Arquivos

quinta-feira, 5 de outubro de 2006

Tarde de feriado... à Beira-Mar!

Uma bela tarde passada no Pavilhão do Alboi, neste feriado 5 de Outubro. Às 16h, a equipa de júniores de futsal do Beira-Mar estreou-se no campeonato a vencer o Travassô por 6-4 num jogo empolgante.
Às 18h baixaram-se as tabelas. Foi, então, altura de surgir em campo a equipa sénior de basquetebol do Beira-Mar. Uma equipa composta por jogadores da "casa", quase todos caras conhecidas dos Beiramarenses. O resultado do jogo acabou por ser natural. O Esgueira venceu 46-98, mas, a grande vitória tem que ser repartida pelos dois clubes que conseguiram atrair muito público ao Pavilhão do Alboi. Entre 400/500 espectadores (estimo). Mais que qualquer jogo em casa do Aveiro Basket.
Um lamento apenas para os equipamentos do Beira-Mar. Esperava ver a equipa "auri-negra" e não "alvi-qualquer coisa". Sinceramente, começo a ficar seriamente desagradado com este "branqueamento" do Clube e não sou o único. Valha-nos que, pelo menos, as equipas de futsal do Beira-Mar ainda jogam de amarelo e preto! Enfim, como diz e bem o site do Beira-Mar: «É preciso paixão!»... a começar em quem dirige.

26 comments:

BM disse...

Compreendo o comentário ao equipamento. Deixo aqui a informação que existe um outro que é preto e amarelo. Deixo aqui os parabéns a todos os que compareceram ao Pavilhão, e à equipa do Beira-Mar que se bateu de forma digna! Abraço

migas (miguel araújo) disse...

Viva Nuno
Como tu também não gosto de ver descolorido o Beira Mar.
Mas no caso concreto, há outra justficação.
Como o Esgueira apresenta o seu equipamento principal verde escuro, o beira tinha que equipar de claro. E o equipamento amarelo ou preto não dava.
É assim no basquetebol.
É como veres a Ovarense de braco (e é toda preta) ou o benfica de branco (e é vermelho).
Mas, concordo contigo. É esquesito.
Quanto ao resto foi muito bom recordar velhos tempos.
Cumprimentos

Nadador disse...

ao menos essas secçoes têm equipamentos!!!

Arauto da Ria disse...

Caro Nuno: O pavilhão do Beira-Mar estava lindo.
Assisti ao nosso Beira em futsal e gostei.
Assisti a qualquer coisa com o Esgueira e fiquei triste, quando me disseram que era o Beira-Mar, não pelo resultado, mas pelos equipamentos.
No futuro só vou ver futsal, pois sinto mais o meu Querido BEIRA.
Porque será?
Ha! Adorei ver-te a trabalhar.

Anónimo disse...

Concordo plenamente é preciso PAIXÃO, mas isso está longe de acontecer Nuno, pois desde que esta direcção tomou posse fez coisas boas, mas a alteração da cor do equipamento é culpa exclusiva da direcção onde falta muita PAIXÃO!!

Anónimo disse...

O ultimo comentario pertece a Vitor Peixoto.

nadador disse...

porra agr tb aki sao so os amigos q comentam?

Beiramarense disse...

já q n arranjam mais desculpas pela grande vitoria do basquete beiramarense....desculpam os equpamentos...se isto n acontecer c outros clubes digam...e o simbolo do nosso beira n estava lá?o amarelo e preto n estava la´? o q custou mm a mta gente foi a inveja de o pav estar cheio, o q n acontece c outras modalidades...pois a bola qdo se joga c o pe e melhor...arauto continua a ver o futsal, desde q apoies o beira-mar...eu qdo posso, vou ao futebol, futsal, basquete...pq eu apoio sempre o beira-mar, quer jogue, preto,amarelo ou branco...
a inveja é um defeito mto mau...

Nuno Q. Martins disse...

Caros Miguel e "bm";

Agradeço-vos a informação de que a secção de basquetebol possui um equipamento amarelo e preto. Não sabia. Por achar que o verde do Esgueira não se confundia com o amarelo e preto do Beira-Mar, e, tratando-se da estreia oficial da equipa, pensei mesmo que aquele fosse o equipamento principal. Como já estou mais que "escaldado" em relação à equipa de futebol, apesar de achar que o equipamento branco é bonito, não o identifico como principal.
Fiquei esclarecido e aguardarei com expectativa o momento em que essas camisolas auri-negras saiam da "rouparia".

