Arquivos

sexta-feira, 15 de dezembro de 2006

Diferentes níveis de exigência...

O António Salvador dirige um clube empreendedor, que tem visto a sua massa associativa a crescer, está a fazer um percurso histórico na UEFA e tem estado bem no campeonato. Mesmo assim, está insatisfeito. Assim se comprova, uma vez mais, como os níveis de exigência são bem diferentes. Nós, por cá, continuamos a mesma tristeza. Cada vez temos menos gente no estádio, menos massa crítica, menos sócios, menos apoio... mas nada se faz em concreto para inverter a situação...

21 comments:

alguém k sabe o k diz disse...

pois é!!! tens razao!!! já há meses que isto tmb m preocupa!

mas tmb m preocupa o facto d ainda haver vencimentos e subsidios d natal por receber....

Spartacus! disse...

e pk não uma efectiva, real e honesta autonomia das secções? cada uma gere o dinheiro que cria!

tenho pena d nao ir a assembleia!

mas sobre o assunto do post acho k a o sr.º do marketing anda distraido! distribuir convites ta visto k nao xega! o problema nao esta somente no preço do bilhete,mas tmb na falta de qualidade do espetaculo apresentado, falta de incentivos, e a deslocaçao... talvez daki a 10 anos o estadio esteja mais perto do centro da cidade!

mas só pra relembrar:
pk não uma efectiva, real e honesta autonomia das secções? cada uma gere o dinheiro que cria!

Anónimo disse...

O jogo E.Amadora vs Aves é à borla!!!

Anónimo disse...

Actualmente, a única forma de atrair novos adeptos ao estádio passa por criar incentivos, porventura extra futebol, que leve as pessoas a deslocarem-se ao estádio independentemente do espectáculo desportivo em si, que diga-se em abono da verdade tem sido miserável em Aveiro e nos restantes estádios nacionais. O frio e o mau tempo não deve servir de justificação pois noutros países com maiores latitudes, os estádios estão cheios!!!

Quando se conseguir fidelizar um elevado conjunto de adeptos (30000, no nosso caso), então poderemos reduzir os incentivos. Agora, actualmente, se tivesse que comprar o bilhete (não preciso pois tenho bilhetes de época para toda a família) para assistir a um miserável jogo de futebol, ficava-me mais barato ir ao cinema com toda a família com a certeza de que iria assistir a um bom espectáculo. Ainda por cima como cliente Millennium BCP ainda tenho dois bilhetes pelo preço de um nos cinemas da Lusomundo.

Enfim,..., o que deixa mais desapontado é que tudo o que aqui possamos escrever acaba por cair em saco roto e daí questionar-me se valerá a pena continuar a comentar os posts interessantes no Nuno Quintaneiro. Penso mesmo que o Nuno Quintaneiro acaba por fidelizar uma assistência maior no seu blog do que o actual SCBM... Assim, a única solução que prevejo possa inverter o actual cenário será que alguém dos iluminados que por aqui vai passando passe das palavras às acções. Quem sabe se o Nuno não será um bom futuro candidato ou, pelo menos para já, um candidato a futuro candidato... ;-)

euseiquesim disse...

mas á duvidas que o Nuno um dia destes vai lá pra cima ? eu nao tenho nenhumas. e espero que quando mais cedo melhor para o nosso clube e não só, tambem para o futebol Pt.

João Quintaneiro disse...

eh eh!

Por um clube diferente, Nuno a presidente!! :)

Um abraço;

Anónimo disse...

Temos uns directores tipo PASTEL.
A verdade é esta temos o que merecemos.

Anónimo disse...

Para que a discussão seja séria terá que ser apresentado um resumo das contas (balanço, balancete) para se conhecer o real estado do clube.
Pedro Jorge

Nuno Q. Martins disse...

Rui Dias e "tó-kim-guedes";

Peço-vos desculpa mas apaguei os vossos comentários. Apesar do conteúdo de ambos não ser ofensivo, utilizaram alguns termos que me pareceram deselegantes e tinham visados concretos.

Peço-vos que comentem, criquem de vossa consciência, mas que se evitem exageros de linguagem que, em certa medida, até compreendo porque o que mexe com o Clube mexe com as nossas emoções, mas peço-vos que evitem esses "excessos" até porque a crítica não sai favorecida com eles.

Estou certo que me compreenderão e apresento, uma vez mais, as minhas desculpas.

Rui Dias disse...

Caro Nuno:

compreendo a tua atitude!!! estou certo que lá no fundo também achas esta situação de possiveis ordenados de dezembro e subsidio de natal por pagar bastante grave!

e tenho 99,9% de certezas d q isso é verdade! infelizmente!

