Arquivos

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Hoje à noite...

Na Assembleia Municipal, pelas 20.30 horas, debate-se o negócio de gestão do Estádio. É de lembrar os mais incautos que a Assembleia Municipal recomenda mas não é um órgão que legisle. Por outras palavras, fará recomendações à autarquia.

Aliás, o ponto único: Recomendação à Câmara Municipal de Aveiro dos termos a constar no contrato de gestão do Estádio Municipal de Aveiro, tendo por objectivo a sua cedência ao Sport Clube Beira Mar.

A autarquia pode não fazer nada com as alterações e o sentido de voto de hoje não servirá para nada (isto é, pode ou não pode fazer avançar o acordo), porque o que esteve a travar o negócio foi o chumbo dele na autarquia. Onde o executivo agora é: Élio Maia (independente), Carlos Santos e Pedro Ferreira (PSD), Maria da Luz Nolasco (CDS); Ana Vitória Neves e Miguel Fernandes (independentes no sentido em que foi-lhes retirada a confiança politica das forças que os indicaram (PSD e CDS respectivamente); e os três vereadores eleitos pelo PS: José Costa, João Sousa e José Manuel Martins.

13 comments:

Anónimo disse...

muito bom post JMO... para ilucidar incautos e quejandos... anda muito boa gente "à espera" da AM desta noite...

Anónimo disse...

Então qual é o objectivo?
Retórica?

Anónimo disse...

FOLKLORE

Anónimo disse...

Com esta reunião da AM o executivo tenta salvar a cara e endossar a responsabilidade pelo falhanço do negócio para outras forças políticas. Tudo com a conivência do PCP! pois estão nos comandos do Beira-Mar e querem sair por cima.

Anónimo disse...

Uma obvia derrota do èlio Maia.

Anónimo disse...

Conclusões?

Anónimo disse...

Coclusões !!!
então, são simples
o BM tem de pagar, a CM tem de refazer o plano de saneamento financeiro e o tribunal de contas tem de dar parecer positivo

alguma dúvida ?

Anónimo disse...

De facto os srs deputados tem uma noção especial de gestão-
Então vejamos:
Alguma vez a EMA ou camara se vai livrar de pagar o investimento?
Não.
Alguem pensa que é possivel alienar este activo?
Não.
O Beira Mar disponibilizasse para assumir os custos de exploração, ao que segundo se diz é superior a 50 mil euros por mês e os deputados não aceitam preferem que seja a camara a continuar a pagar.
Para quem tem noções minimas de gestão não tem duvidas.
Continuamos a pagar todos os custos através do erário publico.
Assim é dificil corrigir o país.
É o que temos.
Borges Coutinho

Anónimo disse...

Não são 50000 euros por mês mas 10000 euros. Não vá em conversas.

Anónimo disse...

E os ordenados pagos directamente pela camara?

Anónimo disse...

Não tinham nada que chumbar!!! Isto cá para mim tem alguém na sombra a trabalhar para este desfecho contra a vontade dos aveirenses, contra a vontade dos sícios do beira -mar... mas ou é esta sad ou não é outra. Olhem que mais vale um pássaro na mão que dois a voar

Anónimo disse...

O menino JMO escusava de chamar incautos ao povo...tinha-lhe ficado muito bem dar o esclarecimento sem classificar os outros de incautos porque estes não lhe pediram nada...

Anónimo disse...

Temos que chamar a troika para resolver o assunto.
Somos um povo incapaz, perdão, até somos capazes mas preferimos ficar de fora e depois temos que escolher quem se disponibiliza.