Arquivos

quarta-feira, 10 de janeiro de 2007

Uma história suja...

Sinto-me bem no meio da corrente Beiramarense que está farta.
A actual direcção do SC Beira-Mar já está a mais no clube. Qualquer pessoa na actual direcção, com o mínimo de carácter e verticalidade já se teria demitido, qualquer cavalheiro já estaria farto, é impossível conviver-se com uma direcção que fez da deselegância, da mentira e da omissão uma forma de estar e de contactar com os associados e com a comunicação social. Pessoalmente, considero muito perigosas as pessoas que conseguem mentir descaradamente aparentando a maior normalidade do mundo.
Julgo que não vale a pena recapitular os sucessivos episódios desta direcção desde a sua tomada de posse, as negociatas com empresários via Inácio, o eterno imbróglio com a EMA, as broncas na organização dos jogos em casa, o processo de descaracterização e branqueamento do clube, o bizarro processo da demissão da anterior equipa médica, as dezenas de jogadores que chegaram e partiram, os milhões de euros de prejuízo, enfim… por aí fora. Em ano e meio são tantos os erros que de facto já não há palavras para caracterizar esta gestão.
O recente acordo com o grupo espanhol Inverfutbol é sintomático das dificuldades e da incompetência desta direcção. Ao invés de assumir responsabilidades e ser capaz de procurar dentro do clube e nos seus associados, ou, ainda na comunidade aveirense, as soluções necessárias para o clube, decidiu entregar o futebol ao grupo espanhol. Um verdadeiro assumir da incapacidade de por si só alterar a situação, ou sequer de gerir o futebol do clube. E se há clube em Portugal que no campo das “parcerias” tem experiência é o Beira-Mar, uma má experiência.
Quanto a Carvalhal, de facto, a forma como foi tratado é inacreditável. Alguém que numa situação difícil, tanto no plano pessoal como para o clube, veio ajudar o Beira-Mar não merecia ser obrigado a lidar com aquela gente e respectivas mentiras. A instituição Beira-Mar contraiu uma grande dívida de gratidão com Carlos Carvalhal.
Para agravar tudo isto, as últimas notícias que nos têm chegado sobre a Inverfutbol, além de não apresentarem claridade sobre a actividade daquela empresa, apresentam também sérias dúvidas sobre a idoneidade do seu principal investidor.
Quanto ao novo treinador, Soler (a quem desejo sorte na sua tarefa), não deixo de estranhar a sua escolha. Com a equipa de futebol do Beira-Mar em último lugar no fim da primeira volta, pergunto-me como é possível permitir-se a escolha de um treinador estreante na função e no campeonato português? Em abstracto, eu diria que é a pior escolha possível.
Certamente, a própria comunicação social já vem dando nota disso, nos próximos dias irão chegar ao Beira-Mar vários jogadores de nome mais ou menos sonante para “salvar” o clube. É caso para perguntar, então, e os “nossos” jogadores? Qual é o papel deles e como será a sua valorização? E como será com os jogadores indicados e já contratados por Carvalhal? Pergunte-se, ainda, qual será o papel da Inverfutbol se, como é possível e provável, o Beira-Mar voltar á 2ª Liga? Tantas mexidas e inquietações nesta altura do campeonato, desportivamente, são a pior coisa que pode acontecer a qualquer plantel.
Até há pouco tempo atrás, na bancada, queríamos sempre que o Beira-Mar marcasse um golo; agora, queremos que o Beira-Mar marque golos e que a direcção mais os espanhóis se vão embora depressa.

Filipe Guerra

28 comments:

Rui disse...

Alguém me sabe dizer quando acaba o mandato o mandato deste senhores que tivemos a infelicidade de escolher para a Direcção ?

Anónimo disse...

Só daqui a ano e meio... quando tivermos na 2ª liga e sem dinheiro... ou eles entretanto fogem!

administrador do blog disse...

