Arquivos

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Cenário negro

Relativamente à partida de Olhão o site e o espaço do Beira-Mar no Facebook procuram esconder a aselhice com falta de sorte e de eficácia. Esta pedagogia barata já agoniza! Não queiram tapar o sol com a peneira. Questiono eu: falta de eficácia ou falta de competência e limitações de jogar um pouco mais? Nos referidos espaços pode-se ler ainda “agora é tempo de pensar no próximo jogo”. Pensar no próximo jogo? Devemos antes reflectir nesta partida e tirar ilações e depois sim, pensar no ciclo complicadíssimo de jogos que aí vêm. Chega de tentar branquear os resultados menos conseguidos como se estivesse tudo bem, porque não está. Chega de manter a todo e qualquer custo um treinador incompetente, assim como jogadores que não sabem o que andam lá a fazer. Venha rapidamente um novo coach, assim como reforços. Abram os olhos e não tentem branquear as evidências! Haja paciência para tamanha banalidade e paroleira! Depois das vitórias ante o Feirense e OAF (melhores os resultados do que as exibições) começou-se logo a embandeirar em arco, a falar-se da possibilidade de ir à Europa, de estarmos perto, pertinho do Marítimo, Braga e até do Sporting (na altura em terceiro). Não se iludam, vamos é lutar pela permanência porque o cenário é negro e relembro, uma vez mais, os próximos jogos: Marítimo e Guimarães, em Aveiro, e deslocações aos Lavabos da Segunda Circular e Capital Vidreira. A título de curiosidade e preocupação: estamos com mais três pontos que o União de Leiria, penúltimo classificado, e com desvantagem em termos de confronto directo.

Quanto ao jogo no Al-Gharbe, a equipa teve oportunidades mais do que suficientes na primeira metade para ir para o interlúdio a vencer. Mas a pontaria acéfala dos jogadores, profissionais e bem pagos, estava tudo menos, para ser simpático, correcta. Notas negativas para Zhang (apesar de esforçado continuo achar que não tem qualidade para ser titular, muito menos falhar o golo que falhou), Nildo (é bom jogador e pode desequilibrar, mas ontem esteve muitos furos abaixo) e, repetindo-me, Élio (enviou uma bola ao ferro e pouco mais: julgo-o pesado e não tem características de um extremo; o Rui Bento gosta dele e manteve-o 75 minutos em campo) e Douglas (escuso-me de dizer alguma coisa). Ao invés, nota positiva para Jonas: boa estreia deste jovem guarda-redes de somente 22 anos, que na época transacta jogava nos Distritais de Setúbal. Quanto ao resto, admito que não haja soluções no banco quando o Beira-Mar se encontra em desvantagem, mas lançar Dudu, quando estamos a perder 2-0, a 7 minutos do final é por demais irrealista e um tanto ao quanto cómico. É o laboratório do técnico: ele lá sabe.


Convém dizer que desta vez o árbitro até ajudou o nosso clube (de certa forma para compensar outros jogos) no sentido em que o penaltie marcado a nosso favor, a olho nú, não existe, ao ponto de haver jogadores do Beira-mar a dirigirem-se para o seu meio-campo porque julgavam que tinha sido assinalada falta atacante.


No próximo Sábado, 20h30, recebemos a equipa do ditador Alberto João, com quem já perdemos este ano (eliminação da Taça de Portugal). O apoio de todos é fundamental e, portanto, apelo a uma forte mobilização dos Beiramarenses/Aveirenses.

23 comments:

Anónimo disse...

A derrota é um mal menor, a classificação é boa mas enganadora na qualidade e na proximidade da linha de água.
Preocupante, ou não é a gestão desta administração da SAD.
Vejamos, a entrevista do S. Nuno Patrão, revela bem a estratégia da administração ou por quem ela fala, isto é, o BM transformou-se apenas e só numa agencia de negócio.
Esta opção é legitima, mas não concordo. O ambiente no balneário se já era complicado, passou tambem a ser de desconfiança. Isto é falta de saber de quem lidera.
O treinador embarcou claramente neste barco, aceita-se, foi informado préviamente que assim seria.
E os administradores nomeados pelo Beira Mar? Concordam?
Pelo que tenho lido, NIM!
O futebol é um negócio mas requer saberes.
João Costa Pinto

Daniel disse...

Um comentário a este post para referir que deixo de me rever neste tipo de Beira-Marismo aqui explicitado pelo autor do texto, o Sr. Pedro Nuno Marques.
As linhas de crítica assertiva mas com respeito pelos intervenientes/visados dos textos e jogos desapareceu e estão agora a dar protagonismo a um autor que, para além de mal educado, é arrogante e alienado; nunca foi esta a linha seguida pelos diversos autores de posts neste blog de referencia do Beira-Mar, muito menos do seu criador/fundador.
Continuarei a passar por aqui com esperança de voltar a encontrar textos de qualidade como anteriormente, mas não os espero deste autor e adepto (que não duvido que seja).
Concretizando, acho-o mal educado devido às referencias depreciativas aos nossos adversários e populações que representam; expressões como OAF, Lavabos da Segunda Circular, Capital Vidreira ou Al-Gharbe são para além de tudo de uma pobreza de espírito evidente.
Acho-o arrogante porque quando o jogo corre mal como este fim de semana, dedica um extenso texto a criticar tudo e (quase) todos, mas aquando da vitória em Paços de Ferreira o texto foi substancialmente mais curto e metade dele foi a proclamar-se como responsável pela vitória já que tinha tido uma conversa com o Rui Bento e o Hugo para lhes apontar os defeitos; como se alguém pudesse crer (para além do próprio autor) que o Rui Bento e o Hugo tenham ido para o balneário a dizer "ah e tal, devemos mudar de atitude em campo, porque o Pedro Nuno Marques é que tem razão".
Finalmente acho-o alienado por estar à espera que os canais de informação do próprio clube não estejam em sintonia com a mentalidade de todo o grupo de trabalho (direcção e SAD incluida) de esperança e confiança no trabalho diário.
Sobre a análise ao futebol do Beira-Mar e soluções para o futuro, nada mais do que não se encontre em qualquer conversa de tasca em Aveiro.

Esperando por dias e textos melhores,
Daniel

C. Silva disse...

Apoiado Pedro, exceto o que dizes sobre o Chin~es pq ainda não temos substituto do Sampaio. Eu não escrevria melhor. Quando é que o RB tem vergonha naquelas Bentas e vai fazer paria no All-Garve?
Abaixo o Lagartismo do Daniel
Para quando os VERDADEIROS REFORÇOS? Falam, falam mas é sempre à espera dos saldo - eu começo a ficar xateado e vou-lhes às fuças, ai, vou, vou.

Soares de Castro disse...

De facto, entre algumas verdades que qualquer treinador de bancada vê em relação ao treinador que conta, nomeadamente o timihg anedótico das substituições que Rui Bento tem feito, este autor do post prima por uma arrogância e uma falta de nível incompatíveis com alguém que escreve num blog que se pretende sério e credível. Lamentável e nunca antes visto por aqui.

Pedro Nuno Marques disse...

Amigo Daniel,

A sua visão crítica é tão grotesca que simplesmente nem sei o que contestar (se é que o devia, realmente, fazer). Falou de tudo menos do que interessa: da situação actual do nosso clube (leia-se SC Beira-Mar e não… Sporting CP).
Pode acusar-me de má-criação, arrogância e protagonismo mas para mim é, simplesmente, para o lado que durmo melhor, já que não me conhece. Só esse facto faz com que todas e quaisquer ofensas (sim, procurou ofender-me) me passem ao lado. Tenho muitos defeitos (ainda bem que os tenho, se assim não fosse “isto” não tinha piada) mas não “arroto” postas de pescada e nem tenho telhados de vidro: as pessoas conhecem-me e não preciso de provar nada a ninguém, no seio da família Beiramarense. Falar de má-criação quando designo a Académica por OAF é falta de conhecimento da sua parte: a verdadeira Académica, a dos estudantes, compete nas distritais; a Capital Vidreira é a Marinha Grande, da mesma forma que, por exemplo, a Capital do Móvel é Paços de ferreira; Al-Gharbe é a designação primórdia daquela região aquando da ocupação muçulmana; quando aos Lavabos da Segunda Circular: uma pitada de humor é sempre positivo, ainda para mais a um dos “Três Estarolas”.
Daniel, a sua sagacidade na elaboração da crítica a um post que nada tem de condenável deixa-me com mais vontade de escrever da mesma forma que tenho escrito. Talvez tenha sido por causa disso que o Nuno me convidou para ingressar no painel do BN.
Por último: levar-lhe-ia mais a sério se não escrevesse banalidades do tipo «metade dele foi a proclamar-se como responsável pela vitória já que tinha tido uma conversa com o Rui Bento e o Hugo para lhes apontar os defeitos; como se alguém pudesse crer (para além do próprio autor) que o Rui Bento e o Hugo tenham ido para o balneário a dizer "ah e tal, devemos mudar de atitude em campo, porque o Pedro Nuno Marques é que tem razão".» Por amor de Deus! Nem merece resposta mas, ao invés, sugiro uma terapia a fundo na interpretação e análise crítica dos textos que lê.

