Arquivos

quarta-feira, 9 de abril de 2008

Nova fórmula da Taça da Liga:

Primeira fase:

ELIMINATÓRIA A DUAS MÃOS (2 e 10 de Agosto)
Os oito primeiros classificados da Vitalis disputam uma eliminatória com os oito últimos classificados.
-
Segunda fase:
POULE (17 de Agosto e 24 de Setembro)
Aos oito apurados da Vitalis somam-se as dez equipas da Bwin Liga que não jogam as competições europeias em 2008/09 e dividem-se em seis grupos de três. Cada equipa faz um jogo fora e outro em casa. Apuram-se os primeiros classificados.
-
Terceira fase:
POULE (29 de Outubro, 7 e 14 de Janeiro)
Para uma divisão em três grupos de quatro, juntam-se aos seis apurados as seis equipas restantes da Bwin Liga. Estas últimas fazem garantidamente dois jogos em casa.
-
Quarta fase:
MEIAS-FINAIS (18 de Janeiro)
Os três primeiros classificados e o melhor segundo da fase anterior jogam uma eliminatória a uma só mão para apurar os finalistas. Os jogos serão realizados na casa da equipa com mais mérito desportivo (pontos, goal-average, golos marcados, etc).
-
FINAL (22 de Março)
-
A fórmula da Taça da Liga foi revista. Há quem fale em interesses comerciais e imposições dos patrocinadores... A verdade é que a nova fórmula favorece os «grandes» que apenas actuam na terceira fase e fazem garantidamente 2 jogos em casa numa poule de 3 jogos. Tenho sérias dúvidas que o número de espectadores nos estádios ultrapasse substancialmente os 134 mil registados na primeira edição. Mas o que realmente interessa na cabeça dos dirigentes são as audiências televisivas e as respectivas receitas. São as vicissitudes do "futebol moderno"...

11 comments:

Anónimo disse...

A taça da liga é a maior coqueluche da fantochada que é o futebol moderno. Se este ano não resultar também o modelo deve ser o seguinte: duas divisões, uma com 3 clubes, e outra com os restantes. Os 3 da 1ª divisão jogam entre eles um campeonato a 10 voltas e os outros jogam a segunda divisao como lhes apetecer porque também nao faz grande diferença. Já agora, ninguem sobe nem desce de divisao. Pode ser que assim até se consigam estádios vazios em jogos entre os grandes. O nosso futebol está morto. Tenho a certeza que muitos como eu se entristecem qdo têm a oportunidade de apanhar a reposição de um domingo desportivo [acho que este não dava à uma da manhã...e chegavam a mostrar jogos da segunda divisão.] na RTP memória...Aquele é o meu futebol. Em que qualquer Famalicão-BeiraMar ou Estrela-Torreense ou Salgueiros-Farense estava cheio, era jogado à tarde e ninguém comia pipocas.

Anónimo disse...

A taça da Liga foi um exito.
Cada clube recebeu 20.000 euros acrescido da receita de bilhiteira por cada eliminatoria. O Beira Mar recebeu mais de 250.000€, esta é a unica prova onde as receitas são resultado da classificação, é claro que isto pouco interessa ao Porto, Benfica e Sporting....

Gabriel Baltazar disse...

Ola Nuno li o comentário do post de 3ª-feira, só para dizer que fico satisfeito por haver mais adeptos da Juventus em Aveiro para além de mim, que é um clube que aprecio.

Quanto à Taça da Liga, espero sinceramente que a próxima equipa do Beira-Mar atire a competição para canto e se concentre SOMENTE no essencial - subir de divisão. Ficou provado nesta época que clubes que se meteram nesta nova competição com afinco tiveram uma época falhada (refiro-me ao penafiel que está perto da descida e ao Beira-Mar que já não vai "subir a todo o custo"), chegando à fase final da competição sacrificando a Liga que é o mais importante.

A nova estrutura da competição baralhou-me ainda mais, parece que vamos ter mais jogos e duas fases de grupos? Para mim sinceramente só beneficia os grandes clubes e vai provocar um enorme desgaste em planteis diminutos como era o do Beira-Mar; desgaste esse que depois se reflecte na Liga.

