Arquivos

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Insatisfeito Leonardo!

Grande Leonardo Jardim! Sempre insatisfeito! Não admira ; os grandes treinadores, tal como os grande artistas, são perfeccionistas e insatisfeitos por natureza. Só que Leonardo não treina o FCP, SLB ou...Real Madrid. Esses "gigantes" permitem "caprichos de artista". Os recados para "dentro" e para "fora" chegam à comunicação social e são de tal forma amplificados que a "nação" embelezada com as cores desses colossos da bola é capaz de fazer um golpe de estado.
Não é o caso do SC Beira-Mar. Muito pode gritar Jardim que o seu discurso é como o de Santo António aos peixes. A "nação" beiramarense é pequena e pouquíssimo "nacionalista". As cores aurinegras estão fortemente inquinadas com vermelho, azul e verde.E uma cor desbotada é uma cor sem força.
Não se percebe, pois, que Jardim faça da imprensa o seu muro das lamentações. Queixa-se do que é importante para enfrentar a época primodivisionária:faltam jogadores e condições de trabalho. E, para já, não é pouco. Mais alguns meses e é capaz de ter de juntar a falta de dinheiro às reivindicações.Oxalá que não! A seguir, elogia a direcção, de quem diz tudo estar a fazer para resolver os problemas. Mas, então, por que te queixas, Leonardo?
Afinal, o treinador está num clube que já conhece e a trabalhar com uma direcção que tanto elogiou num passado recente. Uma direcção que salvou o SC Beira-Mar da ruína ( ainda como CA), que o levou , de novo, à divisão principal, que o saneou financeiramente, retirando-o das "garras" de Mano Nunes e dos seus companheiros de trabalho que cometeram o "crime" de deixar alguns milhares de euros em caixa para que o clube não fechasse portas.
Jardim está com quem quer e de quem tanto gosta. Deveria limitar-se a exigir à direcção os pretensos jogadores e as condições para treinar. Evitava expor, em conferência de imprensa, as "misérias" que tanto incomodam os verdadeiros beiramarenses e são motivo de chacota por parte do universo futeboleiro.
As dificuldades, exigências, lamentos, ameaças, deveriam sair da boca dos directores. Mas nunca foi assim, desde que a CA que deu origem a esta direcção tomou as rédeas do clube. Sempre foi Jardim a dar a cara pela polémica e pelos mais intrincados assuntos. O treinador queixa-se, mas a direcção parece sereníssima e optimista.Algo não bate certo.
Jardim é capaz de ter razão. E como não tem directores capazes de gerir a comunicação do clube, põe ele a "boca no trombone". À sua maneira, como melhor lhe parece, o que não quer dizer que seja bem feito e surta o efeito desejado. Mas, como diz o adágio popular, agora transposto para o SC Beira-Mar, "quem não tem cão, caça com gato".

58 comments:

JMO disse...

As declarações publicadas hoje não são correctas para um funcionário do clube. Conhecia a casa, conhecia as dificuldades. É desleal dizer o que diz.

Nuno Q. Martins disse...

Jorge,

As dificuldades que o clube está a passar já eram expectáveis. Em tempo útil as pessoas que dirigiam o clube foram avisadas para a importância de se reestruturar o clube e avançar para um novo modelo de gestão do futebol profissional.
Já todos sabemos que no desporto nunca é possível garantir resultados, mas compete a quem gere criar as condições de sucesso.
Bem sabemos que num desporto como o futebol, o sucesso depende também da sorte, nas também sabemos que, geralmente, são as melhores equipas que acabam por vencer as provas que exigem regularidade.
Dada a precária situação financeira do clube e a essencialidade que reveste a manutenção na 1ª Liga face à discrepância de receitas comparativamente com a 2ª liga, impunha-se a quem dirige, a quem é conhecedor da realidade, reagir e apontar soluções. Quem tem uma visão, uma estratégia, uma linha de orientação para o clube deve, obviamente, sufragá-la à Assembleia Geral do clube para que a legitime.
O que assistimos num passado ainda recente foi à negação completa de tudo isto.
Foi rejeitado um modelo que continha uma estratégia de sustentabilidade sem que, em alternativa, tenha sido apresentado outro com idênticos propósitos.
Usaram-se argumentos demagógicos apenas para inviabilizar algo só porque o importante era inviabilizar.
Foi eleita uma direcção, composta por pessoas de inegável voluntarismo, sem que as mesmas tenham apresentado qualquer rumo ou estratégia. Primeiro, prometeram-se "mundos e fundos", depois recuou-se o discurso para o realismo numa perspectiva de "fuga para a frente", que é como quem diz, vamos empurrar com a barriga os problemas (estruturais) do clube e logo se vê...
E é assim que estamos. Sem rumo. A tentar à pressa calar as queixas do treinador para ver se, com sorte, conseguimos a manutenção na 1ª liga e depois... logo se vê.
Esta é a postura que faz muita gente referir-se ao clube como o "Beiramarzinho". Não com um sentido afectivo, mas sim com um sentido de "coitadinho", de algo "menor"...
Lamento que ao fim de 88 anos de vida, o clube não tenha conseguido construir à sua volta massa crítica capaz de afirmar uma ruptura com este "status quo".
Tenho a noção que, no seio do clube, poucos me acompanham nestas ideias. Dificilmente alguém voltará a olhar para elas com uma visão estratégica e, eventualmente, só se admitirá voltar a olhar para elas se, algum dia, a sobrevivência do próprio clube estiver em causa.
Até lá, empurram-se os problemas para a frente mais um bocadinho, não se percebendo que, a cada dia que passa, o clube definha mais um bocadinho.

