Arquivos

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Ainda o exemplo do SC Braga, Futebol SAD...

Em Agosto, já aqui tinha deixado um comentário sobre o bom exemplo do crescimento do SC Braga. Na semana passada, a Revista Visão publicou um artigo de duas páginas muito interessante sobre o clube minhoto. Resolvi digitalizá-las e publicá-las aqui, na esperança de que quem dirige ou amibiona dirigir o clube as possa ler. De notar o envolvimento do clube/sad com a cidade, as crianças (visitas constantes às escolas) e com o comércio local. Um exemplo de que o sucesso dá trabalho e o aumento do número de sócios e de espectadores no Estádio Axa não resulta apenas dos sucessos desportivos da equipa de futebol, embora todos reconheçam a importante alavanca ao crescimento que os mesmos representam.
-
Lamento que, no nosso caso (Beira-Mar), projectos que não davam prejuízo ao clube como o "Beira-Mar Solidário" (promovia a visita regular de atletas às escolas) e o "Nascer à Beira-Mar" (entrega de kits aos recém-nascidos em Aveiro e oferta de quotas até aos 6 anos de idade) tenham sido abandonados pelos actuais dirigentes. Penso que se mantém em vigor o programa "Vantagens-Sócio", uma vez que os protocolos com os comerciantes se renovavam automaticamente, mas nunca mais tive conhecimento de novos aderentes.

Aqui fica o artigo da Visão (basta clicar em cima da imagem para aumentar):

8 comments:

Anónimo disse...

Sinceros Parabéns!
Excelente post. O estado vegetativo impera infelizmente. A boa vontade, por vezes, não é suficiente. Faltam rasgos a quem nos comanda. Boa vontade é certo, mas sem brilho. É HORA DE APREOVEITAR que estamos na 1ª Liga! TRAGAM as escolas aos jogos, TRAGAM os universitários aos jogos, TRAGAM as gentes dos concelhos vizinhos aos jogos, MANTENHAM AS LOJAS AMARELAS ABERTAS?!, MUDEM uma das lojas para o CENTRO da cidade, estabeleçam parecerias com empresas para que promovam os jogos, AFIXEM cartazes pelas ruas, CONDUZAM um carro pelas ruas a apregoar o jogo, DISTRIBUAM à entrada do jogo objectos que ensurdeçam o estádio. AI AI AI.. TANTA coisa que pode ser FEITA e... SEM gastar muito, QUASE nada ou até NADA.

P.S. oferecem-se ideias, esperam-se execuções

Anónimo disse...

Usam carrinha do Beira-Mar para furtar
00h41m
ZULAY COSTA
Sete homens assaltaram a loja "Eugénio Lourenço Ramos, Ldª", de motociclos, bicicletas e motores, em Calvão, Vagos, utilizando uma carrinha do Sport Clube Beira-Mar, de Aveiro, que terá sido furtada.

Adélia Ramos, de 72 anos, mãe do gerente do espaço comercial, mora no primeiro andar no imóvel e viu o assalto pela janela, na madrugada de anteontem. Contou ao filho que os assaltantes estavam de “cara destapada”.

“Chegaram num carro particular vermelho e numa carrinha pequena de transportar pessoas que tinha escrito Beira-Mar.

Primeiro encostaram e devem ter forçado a porta. Afastaram-se e como viram que não havia movimentações, voltaram alguns minutos depois, carregando tudo o que puderam até encher a carrinha. Três ficaram a vigiar de um lado e dois do outro.

Os outros dois levaram as coisas”, disse, ao JN, o gerente Carlos Ramos, olhando para os dois motociclos e meia dúzia de bicicletas que deixaram no estabelecimento.

A idosa, enferma e com receio de represálias, não efectuou qualquer movimento que despertasse a atenção dos larápios até estes terem deixado o local.

Da loja furtam dez motosserras, 15 bicicletas de marcas conceituadas, diversos motores de rega, serras eléctricas e um computador, para além de diversos acessórios, contabilizou Carlos Ramos.

A GNR esteve no local. Os bancos da carrinha foram encontrados na manhã de ontem junto à lagoa de Calvão.

Anónimo disse...

Não vale a pena chorar sobre o leite derramado, os sócios do BM rejeitaram a SAD e preferiram manter o clube a navegar ao sabor do vento:
"E O VENTO TUDO LEVOU" foi titulo do pricipio século XX e será a aplicavel ao BM no século XXI. Infelizmente.
Borges Coutinho

Anónimo disse...

Este sintético mas ilucidativo artigo da Visão, mais do que um exemplo para a direcção do Beira-Mar é uma lição à Camara de Aveiro e seus políticos.

As iniciativas da Associação Comercial de Braga são de tão simples implantação que nem é preciso esperar por ir à Liga dos Campeões para copiar alguns do exemplos.

Não acredito que o Partizan ou o Shatkar levem mais gente a Braga do que levam os 3 grandes nacionais, por exemplo... e quem diz Braga, deveria dizer também Aveiro.

Sempre preferi uma boa cópia a um mau original... não é vergonha nenhuma copiar esses exemplos e mais vale tarde do que nunca.

Hugo disse...

Fala-se do BRAGA SAD porque andam lá em cima...E o Leiria?O Setubal?O Belenenses? Também não são SAD's??
O envolvimento da cidade/região à volta do Braga também existe em Guimarães..e não é uma SAD!

É um fenómeno regional e acima de tudo social!!

Aveiro é uma cidade de aparências..Não vamos conseguir ser iguais aos outros porque socialmente somos diferentes!

Em relação à questão de ser SAD ou não para mim é indiferente, pois o mais importante é haver bons gestores à frente do clube.

Anónimo disse...

TRETAS! Pode nao ter relaçao com a SAD, mas o fenomeno social que existe, TAMBEM PODE EXISTIR EM AVEIRO ! As sociedades MOLDAM-se |

Anónimo disse...

Somos uma cidade de aparências e algumas vaidades, é certo, mas também é verdade que o Beira tinha um forte apoio no velho Estádio. É essa mística e lógica que é preciso trazer outra vez, para o novo palco.

Uma sugestão mais, às boas sugestões dadas acima: as bancadas abertas não deviam ser a central e a dos topos, mas antes as duas "centrais". Isto é, o pessoal do topo norte deveria estar na bancada em frente à dos sócios. Sempre dava um outro ambiente ao jogo.

Nos tais adereços a oferecer aos simpatizantes, não seria possível fazer como fez a "Terranova" há uns anos atrás, oferec~e-los a troco de publicidade (cachecol do Beira com menção ao ofertante)?

LD

Anónimo disse...

Oh Hugo, mas os bons gestores só estão dispostos a ir para lá se aquilo for uma SAD, senão já lá estavam há muito.
Deves pensar que os bons gestores gostam de trabalhar para aquecer...