Arquivos

domingo, 15 de janeiro de 2006

Ganhar com naturalidade

Assim sim! Mesmo sem fazer uma exibição de encher o olho, o Beira-Mar ganhou com justiça este jogo. O Santa Clara poucas vezes conseguiu criar perigo junto da baliza auri-negra e, em contra-ponto, o seu guarda-redes - Nuno Santos - por várias vezes viu as suas redes ameaçadas. Uma estreia auspiciosa de Jorge Leitão. Jogador com muita classe e que sabe o que faz. Sabe criar linhas de passe, sabe abrir espaços para a entrada dos médios, sabe segurar bolas no meio dos defesas e ainda sabe aparecer bem na zona de remate a finalizar. Se confirmar este nível, quando fizer dupla com o Roma, apoiados pelo Zé Roberto e pelo Rui Lima, ou, até pelo próprio Catchana (hoje entrou muito bem), o ataque do Beira-Mar poderá tornar-se muito mais produtivo.
Ao intervalo, o resultado (1-0) pecava apenas por escassez. Na segunda-parte, num lance aparentemente inofensivo, o Santa Clara beneficia de uma grande-penalidade e iguala a partida. A equipa intranquiliza-se mas... eis que Miran (acabado de entrar) ganha um ressalto à entrada da área e dispara uma bola colocadíssima. Estava feito o 2-1 que, até final, podia ter sido dilatado não fossem alguns desperdícios.
Uma nota menos positiva para o número de espectadores. Cerca de 3800. Esperavam-se mais, mas, convenhamos que o tempo frio e de chuva logo pela manhã é muito pouco convidativo para ir à bola. Incrivelmente (ou talvez não), o estádio mesmo sendo coberto não abriga totalmente da chuva até cerca de metade do 1º anel em todas (?!) as bancadas. Quem lá esteve apoiou bem a equipa e viu o Beira-Mar a jogar "à líder".
P.S.- Como prometi ao Hugo, aquando do segundo golo do Beira-Mar, aqui estou eu a dedicar umas breves palavras ao Miran. Continuo a achar que é um jogador muito limitado. Trapalhão... Hoje marcou um grande golo! Essencialmente, porque nos deu os três pontos. Até podia ser com a barriga, tanto faz! Não foi nenhum lance de génio mas foi um golo de belo efeito. E, porque o futebol é beleza (agora até pareço o Gabriel Alves), o seu golo justificou bem a ida dos espectadores ao Estádio esta manhã. Estou grato ao Miran pelo golo e faço votos para que marque mais. Hoje marcou, mas eu não esqueço os que podia e devia ter marcado noutros jogos e não conseguiu fazê-lo. Mas pronto, se continuar a dar-nos golos que valem pontos, que fique no Beira-Mar muitos anos.

0 comments: