Arquivos

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Venda judicial do pavilhão e da sede

O advogado de Artur Filipe e José Cachide voltou a requerer ao Juízo de Execução de Ovar a venda judicial daquele património
Armindo Sequeira, advogado dos ex-dirigentes do Beira-Mar Artur Filipe e José Cachide, voltou a requerer ao Juízo de Execução de Ovar, há cerca de uma semana, a venda judicial do pavilhão e da sede do clube, apurou o Diário de Aveiro.
Aqueles dois bens foram penhorados pelos antigos dirigentes por conta de uma dívida de 794 mil euros que reclamam ao Beira-Mar. Majid Pishyar, o empresário iraniano que pretende controlar 80 por cento da SAD do Beira-Mar, já pagou 20 por cento daquele montante, mas falhou o prazo para liquidar a verba restante, disse, ontem, Armindo Sequeira ao Diário de Aveiro.
Segundo Armindo Sequeira, o representante de Majid Pishyar em Portugal, Miguel Azevedo Brandão, advogado de Espinho, comunicou que tenciona renegociar o calendário de pagamento, pretensão que deverá ser recusada. Para “salvaguardar os interesses” de Artur Filipe e José Cachide em caso de incumprimento na liquidação da restante dívida, Armindo Sequeira requereu novamente ao Juízo de Execução de Ovar, da Comarca do Baixo Vouga, a venda do pavilhão e da sede do Beira-Mar. (Fonte: Diário de Aveiro)
-
É óbvio: Rui Bento quer mais reforços
Rui Bento já não esconde algum desconforto pela falta de jogadores que aumentem a qualidade do plantel. "Está à vista de toda a gente que precisamos de mais jogadores. Precisamos de estar mais fortes, e espero que isso possa acontecer nos próximos dias", referiu o treinador do Beira-Mar depois de empatar com o Arouca (0-0) no terceiro jogo. Rui Bento identificou quatro alvos prioritários à Direcção do Beira-Mar, que, conforme desejo do técnico, nos próximos dias vai procurar fechar o plantel. Embora já contabilize uma dúzia de reforços, os beira-marenses continuam no mercado por um médio defensivo e três atacantes, um deles ponta-de-lança de créditos firmados. O empréstimo de jogadores provenientes dos grandes continua a ser uma hipótese. (Fonte: O Jogo)

5 comments:

S.Cruz disse...

Estes gajos ainda são sócios do clube!?

Anónimo disse...

Claro que são sócios!!!

Anónimo disse...

Pois é.
Será que sempre existe a tal massa?
Afinal nem para a CM nem para os antigos dirigentes...

Anónimo disse...

é curioso ... pk vao para Ovar se o clube e as dividas foram feitas em aveiro ... nao é suposto ser tudo julgado no tribunal de aveiro?? o que o tribunal de Ovar tem haver com o assunto?? curioso ...

Rúben

Anónimo disse...

Com a reorganização dos Tribunais, este processo é tratado em Ovar e não em Aveiro. O tribunal de Aveiro não têm esta competência.