Arquivos

domingo, 7 de novembro de 2010

Vitória perante o vice-campeão!


Leonardo Jardim na deslocação dificil a Braga lançou o seguinte onze: Rui Rego, Pedro Moreira, Hugo, Yohan Tavares e Renan no eixo defensivo, Djamal, João Luiz e Rui Sampaio no meio-campo e no sector mais ofensivo Artur, Leandro Tatu e Ronny.


Primeira grande ocasião de golo pertenceu aos bracarenses com Paulo César a aparecer nas costas de Yohan Tavares, remata a contar mas Rui Rego a ganhar o primeiro duelo do encontro. Aos 7 minutos perda de bola de Leandro Tatu oferece a Lima a possibilidade de remate, no entanto, este saiu à figura de Rui Rego. Aos 17 minutos primeiro lance de perigo do Beira-Mar, excelente incursão ofensiva de Renan a cruzar, Ronny não chega ao esférico por milimetros e Artur na insistência atira por cima da barra. Poucos minutos depois excelente jogada do ataque auri-negro com Ronny a isolar João Luiz mas Felipe a chegar primeiro e a evitar a possibilidade de golo. Aos 24 minutos, livre de Artur e Leandro Tatu a continuar de pontaria afinada, faz o primeiro do encontro num cabeceamento ao qual Felipe não se conseguiu opor. Aos 34 miutos contrariedade para a equipa auri-negra, lesão de Hugo obriga o capitão a sair e à entrada do jovem Jaime. Aos 37 minutos Artur lança rapidamente Ronny em velocidade este faz uma diagonal e remata em arco para boa intervenção de Felipe. Aos 41 minutos aquele que demonstrava maior nervosismo, Yohan Tavares, tem um mau alivio e Lima em boa posição remata de pé esquerdo ao lado da baliza de Rui Rego. Ao intervalo o Beira-Mar saia com uma vantagem justa, premiando aquela que foi a melhor equipa em campo apesar de um inicio com muita ansiedade.


No inicio da segunda metade, Domingos Paciência fez entrar um nosso conhecido, Matheus. Aos 51 minutos canto de Artur e Ronny a fazer o 0-2, com um cabeceamento fulminante. Minuto 57, canto para o Braga remate de Hugo Viana de fora da área, boa intervenção de Rui Rego e na recarga Elderson a atirar por cima da baliza. Nova canto para o Braga nova boa intervenção de Rui Rego, desta feita a cabeceamento de Lima. O Braga começou a criar mais perigo e teve nova grande oportunidade mas Lima voltou a atirar por cima perante a proximidade de Rui Rego. Aos 68 minutos e com o Braga balanceado no ataque, contra-ataque conduzido por Artur e este a servir Ronny que atira para o terceiro dos aveirenses. Saida de Tatu para a entrada de Ruben Lima. Matheus aos 74minutos em velocidade entra dentro da área e é derrubado por Yohan Tavares. Penalti para o Braga convertido por Meyong. Artur cedeu também o seu lugar a Wilson Eduardo a dez minutos dos 90. Os homens de Braga tiveram uma grande oportunidade para reduzir aos 86 minutos, defesa enorme de Rui Rego a cabeceamento de Luis Aguiar. Aos 88 minutos Lima remata para o 2-3. Rego não tem hipoteses no lance. Canto no último minuto para o Braga, defesa gigante de Rego a manter o 2-3 final.


Excelente exibição da equipa auri-negra, destaque para Artur pela presença em todos os golos, Ronny pelos dois golos, Renan porque mais uma vez fez uma exibição de grande nivel e para Rui Rego que mantém um nivel elevadissimo!


É altura de festejar mas ficou a clara sensação que Jaime tem mais estofo e é bem melhor que Yohan Tavares nesta altura.

11 comments:

Anónimo disse...

