Arquivos

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Beira-Mar perde em casa!


Num jogo que podia selar, embora não matematicamente, a manutenção, o Beira-Mar recebia um Portimonense que não vencia desde a altura em que havia conseguido vencer, o nosso mesmo, Beira-Mar, ainda na primeira volta do campeonato!

Face às ausências de André Marques, Élio e Ronny, Renan, João Luiz e Wilson Eduardo assumiram a titularidade. O Portimonense entrou mais esclarecido e poderia ter-se adiantado no marcador, por duas vezes, nos primeiros 10 minutos. Primeiro Lito lançado em velocidade (quem diria que tem 36 anos?) atirou de pé esquerdo perto da baliza de Rui Rego. Em lance idêntico, Lito é travado por Pedro Moreira à entrada da área e do livre resultante, Ricardo Pessoa atira à barra da baliza de Rego. A partir daqui só deu Beira-Mar e Tatu após lance soberbo atira ao poste da baliza de Ventura, minutos mais tarde Wilson Eduardo de cabeça faz Ventura brilhar! Até ao intervalo apenas e só Beira-Mar, com o problema do costume, não conseguir materializar o caudal ofensivo em golos!

No segundo tempo o Portimonense desceu e muito o bloco, à espera que Ivanildo, Lito ou Candeias conseguissem aproveitar os espaços em acções de contra-ataque. O Beira-Mar tinha muito mais "bola" mas não conseguia criar espaços para finalizar, o Portimonense ia aproveitando para tentar criar perigo em contra-ataque, sem grande sucesso até que Cosme Machado descortinou uma suposta falta de Rui Rego sobre Lito, apontando para a marca de grande penalidade. Ricardo Pessoa abriu o placar! O Beira-Mar voltou a acercar-se da baliza de Ventura e podia ter feito o golo em alguma das várias oportunidades criadas, atingindo mesmo o ridiculo causado pelo remate de Wang Gang praticamente em cima da linha de golo, para as mãos do guarda-redes forasteiro.

O 0-1 final castiga mais uma vez o Beira-Mar que cria oportunidades diversas mas não as consegue finalizar!

10 comments:

João Mota disse...

já começa a meter nojo.

Anónimo disse...

Fim de semana confuso: jogadores, treinadores e diretores.

Jaime Queiroz disse...

Como eu já tinha dito anteriormente, a gestão desta Direcção é incompetente para um clube profissional.

E não é por serem os únicos que se dignaram aparecer às eleições que passam a ser competentes.

Quando são confrontados com tomadas de decisão mais difíceis vê-se que não têm capacidade para estas andanças.

Os melhores jogadores são vendidos
ao desbarato, os que restam com alguma qualidade não renovaram, o treinador não renovou nem vai renovar.

Hoje viu-se o cúmulo da má gestão desportiva quando entrou o Ricardo Rocha para ponta-de-lança apenas por falta de outra alternativa.

O Dudu que era a alternativa ao Rui Varela e pelos vistos também ao Ronny, passado 1 mês ainda não pode jogar, o que demonstra que estes dirigentes nem se informaram sobre a situação legal do jogador antes de o contratatar.

PS: José Ribeiro, mais uma excelente crónica. Por vezes não é preciso escrever muito para relatar correctamente o que se passou.

José Ribeiro disse...

Jaime, o meu obrigado!

Realmente começa a ser altura de renovar com os jogadores que terminam contrato e interessam para a próxima temporada, caso contrário vamos ter de procurar muito e bem para não fugir ao orçamento!

Abraço

Anónimo disse...

Renovar com os que o Jardim não quiser levar, claro! Bom texto.

AP

André Raio disse...

Estou perplexo com o falhanço do Wang Gang. Do lado dos UAN, não deu para perceber... Pior que o do Hugo Almeida, frente à Argentina.
Se falhamos aquilo, falhamos tudo.
A jogar com esta motivação/convicção, vamos perder os pontos todos.

Anónimo disse...

Se a Naval ganhar hoje vai ficar muito, muito difícil a manutenção ... até porque temos de lá ir jogar .....

João Branco disse...

Fica aqui o meu desabafo: http://joaorbranco.blog.com/2011/02/28/beira-mar-0-1-portimonense/

Um abraço para todos.

Anónimo disse...

Grande atitude dos jogadores que batalharam até ao fim para virar um resultado totalmente injusto. Por isso foram aplaudidos no final. Grande ingraditão é em meu entender criticar esta direcção. Esta época está a ser melhor que a mais optimista opinião podia prever.Venderam-se jogadores... pois venderam. Seria melhor mantê-los e não ter dinheiro para terminar a época?

Jaime Queiroz disse...

O orçamento apresentado por estes dirigentes (falta o desertor Mário Costa) previa lucro de 300 mil euros com venda de activos de 200 mil euros.

Se venderam o Kanu por 300 mil euros o lucro previsto aumenta para 400 mil euros.

Portanto não havia, não há falta de dinheiro.

Aliás uma das premissas desta lista para se apresentar a eleições era não existirem problemas de tesouraria.

Foram eleitos no dia 19 de Fevereiro. Passaram 9 dias.

Antevejo aliás para esta época um lucro record no final do exercício.

Para além das vendas "espectaculares", já se poupou em salários dos jogadores Kanu, Ronny, Maranhão e Rui Varela.

Os que vieram têm salários baixos ou vieram sem encargos para o Beira-Mar.

A equipa técnica demitiu-se e vai-se poupar em salários até ao fim da época.

Como dizia o Nuno Martins apenas há 3 jornadas atrás, esta equipa podia entrar para a história.

Eu ainda acho que vai entrar, só que não é pelas melhores razões.

E a responsabilidade é da Direcção.