Arquivos

domingo, 28 de novembro de 2010

Beira-Mar 1-3 Benfica.


Em mais um regresso dos “grandes” a Aveiro, a alma beiramarense enchia-se de esperança num bom resultado perante um Benfica que passa momentos conturbados depois da derrota em Telaviv.


O favoritismo era claro para os encarnados, apesar da nossa equipa ainda não ter sido desfeiteada no EMA(até à data), o Benfica tem um orçamento incomparável com o nosso o que faz com que tenha individualidades que decidam um jogo. Foi também nesse pressuposto que a equipa foi lançada a jogo, à espera da iniciativa do Benfica e apostando nas transições rápidas, Leonardo Jardim lançou Rui Rego na baliza, Pedro Moreira, Kanu, Hugo e Renan na defesa, no meio-campo um losango constituído por Djamal, Rui Sampaio, João Luiz e Sérgio Oliveira, Leandro Tatu aparecia sobretudo no lado esquerdo embora usufruísse de liberdade na frente de ataque na tentativa de servir Ronny.


Começando pelo fim, o jogo teve dois momentos fulcrais! O primeiro quando Bruno Paixão descortinou um penalti em cima da saída para os balneários, o qual Cardozo converteu, e o segundo com dose dupla, as oportunidades de Ronny empatar a partida no inicio da segunda parte e dar um desenrolar completamente diferente à partida.


O Benfica entrou melhor e foi valendo Rui Rego primeiro a desviar remate de Saviola para a barra e depois a evitar que Luisão fizesse o primeiro, o guardião não esteve sozinho e contou com exibição de igual nível por parte de Hugo na primeira parte. O Beira-Mar pouco ou nada incomodou o Benfica na primeira parte excepção feita à boa incursão pelo lado esquerdo de Renan que terminou nas mãos de Roberto. Na saída para o intervalo o tal momento chave, Bruno Paixão assinala grande penalidade e Cardozo bate Rego.


Na segunda parte o Beira-Mar entrou bem e teve em Ronny duas enormes oportunidades de empatar a partida. Primeiro o brasileiro aparece a cerca de 2m da linha de golo sem oposição e cabeceia fraco para defesa fácil de Roberto. Mais tarde e em velocidade ultrapassa David Luiz e descaído para a direita atira ao poste da baliza encarnada. Quem não marca sofre, e Cardozo tira um coelho da cartola com um remate em arco que Rui Rego não conseguiu parar. Cardozo que está novamente no 3ºgolo quando após bom trabalho sobre Hugo serve Saviola para o 0-3. O Beira-Mar não baixou os braços e apesar da derrota praticamente consumada deu boa réplica, chegando ao golo por intermédio de Rui Varela lançado para substituir Leandro Tatu (muito apagado).


Vitória justa para o Benfica mas que poderia ter um desfecho bem diferente não fosse o desperdício de Ronny no inicio da segunda parte, de qualquer maneira a nossa equipa voltou mais uma vez a mostrar grande personalidade!


PS: É triste ver tantos aveirenses vestidos de vermelho!

16 comments:

Anónimo disse...

A defesa que tem sido eficaz esteve mal. Rego muito mal.

José Ribeiro disse...

Rego muito mal??

Anónimo disse...

rego muito mal??? ele e o hugo foram os melhores em campo!! se o kanu nao tivesse feito a grande penalidade ele tinha feito outra grande defesa!! ele nao teve culpa em nenhum dos golos!! se akela bola em k o roberto nem se saiu e o ronny tivesse cabeciado com mais força pa um dos cantos da baliza ... o resultado era diferente.

Ruben Marinho

Anónimo disse...

Fazendo um balanço:
BM - AAC nota2 (0 a 5)
BM - Benf. nota1 (0 a 5)

Quanto mim esteve pior com o Benfas do que com os pinguins de Coimbra.

Mas acredito muito nesta equipa e no PROFETA LEO

"Bamos" lá a ter um pouco mais atitude rapaziada, sem medo.

Anónimo disse...

Rego muito bem. Hugo muito mal nos dois últimos golos.

Beiramarense atento disse...

O vosso amigo Bruno Vilela (ex-uan?) todo equipado à SLB... Não está na hora dos UAN tomarem atitudes mais radicais? Ou é preferível que se continue a ver o estádio como se viu ontem?

José Ribeiro disse...

Totalmente de acordo com o Ruben Marinho!

Beiramarense atento desconheço a pessoa em causa o comentário foi aceite porque constata uma realidade que merece reflexão e tal como disse no PS: "é triste..."

Abraço

PN disse...

Sinceramente esperava mais do Beira Mar, mas também era o Benfica que tinha obrigação de ganhar. Aquele penalty...não sei não! Se fosse na área contrária será que marcava? Não creio. É o peso das camisolas.
Um obrigado a todos os VERDADEIROS Beiramarenses e Aveirenses que apoiaram a equipa, e não foram tão poucos como isso. Bom apoio dos Auri Negros.
Aos camaleões que em dia de "jogo grande" trocam de clube fica o meu desprezo.
Domingo TODOS a Vila do Conde!
AVEIRO E BEIRA MAR SEMPRE!!!

hugo disse...