Caro Nuno e malta que aparece e assina os seus comentários (os que não assinam para mim não contam como sempre fiz questão de referir:
Entendo as vossas reacções e receios. Claro que entendo e até partilho parte delas. Mas já estive do outro lado e quando fizemos a parceria com a Stellar as intenções eram as melhores e pareciam claras. Por isso avançamos na altura. Logo que nos pareceu menos...positivo para o clube (apesar de terem trazido um Pavel e um McFee mas também temos de admitir o Paul Murray) o nosso presidente tratou de tudo e o protocolo acabou! Vamos esperar que este novo protocolo partilhe das mesmas intenções, tenha melhores resultados e, sobretudo, que a direcção continue a ser senhora do leme deste barco que é de todos para o caso de ser necessário rumar a outros lados. E se possivel, que expliquem os detalhes aos sócios para que não se levantem mal entendidos, tal como nós da antiga direcção sentimos. Por vezes o erro esta na...comunicação.
Saudações a todos,
André Apolinário

Anónimo disse...

so mais um comentario acerca do nosso clube...

http://www.maisfutebol.iol.pt/noticia.php?div_id=1498&id=759567

q bem visto q nós andamos....

Anónimo disse...

Parabens pela reflexão. Mas ao que me parece temos que resignar durante ano e meio e aturar estes garotos.
João Mario

Ricardo Pires disse...

Li que o Carvalhal iria querer todos os seus direitos não pelos valores em questão, mas sim pela maneira como foi tratado.

Dá-lhe Carvalhal! Mostra a esses "chupistas" que não podem brincar com o Clube, com os Associados e com os funcionários!

Pedro Oliveira disse...

acho mt bem k o carvalhal receba akilo a q tem direito!

é uma questão de principio....

Anónimo disse...

Mas o dia-a-dia dos aveirenses também é feito de saídas e Jardel, que ontem não trabalhou com a equipa, terá já um princípio de acordo de rescisão.

Um jogador que ainda há meia duzia de dias ia render dinheiro ao Beira-Mar e agora acertam a rescisão?

Anónimo disse...

E os €€€€ jovens? Já começaram a angariação de fundos? Isto de mandar bitaites é muito fácil e ter um blog até é de borla, mas um dia que tenham de assumir qualquer coisa na vida, certamente que as vossas opiniões mudarão radicalmente. Por isso, aqui vai um conselho: cresçam e apareçam.

Anónimo disse...

Para reflectir:
As rescisões de Mario Jardel e Carlos Carvalhal custam ao clube 250.000,00 euros.
Fonte: departamneto juridico do SCBM.

Nuno Q. Martins disse...

Eu não sou de responder a anónimos, mas tenho que dizer ao anónimo das 8:54 que realmente está mais que provado: o dinheiro não compra competência. Não basta tê-lo, é preciso saber usá-lo. Se,porventura, não o tivessem, talvez a gestão não tivesse sido tão ruinosa. O Beira-Mar e os seus 85 anos de História não mereciam isto.

Anónimo disse...

Sobre a Formação, o excelente trabalho que vinha sido desenvolvido, na constituição da dita "Academia", com todos os intervenientes que ajudaram a construir, foi também por água abaixo o Plano de consolidação, de trabalho e orçamento que foi gasto para tal, nas épocas 2001/2005,
cujos resultados positivos conhecidos de todos.

Jo disse...

Não me quero meter na balbúrdia que por aí vai. Nem sequer defender o indefensável, ou seja, que esta Direção é MENTIROSA. Mas, notem, melhor, note o sr André Apolinário, que parecer ter feito parte da direcção do Sr . Mano Nunes, que em termos de comportamentos éticos também a forma como o trienador António Sousa saiu do clube, depois de 7 anos ao seu serviço, foi ainda pior do que a de Carvalhal. Mentiram-lhe continuamente, andavam com o treinador inglês a ver jogos do Beira-Mar e depois diziam-lhe que nada estava a acontecer. Quando Sousa deu por ela já estava a acminho de sair pela porta pequena do consulado de Mano Nunes. Não foi assim sr. André Apolinário? Foi, claro que foi e a prova é que o treinador cortou relações com Mano Nunes. Sousa que além de jogador do nosso clube, ganhou uma Taça de Portugal.
A verdade´é para ser dita, sempre, e não quando convém, não lhe parece. Nota: isto não é estar a defender a actual direcção, porque como escrevi acima são MENTIROSOS. MAs neste capitulo a Direcção de Mano Nunes, teve comportamento igual na saída de Sousa de clube. Viva o Beira-Mar e a verdade, sempre.