Um abraço.

Anónimo disse...

Muito à altura o Jorge Santos nos seus comentários. Muitos irão dizer despeitado, outros irão dizer, tem razão.
Nuno, no seio do clube poucos ou nenhum acompanhará as tuas ideias mas nos beiramaristas de gema alguns estão contigo.
Vai custar a muitos dizer que estão certos masterão de ler e ouvir a verdade anticipada muitas vezes.

Jorge Santos disse...

Caro João

Falta uma política de comunicação no clube. E tu sabes muito bem que para exercer estas funções é preciso ter algum conhecimento específico. O Leonardo Jardim, a partir de determinada altura, passou a ser o "porta-voz" do clube. E assim continua. Não tendo uma direcção capaz, um dirigente competente nessa área, é como digo no texto "quem não tem cão caça com gato".


Caro Nuno

De facto, esta direcção entrou sem projecto, sem estratégia, apenas com muito (boa) vontade. Tu, eu e mais alguns, que passámos horas e dias a pensar o SC Beira-Mar, sempre achámos que era necessário um projecto, uma estratégia, e não ficar à espera que a bola, em vez de bater no poste, entrasse na baliza.
Tu, o Emídio Martins e mais alguns apresentaram um trabalho excelente para o SC Beira-Mar do século XXI.
Continuo a achar que era a solução certa. Julgo que os sócios foram manipulados na AG que chumbou esse projecto.
Acho que a CA que deu origem a esta direcção não foi honesta para quem trabalhou num projecto alternativo.
Embebedaram-se com a subida. E ainda não estão sóbrios. Quando estiverem, concluirão que a solução que apresentaste é a melhor para o futuro do clube.
O que esperar de uma direcção que não apresenta projecto? Eu não quero responder!

Um abraço a ambos

Rui Faria disse...

Trata-se de navegação à vista e o timoneiro é o Leonardo Jardim, os directores limitam-se a ouvi-lo.
Esta direcção é composta de gente boa mas sem capacidade para um barco destes.
Vamos acreditar que o timoneiro treine, organize e faça a gestão do clube.

Jorge Santos disse...

Caro anónimo das 16:43

Podem dizer despeitado, podem dizer o que quiserem.
Mas despeitado????!!!!! Nunca!!!
Servi o clube o melhor que pude e soube.Saí de consciência tranquila.
Talvez o clube nunca tenha tido um dirigente que, para estar no clube, faz diariamente uma viagem de Aveiro ao Porto, de ida e volta. Sempre que o clube necessitou. Quinzenalmente,mais uma ida e volta para fazer o "suplemento SC Beira-Mar" entre as seis da tarde e as 10 da noite.
Estava farto. Cansado. Saturado. Mas continuaria a fazer esse esforço pelo meu clube se os meus colegas de CA continuassem a geri-lo . Pelo clube, não por mim.Nunca me interessaram protagonismos nem me identifico com vaidades fúteis.
Por isso mesmo não há despeito.
O que há é sentido crítico, o que muita gente não sabe o que é.
Sempre disse que não votava em qualquer direcção que não apresentasse projecto. Foi o que fiz. Em consciência.
Abraço

Anónimo disse...

o caldo está a entornar, ai está está

Rui Almeida disse...

vamos pensar uma coisa,nao é o Leonardo Jardim que chama a comunicaçao social,eles é que o procuram..e queriam o que?ter um treinador hipócrita??sempre admirei pessoas que dizem o que tem a dizer sem receios,directos..o nosso treinador apenas diz a realidade,quando questionado..se ele dissesse o contrario,que estava tudo bem,talvez estivessem aqui a dizer que o jardim é mentiroso.O Leonardo jardim é competente,ja deu provas disso,lembro.me no inicio da epoca passado existirem criticas identicas por causa do discurso do mesmo.

José Ribeiro disse...

A insatisfação do Leonardo compreender-se-ia se fosse alguém que chegava agora a esta casa sem noção nenhuma do que iria encontrar, não de alguém que transita da época anterior, época essa onde o Beira-Mar viveu o tempo mais conturbado da sua história chegando mesmo a ficar alguns meses sem receber! Das duas uma ou o Leonardo sabe de algo que nós não sabemos e saiu o Euromilhões a alguém dentro do clube ou então está a espera de milagres...era expectável a insatisfação mas o dinheiro é muito pouco para ter jogadores com créditos firmados como o Leonardo certamente quereria, agora isto deveria estar na cabeça dele desde o momento em que renovou contrato por isso era bom que falasse para "dentro" e não para "fora".
Tal como tinhamos falado no jantar é mais uma estratégia inteligente e egocêntrica do mister que com este tipo de noticias constantemente a sair nos media faz com que o Beira-Mar seja cada vez mais visto como um dos grandes candidatos à descida e caso tal não aconteça o Leonardo será uma espécie de José Mourinho ao concretizar missão tão "árdua" e se correr mal tem sempre a desculpa que a direcção não lhe deu o que ele queria.

Abraço

JMO disse...

Uma politica de comunicação integrada para o clube consiste numa filosofia em que os formatos de comunicação, as mensagens e a gestão das mesmas está integrada.

Leonardo Jardim ao fazer estas afirmações falha em dois aspectos e acerta num, em termos comunicacionais: assim, ele desce as expectativas e se o Beira-Mar se salvar, ele é o salvador da casa.
Internamente, poem em causa toda a politica (que também é a dele) de contratação: é ele que tem escolhido todos... Em segundo lugar, foi desleal para quem contratou e "partiu" o balneário. Ou alguém goste de ser enxovalhado publicamente a dizer que não tem valia? Que só 12 é que contam???

