Arquivos

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

António Regala vai liderar Comissão Administrativa

António Regala, Vice-Presidente da Direcção demissionária do Beira-Mar, vai liderar a futura Comissão Administrativa, que será eleita na Assembleia Geral do Beira-Mar, marcada para a próxima sexta-feira à noite, na sala Tó Zé Bartolomeu no EMA.
Após a demissão do Presidente da Direcção, Mário Costa, esta foi a solução encontrada para a gestão do Beira-Mar, disse Artur Moreira, Presidente da Mesa da Assembleia Geral, à Terra Nova. "As pessoas são as mesmas, a composição do grupo é rigorosamente igual com o António Regala na liderança, não existem divergências", assegurou, adiantando que "a actual direcção transforma-se em Comissão Administrativa para salvaguardar questões legais".
A eleição de uma Comissão Administrativa permite retomar a normalidade no Beira-Mar até à convocação de eleições para os órgãos sociais. Na reunião de sócios da próxima sexta-feira, será ainda discutido e votado o relatório e contas do exercício do ultimo ano, "temos boas expectativas de futuro, até porque os resultados desportivos da equipa de futebol são bons e é essencial manter a equipa na Liga", até porque "só com a equipa de futebol na primeira Liga é possível salvar o clube".
Artur Moreira realçou também a melhoria nas relações com a Câmara de Aveiro, "as relações com a Câmara estão boas e isso é muito importante para nós, para o bem do clube e para o bem de Aveiro", disse.

9 comments:

Anónimo disse...

Como temos vários experts no clube e na blogosfera expliquem esta decisão à luz dos estatutos, porque quando uma direcção se demite deve continuar em funções até às eleiçoes, a Comisssão administrativa é o ultimo recurso e caso não apareçam listas.
Este caso é pioneiro, insólito e parece Ilegal.
alguém que esclareça.
Mario João S. Pontes

Anónimo disse...

Não poderei estar na AG mas fico contente em saber que o clube não irá cair no "desgoverno". É importante que alguém o mantenha "vivo" até às próximas eleições.

Anónimo disse...

E se aparecer outra lista?
Foi feita alguma deligencia para procurar alternativas?

Anónimo disse...

O Mário Pontes tem alguma razão. O Beira Mar equipara-se ao Entroncamento.
Neste clube ´nos ultimos tempos tivemos 4 presidentes e apenas 1 treinador, é o unico clube onde antigos presidente penhora o clube, agora elege um comissão administrativa á rrevelia dos estatutos.
Lá vamos cantando e rindo.

Anónimo disse...

clube assaltado, é o que é ta bonito

Nuno Q. Martins disse...

Em resposta ao Sr. "Mario João S. Pontes":

Confesso que também estranhei esta convocatória para eleição de uma Comissão Administrativa quando foi divulgada, publicamente, pelo próprio Presidente da Assembleia Geral que irá convocar eleições em Janeiro. Parece-me que o fundamento para se eleger uma Comissão Administrativa reside na eventualidade de "vazios directivos", ou seja, nas situações em que, decorridos os prazos eleitorais, não aparecem listas candidatas. Note-se, ainda, que as responsabilidades dos dirigentes só cessam com a transmissão de poderes e não com o fim dos respectivos mandatos, exactamente para acautelar a gestão do clube.
Penso que não há qualquer problema de legitimidade dos actuais dirigentes no sentido de garantirem a gestão do clube até ao acto eleitoral. No entanto, respeito a interpretação dos Estatutos por parte da Mesa da Assembleia Geral que, embora aponte para uma eleição que me parece desnecessária, dado que a Assembleia Geral é o órgão soberano do clube, nunca será ilegal se cumprir os requisitos formais da eleição.

Anónimo disse...

Isto é uma trapalhda, ressalvo se existem coisas desconhecidas.
Nós, todos, complicamos aquilo que é simples. O simples é que até às proximas eleições a direcção completa ou incompleta mantem-se em funções.
Espero bem que isto não seja a desculpa para não haver eleições.
Já tivemos a desculpa do dia dos Finados, do mês do Natal e agora?
Será a desculpa de uma comissão eleita no fim do ano?
Será que serááááá.

Filipe disse...

Ao que me parece e vai de encontro a outros comentários feitos é que esta questão de eleição de uma comissão na situação actual é primeiro e somente por uma questão burocrática para ir ao encontro dos estatutos, já que a comissão não oficial já existe desde a demissão do sr. Mário Costa,quanto a eleições cheira-me que só as vamos ter lá para Abril,pelas razões mais do que óbvias, quanto a muita gente dizer que devem ser feitas diligências para procurar candidatos acho isso uma aberração, temos que pôr na cabeça que quem realmente tenha interesse em servir o nosso beira tem que mostrar vontade própria de vir,agora andar a perguntar a este e aquele a perguntar se querem vir assim parece que o clube é tipo batata quente do género "epah queres?pega!" andar depois dá sempre mau resultado, venha quem vier que venha com muita e boa vontade para tornar o nosso clube maior e que tenha uma boa gestão
Força Beira
saudações aurinegras

Anónimo disse...

Esta era uma boa altura para preparar e divulgar as próximas eleições.

Todos os sócios sabem das dificuldades que o clube atravessa, resta apenas que apareça alguém com muita disponibilidade e habilidade para este tipo de gestão.

O Beira Mar ainda é um clube apetecível e tem sócios com bastante idoneadade para isso, basta que tenham coragem de limpar alguns cantos à casa.

Beira Mar Sempre.