Anónimo disse...

Foi o Sousa que cortou relações com o Mano Nunes ou foi o contrário? Que eu saiba ja o Sousa tinha dado de frosques quando se começou a falar no Mick. Neste caso o carvalhal e despedido passado poucas horas de ficar confirmado que ia fikar ate ao fim da epoca. Isto sim é uma vergonha! Ao Sousa parece-me que lhe foi dada a hipotese de sair pela porta grande algo que o proprio recusou pelos ataques feitos na imprensa. N se fala de situaxoes do passado que como ja foi dito neste blog: o pior dos piores desses tempos e talvex o melhor de hoje.

Anónimo disse...

Esclarecimento: O Antonio Sousa não foi nunca despedido como treinador do BM. Saiu quando terminou o contrato e foi-lhe transmitido com dois meses de antecedencia da decisão de não renovar.
É bom que não se atire lama para a ventoinha e tentar comparar comportamentos.
L. Silva

jo disse...

Dois meses de antecedência??? è para rir?????Só pode. Espetaram-lhe uma faca nas costas. Claro que não foi despedido. O contrato acabou e o Mano Nunes não renovou com ele, porque já tinha o inglês desde há muito contratado, ou MELHOR, para sermos VERDADEIROS, há muito que a Stellar Group tinha colocado IMPOSTO o tal inglês ao Beira-Mar.É bom ter memória. Há gente laboriosa, dedicada ao clube, como são os caso de Mano Nunes e Artur Filipe. Falta-lhes é seriedade nas palavras e nos actos. E quando assim é quem perde é o Beira-Mar. Ou já se esqueceram da troca de insultos na imprensa entre Mano Nunes e o Sousa? Não tarda muito e vai acontecer o mesmo entre Carvalhal e Artur Filipe. Meus caros: SÓ MUDARAM AS MOSCAS

Anónimo disse...

Por outro lado, é verdade que o António Sousa, não queria sair, a prova da decisão bem ou mal, foi da Direcção, e não de terceiros.
Daí, o amuo do A.Sousa.

Anónimo disse...

Agora, é o Sr.Cursach, que manda.
É vergonhoso.

Anónimo disse...

David Beckham no Beira?!
Luis paulo

Anónimo disse...

O "jo" deve andar confundido. Comparar Mano Nunes com Artur Filipe é um ultraje. Em primeiro lugar Mano Nunes deixou o clube em bom estado financeiro apesar da descida de divisão e do acordo com a Stellar. O relatorio de contas foi aprovado e não adianta os dirigentes interinos andarem a tentar enganar meio mundo com mais mentiras. O Artur Filipe forma um plantel de 40 e tal jogadores...rescinde com alguns e paga-lhes o contrato todo e mete o clube numa situaxão economica caotica. Gasta o que pode e que não tem. Diz que de Espanha nem bons ventos nem bons casamentos e mete o clube sob a alçada de um espanhol. Critica parcerias e cai no mesmo erro. A direcção em posse despede o carvalhal passadas horas de lhe dixer que ia ficar ate ao fim da epoca. Sousa nao ve o contrato renovado coisa que ja sabia de antemão. Não sei como o jo tem tanta certeza de que o mick estava contratado ao tempo. Ou tinha na altura poderes de adivinhação ou e faccioso. Deixe de tentar comparar o passado co presente. Nunca ninguem da riecção do Mano Nunes meteu tantas vezes a pata na poça e mentiu tanto aos adeptos. Estamos muito mal.

Anónimo disse...

