-me a lembrar do Aguiar, do Luis Manuel, do Torrão, do Emerson, do Kata, do Beto, do Sandro,
Força beira pró ano há mais.

Mister José

Anónimo disse...

Eu também gostaria de dizer que o Beira não teve a sorte do jogo. Arrisco mesmo, não tem é jogadores que no momento certo tenham aquela arte e engenho que muitos já tiveram. Isso sim é que era sorte para o nosso Beira.
Paciência, a esperança é a última a morrer.

Anónimo disse...

Quanto mais se sobe mais se desce.. E o Beira-Mar infelizmente não tem asas para voar...

Anónimo disse...

Quanto mais se sobe mais se desce.. E o Beira-Mar infelizmente não tem asas para voar...