Não estou a dizer para o Beira-Mar perder propositadamente! Não! Mas que nesta competição rode jogadores menos utilizados e jogadores mais jovens para que no futuro integrem sem tabus o plantel principal! Já agora, estou curioso para saber o que vai acontecer ao Paulo Sérgio no final da temporada. Eu gostaria muito de um regresso do Inácio! Esse não brincou em serviço em 2005/2006 - subiu sem espinhas quase e não teve problemas em dizer para as câmaras que "às vezes é preciso sacificar algumas coisas para conseguir outras mais importantes" - referindo-se claramente à derrota nessa época para a Taça de Portugal em Lamas 1-0. E não é que este homeme tinha razão? Em 2006 o essencial foi conseguido e Aveiro viveu momentos de alegria em ano de Mundial e Euro sub-21.

Nuno Q. Martins disse...

Olá Gabriel

O "adepto da Juventus" a que te referes é, acima de tudo, adepto das identidades falsas, mas neste mundo "blogosférico" já estamos habituados.

Quanto ao Augusto Inácio foi, efectivamente, o último treinador que teve sucesso no Beira-Mar. É um facto. No entanto, para uma melhor avaliação do seu desempenho como treinador, desafio-te a visitares os arquivos do Bancada Norte dessa época, principalmente, as crónicas dos jogos (podes confrontá-las com a imprensa da época). Depois, desafio-te ainda a falares com alguns jogadores dessa época, ou, com funcionários e ex-funcionários do clube. E com o Departamento Médico do clube nessa altura. Recorda-te das viagens ao Brasil, em período de férias, suportadas pelo Beira-Mar e dos jogadores que vieram... Estou a falar de Alê, Didi, Jonathan, etc... todos com custos para o clube. E as rescisões dos mesmos passado pouco tempo... também elas com custos para o clube. Mas para poderes fazer uma avaliação mais completa, confronta os orçamentos do Beira-Mar e do Desportivo das Aves nessa época e perceberás que, se alguém fez um trabalho notável, terá sido o Prof. Neca (de quem eu nem sou grande apreciador).

Não te esqueças que o Paulo Sérgio tem mais um ano de contrato, por isso, em princípio, será ele o treinador do clube na próxima época, a menos que coloque o seu lugar à disposição da CA que vier a assumir os destinos do clube.

Por último, quanto às competições paralelas ao campeonato, vê o exemplo do Vitória de Setúbal que está a fazer um excelente campeonato, está nas meias-finais da Taça de Portugal e venceu a Taça da Liga. Também tem um plantel curto... Resume-se a competência na gestão do mesmo. No ano em que fomos eliminados da Taça pelo União de Lamas, a tal época do Inácio, o Beira-Mar apresentou-se em Lamas com os habituais titulares e o treinador ficou pior que estragado com a eliminação. À posteriori é que convém dizer certas coisas para "não dar o lado fraco".

Um abraço.

Anónimo disse...

Ináacio foi um dos coveiros do BM. Trouxe toda a quantidade, sem qualidade de jogadores pra Aveiro e quando se viu apertado "cagou-se" pró Beira e foi prás arábias enganar mais alguns e deixou ainda o "rabo" da promessa de levar alguns jogadores consigo, pura ilusão.
Este Mr já andou a ver se enganava o leixões esta época mas o matosinhenses tmbém já sabém muito.
De promessas e aldrabões está o Inverno cheio.
Juventino Lopes

Catalogos VerDesperto disse...

Desde o principio que eu digo que esta taça foi feita a pensar nos 3 grandes. Ou 3 mediáticos (como queiram). Este ano o tiro saiu-lhes ao lado, por isso, tiveram de alterar as regras. Claro como água.

Daniel disse...

Oh Nuno, mesmo sem te conhecer pessoalmente reconheco-te muitas qualidades... a que mais aprecio e' sem duvida a tua memo'ria que de curta nao tem nada!

A do subir a todo o custo tem os resultados 'a vista. Nao se pagou naquela e'poca, paga-se agora.

O pior e' que a subida a todo o custo deste ano nao se concretizara'... vai ficar so' o custo. Quando chegar a altura de o pagar e' que vao ser elas.

Quem dera ao Beira-Mar muitas Tacas da Liga. Se nao fosse a Taca da Liga este ano, estaria ainda mais enterrado. Quanto ao formato, apesar de beneficiar os melhores (e nao necessariamente os maiores), representa um esforco equilibrado por mais competicao (igual a mais receitas fundamentais para as equipas mais fracas) e a gestao do numero de jogos que uma bem sucedida campanha europeia dos melhores requer.