Acho que é triste não saber conviver com a diferença.
Se toda a gente reconhece que o Benfica tem perto de 6milhões de adeptos, não é natural que estivessem em maioria no jogo de ontem?
Não vejo mal nenhum nisto.

Também gostava que o Beira-Mar tivesse mais adeptos...mas enfim, nós os portugueses, não gostamos de discutir opções. É mais fácil juntar-mo-nos ao vencedores...

José Ribeiro disse...

Hugo tocou no ponto chave embora se tenha desviado um pouco ao inicio, a questão não é não saber conviver com a diferença, a questão é que essa diferença é por conveniência (porque supostamente se ganhar mais)!

O nosso hino faz de nós lutadores mas somos tudo menos isso, pelo menos a generalidade gosta de se juntar aqueles que mais ganham mesmo que a identificação que tenha com determinado clube seja 0! Temos uma mentalidade e uma forma de encarar o futebol POBRE e FRACA! Este deve ser encarado como um espectáculo onde a obrigação de ganhar embora seja sempre o desejável não se deve sobrepor aos valores identitários de uma cidade para com o seu clube!

São essas pessoas que contribuem para o desfecho trágico de muitos clubes ao canalizarem tudo em prol de 3 clubes deixando os outros reféns de uma minoria, é por essas e por outras que tenho enorme consideração pelo povo de Guimarães!

Abraço

Filipe disse...

Guimarâes e tb já se começa a ver em Braga, realmente é triste de se ver pessoas que passam o ano a fazerem-se simpatizantes e que opinam sobre o nosso beira mas que depois batem palmas ao "seu" clube grande quando vem jogar a aveiro.e um ponto que eu queria referir, eu sei que infelizmente não estamos a passar uma fase boa a nível financeiro,mas eu que sou sócio cativo,penso que vou para o jogo e vo ter á minha volta os meus a apoiar o nosso beira e deparo-me com 80 por cento de simpatizantes do benfica com bilhete comprado á minha volta, não é ser saudosista mas no "velhinho" na bancada dos sócios ficavam os sócios agora nem a isso já temos direito,para puxar pelo nosso beira,eu sei que estamos mal e não é feio apelar como o presidente regala fez,mas não podemos vender o orgulho do nosso beira,não sei se estão de acordo ou não mas foi um desabafo que senti necessidade de fazer
saudações aurinegras

José Ribeiro disse...

De facto é uma constatação pertinente mas não podemos entrar em comparações de um estádio e do outro porque senão abre-se já ai uma discussão que já fez correr muitas linhas.
Eu penso que no estádio antigo como a bancada era bem mais pequena os cativos ou sócios sempre do beira-mar ficavam ou melhor cabiam lá todos o que nesta bancada do EMA não se verifica, sobrando ainda muitos lugares livres, pelo que a venda de ingressos para a mesma aos interessados, seja de um ou do outro clube compensa visto ser a zona mais cara do estádio!

Abraço

Filipe disse...

sim José concordo com o teu ponto de vista,mas é uma sensação esquisita estarmos em casa e só vermos cachecois do adversário á nossa volta,o estádio é excelente para o nosso beira poder subir o degrau que tardiamente demora a ser ultrassado mas é pena como ja muito foi falado anteriormente ter-se perdido a um pouco da nossa mistica,penso que nestes jogos com os grandes é que isso fica mais patente mas também cabe-nos a nós ajudar o clube a crescer ainda mais e a conseguir fazer com que esses lugares vagos sejam ocupados por novos sócios
saudações aurinegras

José Ribeiro disse...

É uma sensação esquisita e revoltante!
De qualquer maneira acho que hoje começamos a ter novamente jovens entre os 17 e os 20 e poucos anos, que defendem apenas as cores auri-negra, um exemplo que espero eu, as gerações vindouras venham a seguir!

Abraço

Anónimo disse...

Completamente de acordo...tenho lugar cativo e fui constantemente incomodado por benfiquistas sentados à direita, à esquerda atrás e à frente...oda-se no velhinho algum dia se sentavam perto de mim...

Filipe disse...

Temos que começar a ver se conseguimos contagiar o pessoal para quando for pai,avô ou tio antes de irem registar os miudos fazerem-nos logo sócios e desde cedo levar a miudagem desde cedo ao pavilhão e ao futebol,eu por exemplo uma das recordações mais antigas da minha infância,tinha ai uns 5 6 anos foi ir ver um jogo ao velhinho com o meu pai e apixonei-me logo,e recordando isso,nesse jogo o beira jogou com o mitico equipamento preto,nunca percebi muito bem porque e que deixamos o preto como alternativo com pequenas inserções a amarelo
saudações aurinegras