Jorge Santos disse...

Caro Rui Almeida

Claro que o Leonardo Jardim não é mentiroso. Diz o que pensa e diz a verdade. O problema, para nós beiramarenses, não é esse. O problema é a inexistência de estratégia comunicacional que defenda a imagem e os interesses do SC Beira-Mar. É claro que a imprensa procura o Leonardo Jardim, pois não tem outros interlocutores na direcção. Mas o treinador não pode, ou melhor, não deve, mostrar em público o descontentamento generalizado ( que só tem 12 ou 13 jogadores e falta de condições para treinar). Essa reivindicação deve fazê-la à direcção. Ao fazê-la em público está a defender-se de eventuais maus resultados e a atirar as responsabilidades para quem dirige o clube.E a imagem pública do SC Beira-Mar fica beliscada. Desacredita as ambições mais optimistas e desilude e desmotiva os sócios e potenciais patrocinadores.
Uma política de comunicação correcta, evitava esse tipo de situações. Verifique o que se passa nos clubes bem organizados no que a isto diz respeito e talvez compreenda o que quero dizer.
No clube há hierarquias a respeitar. E "cada macaco no seu galho".

Rui Almeida disse...

caro JMO,e nao acha que pode ser benefico para o balneario o treinador dizer uma coisa dessas?ele nao disse que so 12 é que contam,disse sim que so 12 e que sao de qualidade inquestionavel,isso pode servir para espicaçar os outro jogadores,grandes treinadores como o mourinho ranieri benitez fazem o mesmo,vamos começar a ouvir e a tentar perceber todos os pontos de vista em vez de começar a olhar apenas para um,e logo negativo..muitas equipas tambem podem vir aqui jogar a aveiro a pensar que vai ser "favas contadas" e depois ficam surpreendidadas.em portugal quer façamos bem quer façamos mal somos sempre mal agradecidos..o luis campos rogerio gonçalves é que eram bons!o trabalho do leonardo jardim era meter o beira a jogar a bola,subir de divisao,e agora manter o beira na 1ª,diga.me,em qual destes ele ja falhou?so quem nao esta minimamente "dentro" do futebol é que nao percebe este tipo de discurso,que me desculpe cara Sr JMO.

Rui Almeida disse...

Caro sr Jorge Santos,compreendo e respeito a sua opiniao,mas parece que o que o mister jardim disse ainda é pior do que o que possa parecer,o Rui costa do benfica passa os dias a dizer que o plantel nao esta fechado,o paulo sergio diz que precisa de mais 4\5 jogadores,o Vilas boas tambem com o mesmo discurso,mas se o leonardo jardim diz que tem 12 jogadores com qualidade de 1ª ja é criticado?lembro.me do paulo bento,excelente treinador,e na comunicaçao era identico ao jardim,quanto a desmotivar socios,nao é o meu sentimento,muito pelo contrario,tenho a certeza que vai ser uma epoca memoravel para o beira,no fim falamos! ;)

Jorge Santos disse...

Caro Rui Almeida

Oxalá tenha razão. Eu só desejo o sucesso de um clube do qual sou sócio há 40 anos: o SC Beira-Mar.
Quanto à estratégia de comunicação, não concordo com ela, mas issso é problema meu.

Um grande abraço

Anónimo disse...

porque é que clubes como o penafiel têm jogadores emprestados pelo AC Milan e nos nem dos 3 grandes temos emprestimos de 1ª liga? eu acho que istu nao sera so falta de dinheiro e experiencia, será um pouco de incompetência e agora aqueles que defenderam o NÃO á SAD ja estarão a esfregar as mãos e a preparar umas notas para irem assaltar a cadeira do poder e sairem como herois....

Anónimo disse...

Qualquer actividade requer o minimo de conhecimento. O futebol é uma modalidade altamente desenvolvida e os actuais directores podem a melhor das boas vontades, mas não percebem nada disto e o treinador é bom sabe o que quer mas não tem o estatuto reconhecido entre os seus pares.
O Beiramar ainda tentou agarrar-se ao treinador do Sporting pelo carinho que deixou no clube mas o Sporting só dispensou jogadores sem experiencia.
A comunicação é a possivel, mas pelo que se conhece do Leonardo Jardim é bem capaz de nos chamar algarvios do norte.

UAN disse...

Blog novamente activo ;)
http://auri-negros.blogspot.com/

Saudações

Anónimo disse...

O local próprio para discutir os problemas do Beira-Mar, questionar a direcção sobre toda a vida do clube é nas Assembleias Gerais. É lamentável que srs como Jorge Santos e Nuno Quintaneiro não estivessem presentes na última Assembleia Geral. Primaram pela ausência que é próprio de um determinado tipo de gente. Estes senhores pensam que enganam quem? O sr. Nuno Quintaneiro foi responsável pela elaboração de um protocolo com a CMA que é altamente prejudicial para o Beira-Mar, mas escreve, escreve e só diz inverdades. O sr Nuno Quintaneiro explicou bem aos sócios o que transitava para a SAD? Há aqui muita desonestidade mental.Quanto ao sr Jorge Santos, quando a coisa estava a ficar preta fugiu a sete pés. Que autoridade têm esta gente que são autênticas gaivotas que andam atrás da traineira à espera que caia um peixe?

Jorge Santos disse...