Isto de agradar a todos e' muito dificil, ja' se sabe, mas esta Taca da Liga, rosto mais visivel do trabalho do Herminio Loureiro na Liga, e' uma pedrada no charco e na generalidade agrada-me. Pena nao apurar uma equipa para uma competicao europeia. Mesmo assim, da' vontade de beber uma Carlsberg so' para dizer obrigado.

Gabriel Baltazar disse...

Nuno confesso que agora que falas das viagens ao Brasil lembro-me de na altura se falar nisso e do quão caro ficou ao clube as "falhas" de Inácio. Como foram os casos dos jogadores que referis-te, mas o que saltou à vista de todos e de mim na altura foi o excelente campeonato que a equipa fez, com muitos empates é certo mas quase limpo de derrotas. Acredito sinceramente que isso deveu-se ao facto de a equipa ter estado concentrada no único objectivo de subir. Este ano os jogadores andaram até Janeiro a pensar em 3 competições, acho que nem sabiam bem o que queriam, para além do desgaste. Acredito que o salário do treinador tenha sido exurbitante, mas aí a direcção também falhou, talvez por ter sido graças à "bandeira Inácio" que a lista encabeçada por Artur Filipe ganhou as eleições.

Sem dúvida que o prof.Neca fez um grande trabalho, bem sei que o orçamento do Beira-Mar para 2006/2007 era sensivelmente 1 milhão superior ao do Desp. Aves. Mas achei estranha aquela última jornada contra o Paços de Ferreira. Os últimos anos diziam-nos que estranhamente os "históricos" safavam-se sempre nas últimas jornadas. Tinha a previsão em mim que o Beira-Mar ia descer, mas enfim é passado.

Quanto ao Setúbal (nem de propósito) já nos habituou num ano ao 8 e no seguinte ao 80. Tem um plantel curtíssimo mas de excelente qualidade e acho que nem se compara com o do Beira-Mar este ano; não sei se Inácio ficou irritado em Lamas se o dizes só posso crer que sim, mas aquela frase dita à RTP ficou-me na memória.


Quanto ao novo modelo da Taça da Liga e tal como a Helena referiu, só beneficia os grandes! Para mim era de a usar para rodar outros jogadores, por que não? Dá dinâmica, ritmo de jogo aqueles jovens que vão para Avancas e Pampilhosas... O Daniel diz que não beneficia necessariamente os melhores; mas agora com duas fases de grupos só pode beneficiar. Na última edição na fase de grupo quem passou? Quem ganhou sempre os jogos em casa? Não sou contra a Taça da Liga, apenas acho que o excesso de competição prejudicou o Beira-Mar e o Penafiel. A aposta na "Taça da Cerveja" pode custar a descida do Penafiel, e já custou a meu ver uma eventual subida do Beira-Mar à "Liga das Apostas".

Nuno já agora tenho uma questão que sinceramente não creio acontecer. Caso se confirme a descida de divisão do Boavista poderá haver uma 3ª promoção de um clube da 2ª liga?

Um abraço

Anónimo disse...

Liga Fut 7 Edição de 2008
Incrições até ao dia 25 de Maio. valor 375€ Premio final 1500€ Torneio de futebol 7 Jogadores com mais de 16 anos
Zona Norte: Gaia; Maia; Gondomar e Aveiro
Zona Sul: Cascais; Sintra; Almada e Expo
Inscreve já a tua equipa
Mais Informações em:www.ligafut7.pt
Cumprimentos, Daniel Vilarinho

Nuno Q. Martins disse...

Gabriel,

Quanto à questão da eventual descida de divisão de algum clube por motivos disciplinares, penso que os regulamentos prevêem a subida do melhor classificado da 2ª liga, ou seja, o 3º.
No entanto, não vale a pena nesta altura equacionar esse cenário. É que o «apito final» está a apitar mais "pra lá do que p´ra cá» se é que me faço entender...

Um abraço.

Anónimo disse...

penso que moldes "antigos" eram bons excepto na fase de grupo em que houve o sorteio, sendo que como nas fases anteriores os jogos deveriam ser disputados sempre em casa dos teóricamente "mais fracos"..o beira-mar e o penafiel sairam muito prejudicados com o sorteio o que ditou à partida logo a final que se veio a realizar!..

PM