Caro Arauto;
Desculpe o "beiramarense" que produziu o último comentário antes deste que até não deixa de ter a sua quota de razão. Concordo com ele quando diz que o símbolo do Beira-Mar estava lá e que não é pelos equipamentos que devemos deixar de apoiar o Clube. Completamente de acordo. Já me parece descabida, para não lhe chamar outra coisa, a afirmação da "inveja". Ninguém tem inveja de ninguém. O pessoal do futsal esteve na bancada a apoiar o basquete, da mesma forma que a equipa de basquete esteve na bancada a apoiar os juniores de futsal. Viver o Clube é assim. Todos a mesma família. Essa conversa da "inveja" não tem qualquer acolhimento.
Desculpe-me, Arauto, mas aproveitei também para responder ao "beiramarense".
Ontem estive lá mas não tive "trabalho". Domingo de manhã é que é o meu "turno", com os juvenis do futsal. :)

Ao "nadador"...
Baixe a espingarda. Aqui comenta quem quer (desde que não insulte ninguém), mesmo quem não tem nada de jeito para dizer, como se prova. Talvez o tema dos equipamentos merecesse algum desenvolvimento da sua parte... mas, lamentavelmente, ficou-se pela insinuação. Concretize a ideia, "porra"!

Cumprimentos.

Anónimo disse...

Nuno quanto aos equipamentos concordo contigo.

Já quando dizes que o Aveiro Basquet nunca teve mais de 400 espectadores estás plenamente enganado. Lembro-te só de um jogo em que estiveram perto de 1000 pessoas a ver o Aveiro x União, foram poucos é verdade, mas houveram jogos com mais de 400 pessoas.

Nuno Q. Martins disse...

Tem razão o anónimo.

Também estive em quase todos os jogos do AB nessa época. Foi um play-off fabuloso contra a Oliveirense e os Ultras Auri-Negros chegaram, inclusivé, a organizar deslocações nessa época para apoiar o AB.
No texto do post quis dizer em "média". Pontualmente, de facto, o AB teve assistências muito boas, mas foi mesmo pontualmente. Ainda na época passada, no Pav. do Alboi, num jogo contra o Belenenses, só estava uma bancada aberta e longe de encher...

Anónimo disse...

Boa jornada. Pena os equipamentos, a justificação esfarrapada do Miguel não tem qualquer sentido. amarelo versus verde é aceite.
Rafael

Yellow supporter disse...

Caro Arauto, pois como foi dito pelo Nuno, também eu vi a equipa de basquete do Beira-Mar puxar e vibrar a cada golo dos juniores do futal. No fim do jogo, os atletas do basket já equipados e concentrados para o jogo, bateram-lhes palmas! Isto sim é gostar do Clube, isto sim é saber apoiar causas! Se não gostastes do jogo de basquete, azar... era o início, e pareceu-me um bom início! Se não quiseres ir ver o Basket, não vás... Como diz um velho ditado: " Só faz falta quem cá está!"... Eu estou lá... e a existir apoio, deve ser desde o começo!! Quanto à inveja de que se fala, suponho que seja para aqueles que noutros blog's falavam que ía estar o Pavilhão vazio e que era lírico pensar-se em muitas pessoas. Esses sim devem estar com uma "cachola" do tamanho do pavilhão. Abraço e força Beira!

BM - Bruno Martins disse...

