Arquivos

sábado, 18 de dezembro de 2010

Beira-Mar 3-2 Guimaraes


O Beira-Mar recebia um Vitória de Guimarães, super moralizado pela excelente posição ocupada na tabela classificativa, tentando inverter o ciclo de três jogos sem vencer.

Numa primeira parte onde o grande destaque foi para a inclusão de Ruben Lima no onze, o Beira-Mar apesar de possivelmente apresentar menos posse de bola, dominou, e teve as melhores oportunidades. Manuel Machado alterou o seu onze bem como o seu esquema táctico lançando três jogadores de forte compleição fisica na frente de ataque (Douglas, Edgar e Toscano), provavelmente na tentativa de resolver o assunto na primeira parte. Na primeira parte registo para um estrondoso remate de Djamal à barra da baliza de Nilson e o momento do golo. Livre a castigar falta de Alex sobre Ruben Lima que Renan bateu para Tatu desviar de a preceito para a baliza dos homens de Guimarães (ao contrário do que disse Manuel Machado o desvio foi mais que intencional)! Da primeira parte pouco se tem mais que contar apesar de um jogo corrido e sem muitas faltas.

No segundo tempo o Guimarães entrou a tentar diminuir o prejuizo e Edson de primeira obrigou Rui Rego a boa estirada. Aos 68 minutos e após longo periodo sem oportunidades de golo Edgar em plena grande área cabeceia para a zona de William que em claro fora-de-jogo consegue tirar a bola de Hugo, rematar para boa defesa de Rui Rego mas na recarga Edgar perante a baliza deserta atirou a contar. Estava feito o empate numa situação irregular que passou em claro a Manuel Machado na hora de se atirar à arbitragem na flash interview! Praticamente na jogada seguinte o Guimarães consegue consumar a reviravolta fruto do recém entrado Bruno Pereirinha que aproveita uma perda de bola de Kanu, o mesmo que remata pouco depois para enorme defesa de Rui Rego. Depois veio a expulsão mais que justificada de Edson por acumulação de amarelos. O técnico Leonardo Jardim lançou Wilson Eduardo primeiro, Alex Maranhão e Wang Gang mais tarde e a escolha revelou-se acertada. Aos 83 minutos Leandro Tatu, ganha as costas a João Alves e já dentro da grande área serve na perfeição Wilson Eduardo para o 2-2. Renovava-se a esperança em Aveiro num resultado positivo e as bancadas bem como os jogadores galvanizaram-se! Quatro minutos mais tarde nova cambalhota no marcador, magistral o passe de Wang Gang a isolar Wilson Eduardo, que contornou Nilson para fazer o 3-2 final. Registo ainda para a expulsão de João Alves. Magnifica a atitude, o empenho, a determinação e o crer de toda a equipa!

Reviravolta a lembrar os velhos encontros com a equipa do Vitória, recordo-me mesmo de um que julgo que terá ficado igualmente 3-2, em que Fernando Aguiar era aniversariante e marcou um golaço que carimbou a vitória!

5 comments:

Anónimo disse...

Lindo!


Impróprio para cardíacos =)

João Pinho

Soares de Castro disse...

Este Manuel Machado é o mesmo cromo que um dia treinava o Moreirense que venceu um jogo no último minuto com um golo em escandaloso fora de jogo e nas entrevistas disse que o que interessava era ganhar, o resto não contava...Ontem também parece que só ele achou que a perigosísima entrada ao joelho do adversário não merecia cartão amarelo que era o segundo e que uma dupla pisadela num jogador caído (com a bola no outro lado) não merecia a expulsão...Ele e o gajo da Sportv que também achou que talvez tenha sido sem querer... tal como sobre o fora de jogo do William no 1º golo nem uma palavra...apetecia-me mandá-los todos para um sítio que eu cá sei...

JC disse...

Lembro-me desse jogo no velho Mario Duarte, um potente remate do fernando do meio campo ! Velhos tempos..

Anónimo disse...

Parabens, e boas festas.

Vitor Peixoto.

José Ribeiro disse...

Obrigado para si também e para todos os visitantes do blog!

Um abraço