Anónimo das 23.01:
Tenho pena que não se identifique e que se refugie no anonimato para dizer autênticos disparates. E mentiras!Cobardia é isso mesmo, não dar a cara num comentário. Tenha juízo e pense antes de comentar. E não critique as pessoas sem as conhecer e saber o que fizeram pelo SC Beira-Mar. Ou então, identifique-se e, desse modo, estaremos em pé de igualdade para comentar o que quer que seja. Seja HOMEM, ou MULHER! Assuma-se.
Desonesto metal é você!
Não é um cabordaloas qualquer que me dá lições ( nem ao Nuno Q. Martins). Vejo que o clube, agora, tem controleiros! Estão a ver quem entra e sai das AG's. Como não ando escondido nem anónimo, não fui à AG nem votei nesta lista.Nem irei às p´roximas AG's. Tal como expliquei num comentário.Sem medo de assumir posições.Contrariamente a si!
Pertenço a este tipo de gente que, se calhar, colocou dinheiro no clube para lhe pagar o ordenado.Pertenço a um tipo de gente à qual você nem aos calcanhares consegue chegar!
E como sócio de pleno direito, comentarei os assuntos do meu clube onde quiser e como quiser.
E você, vá-se tratar!
( e como vê, não censurei o seu estúpido comentário)

Rui Manuel disse...

Ainda bem que existe alguem com opinião. As assembleias gerais deste tempo estão completamente manipuladas, estão de tal forma manipuladas que até os colaboradores pagos se prestam ao serviço, qunado se discutiu a sad fiquei surprrendido quando "alguem", hoje sabe-se, a mando da então comissão administrativa propoem o voto secreto e aparecem logo os boletins. Isto foi tudo manipulado.
Assembleias destas fazem lembrar outros tempos.
Ir lá para quê? Dar votos de louvor sucessivos a quem ainda nada fez pelo beira mar?
Aqui ainda se ouvem opiniões livres.
Continuem rapazes, a critica nunca fez mal, aliás só ajudam a melhorar quem governa.
Parabens a todos os intervenientes e não se acobardem.

Jorge Santos disse...

Rui Manuel:

Ainda bem que houve mais gente que se apercebeu da manipulação da referida AG.
Abraço

Nuno Q. Martins disse...

Jorge,

Peço-te desculpa por voltar a intervir neste post, prometendo terminar por aqui as minhas intervenções no mesmo, pois o que me motivou a escrever estas linhas foram as considerações despropositadas do anónimo das 23:01 que, em relação à concreta matéria do post, nada disse. É mais fácil tentar fazer juízos de carácter e questionar competências no abstracto, do que discutir os assuntos na especificidade. É sintomático.

Em jeito de comentário, quero agradecer ao anónimo por ter notado a minha ausência na última Assembleia Geral e pela preocupação que evidenciou. Ao contrário da posição assumida pelo Jorge Santos, eu tenciono continuar a marcar presença nas AGs do meu clube sempre que me seja possível (secalhar, para mal dos seus pecados...), pelo que, considero descabido que faça juízos de valor em relação a uma ausência quando, nos últimos doze/treze anos, marquei presença, seguramente, em mais de 90% das Assembleias. Só a alguns membros do Conselho Geral do clube reconheço idêntica "autoridade" sobre esta matéria. Quanto a este aspecto, estamos conversados.

Relativamente à "desonestidade intelectual"...

É interessante que o anónimo profira tal comentário quando, na AG que chumbou a proposta de SAD, se há alguém que tentou responder a todas as questões que foram colocadas, fui eu. E se não me foi possível esclarecer melhor, tal se ficou a dever ao elevado sentido democrático de alguns dos opositores à SAD que logo se insurgiram por eu querer responder a todas as questões.
Mais interessante, ainda, quando se houve alguém que foi inclusivamente alvo de ataques pessoais na referida Assembleia, nomeadamente, quanto às minhas qualificações e afins (como se isso fosse relevante para a questão?!), como se a constituição da SAD fosse algo para meu interesse ou da minha dependência, fui eu. Enfim, do mais ridículo e primário que tenho visto nas AGs do Beira-Mar.
Se o anónimo queria saber algo que não soube, bastava ter enviado um e-mail (o endereço estava na proposta), ou estivesse na sessão de esclarecimento no pavilhão, ou, por último, tivesse questionado na própria AG. Se não o fez, julgo que foi porque não quis.

Por último, dizer apenas que muito me honraria ter sido o "responsável pela elaboração de um protocolo com a CMA", fosse ele qual fosse... Mas, como deve compreender, tratando-se de duas entidades (CMA e SCBM) com órgãos democraticamente eleitos, com quadros e recursos próprios, a concepção e realização dum protocolo tão importante jamais seria confiada a uma pessoa só, ainda para mais, um simples sócio que, durante quinze meses, colaborou graciosamente com a Comissão Administrativa em funções. Relembro que o Protocolo foi assinado pelos órgãos executivos do SCBM e CMA, depois de aprovados em Assembleia Municipal e Assembleia Geral (no caso da AG do Beira-Mar, foi aprovado por unanimidade!!!).

O comentário da traineira e do peixe é muito infeliz. Não posso deixar de defender o Jorge Santos pois toda a colaboração que sempre prestou ao clube lhe foi solicitada e sem que o próprio esperasse receber o que quer que fosse, antes pelo contrário! Deu muito de si (tempo e dinheiro) ao clube e não merece que alguém, anonimamente, insinue o que quer que seja a esse propósito.

E, a propósito, tenha o anónimo acusador/insinuador a bondade de se identificar para que eu também possa avaliar da sua abnegação ao clube. Se é pessoa de ir às Assembleias, certamente que eu o conheço e também poderei aqui, a esse propósito, dedicar-lhe umas palavras (se lhe convir, claro!).