Aproveitando o momento de "ponto" na Universidade de Coimbra e vendo que existiu aqui uma outra pessoa a comentar com nickname "BM", que não eu (Bruno Martins), venho por este meio informar que não assinarei mais sem efectuar o log in de registo, dado que podem surgir, ou não, conflitos, dos quais não me responsabilizarei. No entanto, pode existir outra pessoa com as iniciais "BM" na Internet, que é de todos, mas face a um passado em que sempre assinei com as iniciais do meu nome e dado aos meus amigos que por brincadeira inclusive me intitulam de “Beira-Mar”, penso que o caminho a seguir será o da informação correcta da pessoa, o que não aconteceu no caso supra indicado. Saliento o facto que não pude comparecer neste feriado no pavilhão, por motivos pessoais, da qual a informação prestada com aquele nickname será errada caso pensem que fui eu a efectua-la.
É certo que o momento ficou marcado com a reentrada do Basquetebol no Beira-Mar, (da qual fui atleta praticante em escalões inferiores), não deixando de salutar este projecto pela forma como está a ser encarado pelos atletas e funcionários. Do que li fiquei satisfeito, as pessoas compareceram no pavilhão, independentemente de apoiarem mais o Beira-Mar ou o Esgueira. É certo que temos um público interessado nesta modalidade que poderá ter frutos com o tempo, o trabalho, o empenho, o amor à camisola e com a paciência em não desistir mas resistir às adversidades.
Em relação à informação prestada pelo meu Amigo Nuno, regozijo verificar a tua disponibilidade perante as diversas modalidades do clube, o que mostra um comportamento totalmente diferente dos dirigentes que provavelmente ou não estão interessados em outras modalidades, ou não gostam, ou não tiveram tempo, ou apenas dão atenção ao futebol. Certo é que ninguém é obrigado a nada, mas como o clube não é feito só de futebol…
Em relação aos equipamentos, não és o único a ficar (descontente, chateado, triste ou revoltado… etc..) já não bastou ter o estádio multi colorido patrocinado pelas “pintarolas” ... é fácil descaracterizar um clube que não tem uma massa associativa como… o Guimarães por exemplo. Provavelmente iam pensar em fazer uma Assembleia-geral com a proposta de cores alternativas nos às auri-negras. Há quem goste de bricar com certas tradições, sensibilidades, gostos, costumes… Mas fica a cargo do pensamento de cada um.
Abraços

Anónimo disse...

Caro, Nuno.
E a esmagadoria dos adeptos presentes, não eram de Esgueira?

bm disse...

Venho só dar uma informação, mais uma vez para acabar com a história dos equipamentos... Porra pá, parece que tem de haver sempre alguma coisa pra criticar! Existe o equipamento branco com a risca amarela de lado como se viu, e existe o preto com uma risca amarela! Não existe um amarelo! É preto com risca! É diferente, mas o preto e o verde escuro do CPE poderiam em alturas do jogo, ser confundidos, não por quem está a ver, mas sim por quem está a jogar, e assim não houve confusão para ninguém! Foi uma opção!! Desejo, que como eu, estejam lá no próximo jogo, e pode ser que já se jogue com o preto e amarelo!

Beira-marista disse...

Bem, escrevo de novo, e sem o BM... A história dos equipamentos tem de acabar e já... pelo menos no basket. O futebo é outra história. O equipamento que foi visto em campo, era branco com uma risca amarela, o outro JÁ existente, é preto com uma risca amarela! Não existe nenhum amarelo nos séniores masculinos. O equipamento preto poderia suscitar confusão nos jogadores no decorrer do jogo, portanto foi uma opção. O primeiro post é meu, e peço desculpas ao Bruno Martins, pois ele tem razão. Neste "mundo" bloguista ele costuma assinar BM, e de tal não me lembrei! Abraço

Joao Miguel disse...

Desde ja agradeço o apoio de toda gente do mundo beiramarista...sou treinador dos seniores do beira-mar,fica desde ja esclarecido q temos equimantos amarelos, como é obvio...n se usou no ultimo jogo, pq se achou q branco n fizesse tanta confusao...
para o Sr.arauto, aceito sua opiniao, nunca deixes é de apoiar teu clube, mas olha q o basquete tem magia.
Joguei naquele pavilhao, 10 anos, era minha segunda casa...foi incrivel, de arrepiar o momento vivido no fim jogo, publico , que quase encheu o pavilhao, apludir de pé nossa equipa...um bem haja a todos...e viva o BEIRA

Soares de Castro disse...

Definitivamente, o Sport Clube Beira Mar tem como cores símbolo o amarelo e o preto, não o amarelo e o branco! Enquanto não alterarem os estatutos, estão a trair as origens e as tradições do clube sempre que fazem os atletas vestir equipamentos que não respeitam as cores tradicionais e legítimas do Beira Mar!

nadador disse...

bem desta vez meti agua! nao tinha visto da primeira vez q o meu coment tinhasido publicado!

peço-te desculpa! nao tinha visto!

mas voltando a questao dos equipamentos!

mais a vale a pena ter....
há secçoes q nao tèm equipamento digno!!!e nao é insinuação. é verdade!

nadador disse...

e sim acho k s devia discutir amplamente a questao das modalidades no clube!
tou farto que me digam q em aveiro futebol é beira-mar e o resto é galitos!
há uma q nao é condignamente apoiada (razao lucros - despesa)!!! adivinhem lá?!

João Figueira disse...