Jo Said, uma boa maneira de não ser anónimo é usar niks e mandar bitaites com ignorância ou má fé.
Como conheço o assunto Sousa e M.Nunes e A.Filipe, venho repôr verdades.
Reafirmo que Sousa foi avisado com 2 meses de antecedência que não continuaria no Clube.
O Sr jo se calhar pertencia ao grupo de sócios que contestavam o Sousa
e não poucas vezes afrontaram o Presidente, realmente é preciso
ter memória e ser honesto.
O Beira-Mar não deve nada ao Sousa, pois pagou-lhe sempre muito bem, pois foi o treinador mais caro da hist´ria do Clube, fez dele treinador, contra tudo e contra todos aguentaram-no quase 8 anos e por vezes já queria mandar mais que a Direcção e para ele só o Presidente é que mandava, se não fosse este ele não teria feito mais que duas épocas no Clube.
O Mano foi mais que pai dele e de toda a familia, pois aguentou muito ao Sousa e filho e a paga foi dizer o piorio dele mesmo sabendo que o Presidente foi a pessoa que mais resisrência fez á sua saída.
O sr Jo Said, mandou umas atoardas e tentou ainda fazer comparações entre A.Filipe e M. Nunes, como se fosse possivél haver comparações.
O Mano foi um dirigente que era considerado, reconhecido e ouvido no futebol português, era um lider
e sabia gerir o Clube e viu-se os resultados, não só desportivos como financeiros, sendo verdade que os vices que o acompanharam em várias direcções tambem ajudaram, mas ele arcou sempre com os erros de todos.
Quem é o sr JO para falar na seriedade de Mano Nunes? Conhece o Senhor? Tenha juízo e informe-se.
Mas não vou defender o Mano porque ele não precisa, mas sinto revolta por gentinha como esta vir para aqui atacar inocentes e gente séria.

Anónimo disse...

eh pá ...isto é cultura futebolística....

Anónimo disse...

tudo calado, MANO eu!

Nuno Vieira disse...

Estou em estado de choque com as declarações de Artur filipe ao Jornal o jogo de hoje....
Passo a transcrever: "Durmo regaladamente bem. Os adeptos que apareçam para ajudar... mas, foge, isso não é com eles. Ajudar? Pôr dinheiro? Só se vierem cá buscar algum. Se lhes der convites aparecem. Não ligo a isso."
Eu não tenho adjectivos para isto...

ele ainda diz mais...

"Saio já amanhã, desde que
se comprometam a indemnizar a direcção pelas quantias que cá temos e pelos compromissos com a banca. Duvido que no futuro apareçam carolas como estes para tomar conta dos destinos. Já estive do lado de lá e sempre apoiei. Os que não fazem isso não são de Aveiro ou beira-marenses. Podem criticar, desde que não ofendam. Temem pelo futuro? Se não fizéssemos isto, dentro de dois meses não havia dinheiro para pagar"

Então mas quem gere o clube? De quem é a responsabilidade das dívidas?!? Indeminizar a direcção?!? A direcção não está lá para por nenhum $$$ no Beira, está para gerir e conseguir que a instituição tenha bons resultados - temos condições para isso - obviamente com esta gente não.

Nuno Vieira disse...

Os espanhóis estão a pôr cá jogadores que não interessam... O william sousa não serviu no boavista, serve-nos a nós?!? O diego (equipa B do V. Setubal?!?), vêm para cá uns putos que ninguém nunca ouviu falar para ganharem nome à nossa custa...
Agora parece que vem mais um ... para substituir o Jardel vem um puto de 21 anos do equador (Escalada).. ridiculo...A manta de retalhos está a começar a ser feita...
Isto é mau demais... O senhor Artur Filipe a que é mau demais...

Anónimo disse...

O presidente a falar parece um padre, mas ele não andou a lutar pelo poder, fez oposição 6 anos e o Clube estava bem e agora depois da desgraça que arranjou vem culpar quem?
Já ouviram falar da doença "bipolar", será ?
Quem contraiu as dividas?
Eles na assembleia disseram que iam deixar o Clube melhor do que estava e agora já querem sair se lhe derem a massa que esbanjaram.
Psiquiátras, psicologos e até bruxos precisam-se.
Tratem o vosso presidente...

Anónimo disse...

Por este andar, ou seja, só quando recuperarem o $$$$ é que saiem, vão ter que ficar lá eternamente.
A incompetencia é tanta que nem para eles são razoaveis e estão a arrastar outros pró abismo.
Figeuiredo

Anónimo disse...

Os directores passam e o Beira-Mar fica. Umas vezes bem tratado outras muito maltratado