Um abraço e muita paciência para ti, Jorge. Olha, como dizem os sacramentos: Perdoai-lhes...

Anónimo disse...

Pois é...
Quando alguém vem opinar de consciencia livre, dá nisto.
Aquele clube é agora um feudo marxista, onde existe o medo de falar, comentar, onde se arregimenta quando necessario recorrendo aos próprios empregados e dentro destes existem os do regime e os outros.
Carlos Rodrigues

Anónimo disse...

Esta da traineira encaixa perfeitamente no estilo do seu autor. É que as traineiras criam vermes que mesmo depois de pensarmos irradicados rastejam, rastejam, enganam, passam por cima, por baixo, de esguelha e lá vão indo, até servem para serem usados como trogloditas.
Enfim, vamos trabalhando por este clube.
SOS interno

Anónimo disse...

Caríssimos,

1.º política de comunicação: basta ver o que o Paulo Bento andou a fazer durante 4 anos no Sporting. Com tanto profissional da comunicação naquele clube era apenas ele que dava a cara!!Conseguiu resultados? Parece que sim, pelo menos terminou o campeonato à frente do rival...

2.º contratações: quem quer ter jogadores (contratados ou emprestados) tem de ter dinheiro.
Nem os empresários e nem os outros clubes são a Santa Casa da Misericórdia?? Não se esqueçam que os clubes grandes só vão libertar os jogadores para empréstimo depois de resolverem as transferências que ainda têm pendentes...ou seja só no final do mês de Agosto é que podem emprestar mais alguém!

E mais importante de tudo: O jogo a sério começa no dia 15 de Agosto!!

Força Beira

Hugo

Anónimo disse...

Hugo,

A comparação é perfeita mas a conclusão é errada, o Paulo Bento desgastou-se e não ganhou nada já que os objectivos do sporting são titulos.
Quanto ao dinheiro, bem, receberam adiantados dois milhões da sportv e publicidade, não pagaram aos credores. Boas épocas se fizeram com muito menos.
Mario Costa

Anónimo disse...

Não tenho o hábito de andar por estas bandas, mas longe de Aveiro e sequioso de saber novas do meu Clube, resolvi espreitar este blogue que sei que é escrito por bons Beiramarenses e de facções diferentes, mas todos eles amam o Clube, portanto estão unidos pelo amor ao SCBM.
Jorge Santos eu já não concordava na totalidade com este post, mas hoje ao ler A Bola fiquei esclarecido, o presidente vem dizer tudo, o Leonardo é o responsável único pela constituição do plantel, mas nem depois de deixar um vasto relatório com o que queria, viu um simples jogador contratado depois de partir de férias. A inabilidade da direcção e a falta de credibilidade em todos agentes desportivos,(clubes, empresários e jogadores) ditou as regras, os jogadores que dantes preferiam o nosso Clube a ganhar menos a outros da sua dimensão, recusaram depois de falar com os nossos dirigentes, os empresários no primeiro contacto que tinham pediam um monte de massa pelos vencimentos dos seus agenciados e saíam de cena com uns sorrisos matreiros pelo ridiculo das conversações. Finalmente os Clubes,os dirigentes bateram a muitas portas, mas como coitadinhos que são, levaram negas constantes e os que vieram ainda se deve ao Leonardo pelas relações excelentes que tem com Costinha e com o Presidente do Maritimo.
O Leonardo Jardim fez muito bem o seu papel, pediu relvados tratados e operacionais para o inicio da época, deixou uma lista de jogadores com duas ou três opções para cada lugar que pretendia e chegou de férias e encontrou tudo como estava, já com jogadores solicitados em clubes que não pagam fortunas e com menos nome de que o Beira. Ficou furioso, mas foi muito paciente, agora tem que ser ele a mover-se e a fazer o papel dos dirigentes, mas temos que ver que o homem não tem conhecimentos que cheguem para arranjar jogadores para a primeira Liga.
CLARAMENTE, temos um grande treinador, mas não temos dirigentes, meteram-se numa aventura, pois pensavam que tudo era fácil, hostilizaram quem lhes deu visibilidade e os fêz brilharem e agora estão de mãos atadas. A vaidade e a arrogância deles vão matar o Clube. Este presidente é pior que A.Filipe.
Jorge e Nuno, estas aves raras que vem aqui tentar denegrir o vosso nome são uns cobardes e nunca fizeram nada pelo Clube, vocês são de outra galáxia, perdoai-lhes a maldade ou a ignorancia.
O nosso Clube nasceu com HOMENS da beira mar e só espero que não morra com espécie de homens da beira mar. A primeira machadada foi dada pelo artur filipe, nado e criado nesta zona, agora são estes que salvo rara excepção são todos do berço do nosso Clube.
O destino é tantas vezes traiçoeiro.

Reformado.

Anónimo disse...

Jorge e Nuno, um abraço solidário, estas aves de rapina que vem aqui tentar denegrir o vosso nome, são uns cobardes que nunca fizeram nada pelo nosso Clube, vocês são de outa galáxia.
A BOLA de hoje traz declarações do presidente, são de grito e apito.
O post do Jorge deixa de ter sentido, ou melhor, esclarece tudo.
Em relação ao Leonardo Jardim, só tenho a dizer que é um grande treinador, foi uma excelente aposta da vossa CA. ("quem não se sente, não é filho de boa gente")

REFORMADO.

Anónimo disse...

Leonardo Jardim pediu a DEMISSÃO!

Jorge Santos disse...

