Arquivos

domingo, 30 de janeiro de 2011

Beira-Mar 1-2 Nacional

Erros defensivos deitam a perder uma primeira parte de grande qualidade, com muitos momentos a roçar a genialidade!

O Beira-Mar entrou em campo praticamente com o onze habitual, salvo as saidas de Kanu e João Luiz. Yohan Tavares assumiu a titularidade e colocou a nu a necessidade de encontrar alguém a altura. O Beira-Mar entrou muito bem na partida e praticou um futebol extremamente agradável de se ver, colocando as bancadas despidas num ambiente de alegria e descompressão. No entanto os contra-ataques do Nacional mostravam a falta de rotina entre o novo jogador do sector defensivo e os restantes. Paes ofereceu o rosto à bola numa boa mancha e evitou o primeiro mas foi incapaz de fazer o mesmo perante Skolnik! O Nacional chegava à vantagem sem muito fazer por isso. O Beira-Mar continuou a procurar a baliza de Bracalli e conseguiu o empate em cima do intervalo quando Ronny de pé esquerdo atirou a contar. Poderíamos ter saído a ganhar para o intervalo perante as oportunidades criadas!

Na segunda parte manteve-se a toada, sempre com alguma dificuldade ao nivel da eficácia. Nota para o regresso de Élio em sintonia com o golo do Nacional, quando mais uma vez nada o fazia prever. Canto da direita do ataque forasteiro e Luis Alberto no coração da área, a cabecear para o 1-2 final. Wang Gang e Alex Maranhão foram igualmente lançados a jogo mas sem resultados práticos.

O Beira-Mar já perto do fim levava quase 10 homens à área forasteira na marcação de livres, o que diz bem do carácter dos atletas e do seu treinador num "jogo treino"!

4 comments:

Rui Almeida disse...

jose ribeiro,beira-mar 1 - nacional 2 :)

José Ribeiro disse...

Obrigado Rui!

Abraço

André Raio disse...

Jogo completamente dominado pelo Beira-Mar. O Nacional teve a sorte do seu lado.
Humilhante (mais uma vez) o número de adeptos presentes no estádio.

PN disse...

Amanhã irei para Salamanca e só regresso sábado.
Infelizmente não vou poder fazer o que habitualmente faço em jogos com os Coimbrinhas: afixar papéis pelas ruas a anunciar o jogo.
Opa, quem tiver oportunidade que imprima o folheto (nem que seja a preto e branco) e tire algumas fotocópias. Se cada um afixar meia-dúzia já era bastante bom, de modo a alertar Aveiro e a mobilizar o máximo de pessoal.
Por outro lado, quem é que alinha em fazer papeizinhos ("confetes") para colorir a nossa bancada aquando a entrada das equipas?
Vamos lá mostrar aos gajos quem manda :)
AVEIRO E BEIRA MAR SEMPRE !!!