Oh Zé Ribei, então o Tavares não se fartou de tirar bolas? O Jaime só tirou bolas paradas e quando elas iam para dentro da área. No primeiro golo (de penalti) o Jaime não conseguiu travar o Mateus, fora da Área, (ia em velocidade) e foi o Tavares que o tentou parar.
Mr Moirinho

Anónimo disse...

Nunca tinha visto jogar o Jaime e para um estreante até gostei. Realmento melhor do que o Yohan que tem pouco sentido posicional e que cometeu um penalti infantil e desnecessário, porque a bola ia sair pela linha de fundo. Se não fosse esse penalti idiota o Braga não nos fazia sofrer tanto no final.

José Ribeiro disse...

Caro Mr Moirinho tem o seu ponto de vista! Eu acho que o Yohan entrou muito nervoso, com medo de ter a bola nos pés dai os sucessivos balões para a frente muitos deles ficaram em jogadores do braga e criaram perigo como em algumas situações que referi na crónica e o penalti é de todo escusado!

Abraço

PN disse...

Grande Beira Mar!!! Três batatas em Braga!!! Só para calar aquela gente que nada dava pela nossa equipa no início da época!

AVEIRO E BEIRA MAR SEMPRE!!!
Obrigado Mister Leonardo!!! Obrigado Tatu e Ronny!!! Obrigado equipa!!! Obrigado os Auri Negros que lá estiveram!!!

Anónimo disse...

Ganhamos em casa do vice-campeão e ainda dizem mal dos nossos jogadores???
Haja bom senso!!!

PN disse...

A comunicação social (completamente centralizada nos três "grandes") devia dar mais valor à vitória do Beira Mar do que à vitória do Porto. É impressionante como é que ninguém fala da vitória do Beira Mar. AVEIRO E BEIRA MAR SEMPRE!!!

José Ribeiro disse...

Para mim bom senso é não estar tudo perfeito quando se ganhar nem tudo mal quando se perde!

Na minha opinião o Yohan esteve uns bons furos abaixo dos colegas e como tal foi referido na crónica, como em tudo pode haver opiniões diferentes mas também sei que ha quem compartilhe a minha.

Este é um espaço reflexivo e de opinião como tal acho que deve haver frontalidade de quem nele escreve, e se elogia uns e todos também se critica ou aponta dados menos favoráveis a outros.

Abraço

José Ribeiro disse...

PN é hábito em Portugal...um bom exemplo disso é o Braga que o ano passado lutou pelo titulo até ao fim e poucas foram as capas de jornais em que o Braga figurava.

Abraço

Rui Vieira disse...

Estive em Braga a assisitir a uma vitória do nosso Beira-Mar, no terreno de um clube que disputa a Liga dos Campeões. Só podemos estar satisfeitos! Antes da partida para Braga disse a uns colegas meus, meio a sério, meio a brincar, que o Beira pode ganhar qualquer jogo. Não há um único jogo em que entremos derrotados á partida. Isso deve-se em muito a Leonardo Jardim, encaramos os jogos todos da mesma forma.
Quanto ao facto do Tavares aliviar a bola com grandes chutos para a frente, é certo que não é o tipo de jogo que queremos, mas ainda na última 3ª feira estive na Luz a ver o Benfica x Lyon e o menino bonito (lá para aquelas bandas) David Luis era aplaudido, quase como se tivesse marcado um golo sempre que mandava um grande balão. Temos é de ser eficazes, depois se possivel, tentar jogar bonito.
Biba o Beira

José Ribeiro disse...

Eu não disse que não gostava do Yohan muito pelo contrário acho que tem um grande futuro pela frente. Simplesmente tem tremido sempre que chamado a jogo, contra o Paços teve a perda de bola que deu golo e contra o Braga além do penalti que fez esteve sempre muito nervoso...os alivios não me fazem confusão nenhuma desde que vão para a bancada ou para bem longe da nossa área, o que não foi o caso muitas vezes, principalmente no primeiro tempo.

Abraço

PN disse...

Digo e repito: somos a segunda equipa que melhor futebol pratica, e não venham com Guimarães ou Académica...