O comentário das 19.44, vale o que vale. Se este fosse um orgão de informação, procuraria confirmar. Não é o caso. Só censuro comentários que sejam injuriosos. Não é o caso, por isso aqui fica.

Não quero que fique a ideia de que não gosto do treinador Leonardo Jardim! É um excelente treinador, um bom activo do SCBM e, estou certo, com razoáveis condições de trabalho fará uma época positiva. Leonardo não fica nada atrás dos jovens treinadores, Vilas Boas e Paulo Sérgio que já chegaram aos "grandes".
Com um apoio directivo forte, triunfará. É competente, sério e trabalhador. Teimoso qb ( no bom sentido), sabe o que quer.
Lamentavelmente, não tem esse apoio. E, sozinho, sentirá imensas dificuldades.
O futebol de primeiro nível, na actualidade, precisa de directores que conheçam o meio e as pessoas certas. É diferente gerir um clube, independentemente da sua dimensão e o futebol profissional. Este exige muito mais do que carolice e voluntariedade. Estes valores, na "bola" profissional, hoje, já pouco valem.
Ao Leonardo Jardim desejo uma época muito boa no nosso SCBM e que consiga, num futuro breve, chegar a um grande clube. Tem valor para isso e, pelo trabalho desenvolvido, bem merece.

Anónimo disse...

Meteram um formula 1, mesmo que pouco potente, nas mãos de quem sabe guiar um clio...dá acidentes dia sim, dia tambem.
Madureira

Gomes disse...

Se a direcção, fizesse aquilo que vocês queriam, duvido que haja Beira Mar, para o ano, vocês dizem que eles não tem capacidade, eu digo que eles não tem dinheiro, e não vão hipotecar o futuro do clube, Com tantas boas ideias que estão a vender aqui, porque é que não apresentaram, uma lista?

Jorge Santos disse...

Ó Gomes, você deve andar distraído!
Nós!!!! Quem somos nós, ó Gomes?
Quem ler até parece que anda por aqui um movimento conspirativo. Não é nada disso, homem! Eu apenas escrevi um texto a expressar a MINHA opinião. Eu!!! Está a perceber? Não há por aqui nenhum grupo. Você tem a sua opinião, acha que o SCBM está no bom caminho, óptimo! É a sua opinião e eu respeito. Mas posso ter uma opinião contrária! Ou não admite isso?
Se não houver SCBM para o ano ( espero que haja por muitos e muitos até à eternidade), não é com certeza, por culpa do meu comentário! Ou dos meus comentários.
Perceba que a forma como correu a "famosa" AG, afastou quaisquer outras listas. No meu caso concreto, apoiava a SAD. E continuo a achar que era a melhor solução. Seguramente que, em SAD, o clube teria já maior estabilidade ( falo do futebol profissional) e o Leonardo Jardim tinha o apoio e colaboração que lhe está a faltar.
Também lhe posso dizer, caro Gomes, que se eu apresentasse uma lista a sufrágio, antes apresentava um projecto.E não era tão difícil como isso a quem pensa o clube há vários anos!
Agora o Gomes é que me podia dizer que raio de coisas é que eu queria que a direcção fizesse, que de tão grave, inviabilizaria o futuro do clube.

Anónimo disse...

O problema é esse mesmo. Qualquer gestão tem que ter um plano e esta não tem. Nada.
E isso é que está a desagradar ao treinador, não sabe com o que pode contar.
Até podiamos fazer uma equipa com jogadores da 2ªB, mas isso se fosse assumido todos compreenderiamos.
O que é que podemos esperar quando o presidente se apresentou a candiadato disse que ia pagar um milhão ao sr. Cachide, faz depois um orçamento e pagamento de dividas nada.
Qual vai ser a reação dos credores?
Fernando Freitas

Anónimo disse...

pelo que li pelo que ouvi não sei se o leonardo chega ao fim do mes de setembro. com atletas com contrato e a dispensar desta maneira como o jaime o renato o jonathan que já recindio e outros vai-se ao mercado brasileiro buscar atletas á experiência mas com boas referencias que chegam aos treinos e nem correr sabem.continuem assim devem ir longe.

UM ABRAÇO E ATE SEMPRE.

PN disse...

O Mister Leonardo Jardim disse que apesar das indefinições vai-se manter em Aveiro porque não quer deixar a equipa “à deriva”. Acho que é uma atitude razoável do treinador que já provou ter qualidade. Estão mais dois jogadores à experiência na equipa, um brasileiro (avançado) e um cabo verdiano (médio ofensivo). Vamos ver.

Anónimo disse...

Realmente o Jardim tem que fazer de tudo, treinador, director, organizador etc.
Clube à deriva...chamem a protecção civil

Anónimo disse...

Os trabalhadores das piscinas só têm a dizer bem desta direcção.A antiga comissão administrativa vendeu as piscinas,ficaram com o dinheiro e não pagaram as indemnizações por despedimento a que tinhamos direito.FOI GRAÇAS A ESTA DIRECÇÃO QUE JÁ RECEBEMOS 75.000 EUROs faltando apenas pagar 40.000 que vamos receber em Agosto e Setembro.
Obrigada gente boa e trabalhadora.
O nosso desprezo vai para toda a anterior comissão administrativa na qual os senhores Jorge Santos e Quintaneiro pertenciam.Tenham vergonha...

PN disse...

Alguns jogadores que podiamos tentar: Luis Filipe, Roderick Jorge Ribeiro, Mantorras, Diogo Salomão, Zé Manel (Ex-Leixões), Cesinha (ex-Gil-Vicente), Paulão (Braga), Pizzi (Braga), etc.