Anónimo disse...

meus amigos...tanta cena por causa dos subsidios de natal..se for referentes a jogadores e dirigentes ou equipa técnica...acho muito bem pq não fizeram nada para os merecer..pena é que popssívelmente deve acontecer a outros que nada tem culpa e a esses a minha solideriedade e oxalá os recebam pq esses talvez até necessitem muito mais!!

relativamente ao Nuno a Presidente...concordo plenamente mas ele é demasiada boa pessoa para andar nestas lides..mas tens o meu voto :)

quanto ao sr. que se fala no post não percebo a polémica em braga..ele disse ontem a verdade..haja no mundo do futebol gente como ele!!!

mas o que me interessa é mesmo o Beira e só para lembrar que tenho é saudades do dia 17 de setembro 2006!!

PM Pedro Moreira

Anónimo disse...

Ainda não pagaram Novembro e já falam em Dezembro?

pedro disse...

DOU RAZAO AO SPARTACUS

Spartacus! disse...
e pk não uma efectiva, real e honesta autonomia das secções? cada uma gere o dinheiro que cria!

Anónimo disse...

SUPER MÁRIO MÁRIO JARDELLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL ganda jardas mais uma vez decisivo =)

Anónimo disse...

Falam tanto mal do Jardel, como se ele fosse o culpado pela crise do Beira, ele tem feito é muito pelo beira, nos jogos k começou no banco assistia nos golos agora é titular MARCOU!
Grande ovação do público para o super na sua substituição, esses ao menos sabem ver futebol e percebem que muitos tem sido injustos para com ele como se ele fosse o culpado.
Já agora outro reparo, com Jardel em campo o Beira marca mais golos e sofre menos do que quando ele não está...
Sobre o facto de ele n defender, é o estilo dele sempre foi assim pq agora ia mudar o seu jogo aos 33 anos? Para uma equipa como o Beira como n arriscam muito como os grandes é normal o Jardel nos jogos fora começar no banco pq ha mais cautelas etc mas nos jogos em casa o Jardel tem que ser titular.

Nuno Q. Martins disse...

O anónimo por acaso é convidado para as mariscadas do Jardel?

É que empatámos mais um jogo em casa, continuamos em último e vem agora apara aqui falar do Jardel porque o homem marcou um penalty hoje!

Eu quero lá saber do Jardel para alguma coisa! Eu quero é saber do Beira-Mar. O Jardel daqui a uns tempos já não pára por estas bandas e o Clube, como fica? É o Jardel que ainda vai valer 2,5 milhões e safar o Beira de um crise desportiva e financeira?

Juízo precisa-se...

Anónimo disse...

Nuno apenas mencionei factos, e se te preocupas tanto com o teu Beira-Mar, se olhares para as estatisticas ves com o Jardel em campo o Beira tem mais golos, contra factos n ha argumentos.

E segundo falando no clube em si, claro que o Beira n é o Jardel nem nada k se pareça apenas falei do golo dele pq mts adeptos k comentam aki do beira so fazem criticas ao Jardel...

Nuno Q. Martins disse...

Pois... eu reparei que era apenas o "meu" Beira-Mar e não o "nosso". Está tudo dito, meu caro.

Um dos problemas do Beira-Mar é haver tanta genta desinteressada pelo clube a mandar palpites e não me refiro apenas aos blogues mas também a quem tem poder de decisão.

Mas por aqui me fico que o anónimo não tem que apanhar por tabela. Vou guardar a azia para mim.

Anónimo disse...

Como entendo a tua azia,estamos a ficar cada vez mais pequenos,empatamos em casa com um Clube de menor dimensão que a nossa e toda a gente fica feliz, desde comunicação social`cá do burgo,treinadores e directores, dizendo que o nosso Beira já começa a mostrar ser uma equipa, estamos no meio do campeonato e não na pré- época, sinto-me triste, pois sinto que não posso fazer nada
para evitar o descalabro.

Anónimo disse...

A coisa já não ia bem e quando o Jardel chegou ignorou-se o trabalho de quem trouxe o beira-mar à primeira. Não só se ignorou como se silenciou.Apenas tinham de trabalhar para o senhor,não para o Beira-Mar. Não estou a dizer que ele é o culpado até porque, dizem os epecialistas, que pode nada fazer mas, que tem o timing certo.A verdade é que por mais que se esforçassem, desde que o senhor não finalizasse, a culpa era sempre dos verdadeiros lutadores. Ora pôrra isto desmotiva qualquer um.Portanto não é só a falta de dinheiro. É tudo isto acrescentando esta quantidade enorme de jogadores que não se compreende. No ano passado vi um excelente jogo no nosso estádio em que não havia suplentes, até os guarda-redes jogaram...lembram-se?

Anónimo disse...

deixem o jardel em paz..ele não é o bode espiatório dos nossos maus resultados..quanto muito de quem o põe a jogar quando em tempo de jogo indevido ou com esquemas tácticos não correspondentes para as características do homem..

penso que uma limpeza geral no balneário não se perdia nada porque há jogadores em muita má forma ou que não se esforçam e talvez o jardel nem seja um deles!