Desde pequenino que me habituei a ver o nosso SCBM a equipar de camisola amarela traços pretos, calções pretos e meias amarelas e pretas. Era um equipamento que gostava e quem o visse identificava-se imediatamente com o clube. Há uns anos atrás, a direcção do SCBM na altura em exercicio mudou os equipamentos para camisola às riscas verticais amarelas e pretas com calções pretos e meias amarelas e pretas. Digo-vos que gostava bastante desse equipamente, e chamem-me mau beiramarense, até mais que o outro pois há mais equipas a equiparem de camisola amarela mas ás riscas éramos a única. Para mim, foi o melhor equipamento com que vi o SCBM. O velhinho Mário Duarte entretanto também foi pintado de amarelo e preto, o que dava um colorido bastante agradável ao estádio e lá os sócios, adeptos e simpatizantes do SCBM sentiam-se em casa. Deve ser por isso que toda a gente tem saudades do "velhinho" estádio. Pelo menos é a minha razão.
Mas, há pouco tempo atrás, a câmara decidiu costruir um novo estádio para o Euro 2004. O Tomás Taveira fez o projecto e qa câmara concetizou-o. Qual é o espanto de toda a gente ao ver que oestádio por dentro e por fora era muito colorido mas sem identificar o clube ou a cidade. Se eu não viss o estádio da A25, nunca na vida conseguiria dizer de onde é o estádio. Começou aí o afastamento do pessoal (não me venham dizer que é por causa da localização pois este estádio, para mim, tem melhores acessoa e mais estacionamento). Mas o golpe de misericórdia já veio com a actual direcção. pensando talvez que ainda ia muita gente ao estádio, resolveram que o SCBM ia jogar com equipamento amarelo, sem preto. Será que são supersticiosos? O que é certo é que se deu a debandada do pessoal. E agora?
Estádio incaracteristico. Equipamento que ninguém gosta (especialmente agora o branco. Será que algum membro da direcção é daltónico?). Preços altos. Só me admira conseguirem pôr 3000 pessoas no estádio. E se eu fosse presidente da direcção, tinha rescindido o contrato com a Legea a partir do momento em que não entrgam os equipamentos até ao primeiro jogo oficial, e não a dar prazos para os estregarem. Mas pelos vistos não se dá demasiada importãncia a isso dentro da direcção do SCBM.
Agora aproveito para fazer um repto. Eu, João Luís da Silva Figueira, nascido na cidade de Aveiro a 26-08-1981, sócio nº 4078 do Sport Club Beira-Mar e sócio nº112 dos Ultras Auri-Negros, venho pedir por este meio (podia pedir a partir do meu blog, mas como este é mais visitado penso que o meu pedido fará mais impacto a partir daqui) pedir à direcção da Associação Ultras Auri-Negros uma assembleia geral extraordinário com um único ponto na agenda. uma mudaça de nome na nossa assocoação. Penso que não faz sentido Chamarmo-nos "Auri-Negros" quando o SCBM nem sequer tem amarelo no equipamento.
Por fm. Querem ver mais gente no estádio? Ponham preto no eqwuipamento, ponham o estádio a identificar com a cidade e baixem o preço dos bilhetes. Vão ver se o estádio não começa a encher mais.
isto foram apenas desabafos e opiniões minha. Não quero influenciar ninguém e muito menos pôr em causa o trabalho da actual ou das direcções anteriores do Sport Club Beira-Mar.
Por aqui me fico. Saudações para todos.

Anónimo disse...

Parabens a equipa de Juniores do SC Beira Mar pela entrada vitoriosa no campeonato.

Desejos de continuação de uma grande época!

Rui Guimarães
(Tr. Juniores FJ Antunes)

Pitarma Matos disse...

O Beira Mar "só tem uma CÔR, É O MARELO E PRETO"!

Pedro Neves disse...

Óh Migas, sabes quantos derbys se realizaram no passado entre Beira-Mar e Esgueira?? Alguma vez o Beira jogou de branco nesses jogos contra o Esgueira que é verde? Por amor de Deus! Não nos queiras fazer de tolinhos, ok?

adepto amarelo disse...

O sr Pedro Neves também é cá um crítico faz favor... Desculpe lá então se o Beira-Mar jogou de branco e amarelo... Prá proxima ha-de ser então de Amarelo e preto! E sabe quantos derbys no passado tinham poucas pessoas a assistir como previa? Nenhum!! Por amor de Deus... Não queira fazer o público do Beira-Mar de tolinhos, ok?