Jorge Santos disse...

Caro anónimo das 23.33

Identifique-se e eu respondo-lhe.

Anónimo disse...

E os meus comentários continuam por publicar...he he he isto quer dizer que vocês não têm nem um terço dos meus tomates...e eu a julgar que só o Quintaneiro é que tinha a mania, afinal há tb um Jorge Santos, deves ser esperto deves...impoem uma imagem no blogue anulando os comentários verdadeiros por isso é que o resultado da SAD foi o que foi...vocês já não enganam nem mesmo os iliteratos seus palermas...escreveu o cobardolas do anónimo he he he

Anónimo disse...

Eh pá cheguei agora mesmo...depois de ler tudo isto acho que o Sr Jorge Santos anda muito nervoso, anda, anda...elogiam-se uns aos outros...são os actuais "orgulhosamente sós"...vocês são os verdadeiros anti beiramarenses camuflados de gente boa que só quer o bem do clube...É MENTIRA!vocês querem ser os incendiadores para poderem serem ser os bombeiros no timing certo...vocês são os verdadeiros culpados se esta direcção falhar...somos muitos a pensar assim,,, garanto-vos a maioria...sou o anónimo mais novo.

Anónimo disse...

Ao Sr. das 23.33:
Quem ficou com a maior parte do bolo foi precisamente esta direcção, se não vos pagou foi porque não quiz.
Pergunte-lhes se foi ou não verdade.
Mais, desse dinheiro parte deram-no á camara.
Se outro interesse não teve, teve pelo menos a vantagem de parar com uma actividade sorvedora de cerca de 40 mil euros por mês e o sr. fazia parte dos que viviam á sombra deste despesismo, isto é, á sombra do Beira Mar.
Vai trabalhar.
O mal do clube é que viveu e ainda vive muita gente por baixo do seu chapéu.

Trabalhador N I, mas trabalhador.

Anónimo disse...

Ó Jorge Santos já nos identificamos,fomos trabalhadores das piscinas.Foste um dos responsáveis pela situação.Retratesse,tenha vergonha.

Anónimo disse...

Certo que e certo e que 1 semana do inicio da epoca e andam a procura de uma equipa

João Branco disse...

Já diz o ditado que não se pode fazer omeletes sem ovos. Neste Beira-Mar há que se resignar aquilo que se tem e fazer o melhor trabalho possível com as condições existentes.

Leonardo sabe-o bem e estou crente que com a massa que tem, será capaz de fazer um bom trabalho esta época. Isso das loucuras no futebol é de outros tempos. Agora, os clubes sabem que um passo em falso pode originar o encerramento de portas. O Beira-Mar não escapa à regra.

Francisco disse...

Sr Jorge Santos:
Ainda não percebeu que o anónimo das 23.33 é um ex trabalhador do Beira-Mar que foi despedido? O que ele diz é mentira?
Porque não lhe responde?
Pois é lé lé. A verdade é dura como o caraças e quem tem telhados de vidro...

Anónimo disse...

A Direcção do BM pode ir ao FCPorto solicitar o emprestimo de um jodador formado no Beira.
Penso que o Ricardo Dias ainda não tem clube, médio defensivo capitão dos juniores no ano passado com muitas internacionalizações em todos os escalões.. Seria uma granda aposta dum jovem da terra.

Francisco disse...

Aos administradores do Blog:
Porque não publicaram o meu comentário acerca das afirmações de um dos trabalhadores das antigas piscinas do Beira-Mar?
Afinal há censura para o que não devia. Metam o blog no olho do cu.

Anónimo disse...

O BM não vai longe! Estes corpos sociais não serão por certo os mais brilhantes, mas desde que começaram tudo o que fizeram ou propuseram foi criticado. Porquê? Porque sim e também porque não! O principal problema do Beira Mar é ter uma massa associativa de pequena dimensão, resultado de que a grande maioria dos habitantes de Aveiro não são de cá e profundamente dividida, pois temos os Cachides, temos os Manos e finalmente temos os que por diferentes razões estão com a actual direcção (e que na sua grande maioria estarão com qualquer direcção).
Sem uma massa associativa unida e coesa em torno do Beira Mar, não teremos as melhores soluções para dirigir o Clube e gastaremos as energias a agitar as vaidades pessoais e as defesas de interesses particulares.
Pobre Beira Mar! Tanto mal te fizeram de 2003 para cá... e os que lá estão agora são os menos culpados.
Cumprimentos,
Manuel Rocha

Rui Almeida disse...

e um post sobre o jogo da académica ou sobre o jogo com o anadia?,o beira mar nao é so desgraça ;) e nao podemos falar so de polémicas,o beira é mais que isso..ou sera que nao?

Jorge Santos disse...

Caro Francisco
Não censurei qualquer comentário.
E sabe, amigo, não tenho telhados de vidro nem escondo no anonimato as minhas opiniões.
Fui convidado para ajudar o SCBM numa fase "negra" e fi-lo com toda a determinação. SE mais não fiz foi porque não podia ou não sabia.Saí de consciência tranquila.
Quanto às piscinas, o assunto já foi amplmente explicado por quem tinha de o fazer. E não eu! Foi em blogs, AG's e jornais. Não há mais nada que eu possa dizer para esclarecer o que já foi esclarecido.

Ao anónimo que me chama "anti-beiramarense", não me conhece, não sabe o que fiz para ajudar o SCBM. SE estivesse identificado, podiamos trocar umas impressões sobre isso. Como está cobardemente escondido, só pergunto onde estava você quando o SCBM não conseguia arranjar uma CA? Chegou-se à frente? Não fez nada e agora critica o meu beiramarismo! Vá dar banho ao cão!!

Anónimo disse...

O senhor Jorge Santos deixou cair a mascara!Vá dar banho ao seu "lulu."!!!
Viva o Beira,abaixo os detractores.

Nuno Q. Martins disse...

Jorge,

Peço, mais uma vez, desculpa por voltar a intervir neste post. Uma semana depois de ter visitado o BN pela última vez, fui surpreendido por um comentário anónimo - o das 23:33 - que se faz passar por um ex-trabalhador das piscinas.

Como é fácil de ver, trata-se de, como diz o povo, um "gato escondido com o rabo de fora". Por vários motivos, é fácil para mim perceber que o dito comentário não partiu de um ex-trabalhador das piscinas, pelo que, as intenções do mesmo são também elas fáceis de avaliar, i. e., tentar descredibilizar as pessoas que, de alguma forma, têm manifestado uma opinião livre e necessariamente crítica em relação à direcção do clube.

O assunto das piscinas já foi esclarecido em várias sedes e por pessoas ligadas às entidades envolvidas. Sobre esse tema (que nem sequer é o tema deste post!), penso que não ficou nada por dizer ou esclarecer.
No entanto, realço o facto de algumas pessoas, inclusivamente alguns sócios do clube, terem afirmado publicamente, na altura, que se tratava dum "caso de polícia". Mais, que o negócio estava ferido de "ilegalidades" e seria "anulado"...
Mais de um ano depois, será que ainda têm o dislate de vir com aquele argumentário torpe para cima de pessoas de bem?
Enfim, haja decoro e respeito. É o mínimo.

Ainda em relação à questão dos pagamentos aos ex-trabalhadores das piscinas, é do conhecimento público que a letra de 700 mil euros respeitante à última parcela do pagamento do terreno foi arrestada pelos ex-dirigentes e, por esse motivo, a anterior CA e o Dr. Artur Moreira (durante as semanas em que teve a seu cargo a gestão do clube) não puderam descontar essa letra e, desse modo, pagar as indemnizações aos ex-trabalhadores das piscinas, bem como, os salários dos funcionários e do plantel de futebol profissional. Ou será que o anónimo já se esqueceu que a asfixia da tesouraria do clube durou vários meses?
Só posteriormente à eleição da CA liderada por António Rgeala foi possível resolver a questão da letra e liquidar os pagamentos a toda a gente. Sobre esse processo de desconto, a actual direcção, se quiser, que esclareça os sócios... Por uma questão de respeito (algo que, infelizmente, vai escasseando nalgumas personalidades mesquinhas que pululam no universo Beiramarense) por todas as pessoas que dão o melhor de si em prol do clube, eu não me pronunciarei publicamente sobre essa matéria.

Por último, quero deixar uma palavra sobre o comentário do Manuel Rocha. É que, efectivamente, um dos problemas do Beira-Mar são as vaidades pessoais e os pequenos jogos de poder e protagonismo que algumas pessoas cultivam no seio do clube. E isto acontece, incontornavelmente, porque em vez de se discutirem ideias, projectos e assuntos do clube, as pessoas preferem fazer juízos de carácter e atacar as pessoas, como o provam, aliás, alguns dos comentários anónimos deixados neste post que, relativamente ao assunto do mesmo, nada acrescentaram, tendo preferido atacar o autor e, por arrsto, quem com ele ousou concordar.

Basta pensarmos a quem aproveitam estes ditos comentários anónimos e é fácil perceber de onde vêm. Como diz o povo "Diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és".

Um abraço, Jorge.

Anónimo disse...

Sinceramente não entendo como é que ainda há quem defenda este treinador quando já deu provas que é um ditador, insulta os Aveirenses,para o plantel é insensível os jogadores não gostam dele, pior do adjunto, são os dois madeirenses e seguem a filosofia do presidente deles, quanto ao futebol, se nos lembrarmos do inicio do campeonato era uma vergonha, depois mesmo a ter um futebol feio fomos ganhando e foi a sorte dele,veio para a televisão falar já parecia que tinha ganho a champions, não sendo um bom condutor de homens não pode ser um bom treinador e quem o acompanha não o ajuda nada nesse aspecto.Pode ser que a velha camisa e calças que o acompanha em todos os jogos o continue a ajudar a ganhar jogos, que pela competência duvido é a minha opinião.

Gomes disse...

Isto entristece-me muito, ver aqui tanta divisão, mas se calhar é por isto mesmo que o nosso clube é pequeno, e não vai a lado nenhum.. Quando vou ver o beira a jogar, vou apoiar os jogadores, quero lá saber quem é que está a gerir o clube, desde que o faça com HONESTIDADE, mas como não sei escrever tao bem como voçes, não mando bitaites-

Jorge Santos disse...

Ao anónimo das 23.56:

Você é que anda de máscara, caso contrário, assumia as suas opiniões, identificava-se e discutia de forma elevada. E eu teria muito gosto em discutir consigo, dessa foma, o nosso clube, independentemente de termos entendimentos contrários.
Não uso máscaras, amigo, nem no carnaval. E, de facto, o "lulu" não é a minha raça preferida de cães!

Jorge Santos disse...

Caro Gomes

Onde é que viu divisão? Temos todos de ter as mesmas opiniões? Tenho sentido crítico, nada mais. Mas quando o clube me pede ajuda, estou na primeira linha para ajudar. Sem vaidades ou protagonismos que são coisas que não fazem parte do meu dicionário comportamental!