Ricardo Pires disse...

Assino por baixo, o post do Pedro Nuno Marques.

Meira disse...

Apelo aos gestores deste blog que reflictam e meditem sobre os "convidados" que colocam a postar neste blog. Sublinho as palavras do Daniel e acho de uma ligeireza, de uma arrogância e de uma petulância as atitudes e comentários do Sr. Pedro Nuno Marques que, mesmo cada vez mais sozinho no seu barco, pela personalidade que demonstra deve continuar a achar-se com razão.
O Daniel criticou como qualquer visualizador e visitante deste blog tem o direito de fazer. Não é só o "Lavabos da segunda circular" ou só o "OAF", é tudo junto num texto e num blog que deveriam ser tidos em mais consideração e não banalizados, como se este sítio fosse um lugar de libertação de frustrações e complexos.

Já agora queria saber se os responsáveis por este blog se revêem neste tipo de fazer comentários e na forma como este espaço está a ser utilizado.

De resto concordo que a exibição poderia ter sido melhor, mas não é o fim do mundo, nem todos os jogadores não são dignos de jogar no Beira-Mar. Não podemos ter (nem ir buscar) Ronaldos, Messis, nem afins. Temos de ter consciência da realidade do nosso clube.
O Rui Bento, no entanto, tem dado provas que não abonam a favor dele, tomando (aparentemente) más decisões, tardiamente e dá a sensação que não tem pulso para este nível de exigências. São precisos alguns (bons) reforços.

Rui Almeida disse...

mas o que interessa o que é chamado ao estadio de alvalade,ou à académica? ou a leiria?parece que se sentiram ofendidos...no geral o que o Pedro Nuno disse é o que todos pensamos,deixemo-nos de hipocrisias..por termos um país de bem falantes È que isto esta na Mer...deixemos o discuros politicamente correcto,nunca sentiram vontade de dizer o que pensam sem medo de represálias?!Pedro,apenas nao concordo contigo na critica ao zhang,è um jogador que está a jogar fora da sua posiçao..esta a ser sacrificado em prol da equipa,mesmo assim já conseguiu 2 golos e outras tantas assistencias..nao temos nada a apontar-lhe,do tipo,culpas em golos,passes falhados..falta de atitude..nada.

Joao Oliveira disse...

Caro Meira,

Pergunto somente quem é o senhor para poder então responder se gosto ou não do estilo do Pedro Nuno.

Cumprimentos
João Oliveira

Anónimo disse...

Quem sou eu?

Sou aquela pessoa que gosta de frequentar sites/blogs e de ver que o mesmo é correcto, adequado, íntegro, fiável, interessante - e tudo isso se vê, não só pela forma como está construído, mas essencialmente por aquilo que escreve e pela inteligência, astúcia e correcção que o faz; sou aquela pessoa que gosta de ouvir as várias opiniões no que diz respeito ao Beira-Mar, mas que tem gosto quando vê que os seus adeptos são leais, fervorosos e ao mesmo tempo superiores e não que demonstrem, por vezes, complexos de inferioridade; sou aquela pessoa que todos os fins de semana faz quase 400kms desde Santarém para ir ver o Beira jogar a casa e que torce incondicionalmente (e independentemente do adversário); sou aquela pessoa que, mesmo não tendo nascido na cidade de Aveiro, sou mais aveirense e, acima de tudo, mais beiramarense do que muitos que o afirmam ser.
Desculpem-me se aprecio e defendo a correcção e a integridade que, diga-se, são valores raros hoje em dia no mundo do futebol.
Mete-me nojo quando vou a certos blogs de "adeptos" afectos à Briosa e leio o que escrevem por lá e como se vitimizam e como são SEMPRE os coitadinhos e como são reis e senhores do mundo e como só não dominam o planeta porque alguém não os deixa.
Eu sei que este texto pode ter sido só um desabafo e que isto é um blog e um espaço de comentários e impressões, mas quando comparo o que é hoje e ao que já foi este blog...

Ah, sou igualmente o sócio nº2958.

Meira disse...

Não sei porquê mas o meu nome não apareceu.
O comentário anterior (23:05) é da minha autoria.

Joao Oliveira disse...

Caro Meira,

Não se abespinhe. Apenas perguntei porque não o conhecia. Já, o Pedro Nuno conheço há algum tempo. Por vezes exalta-se mas é, como parece ser o Meira, um bom e grande adepto do Beira-Mar.

Como disse, o estilo dele pode não ser o mais polido mas é o estilo dele e aqui primamos por cada um ter o seu estilo. Já fui muito prejudicado por escrever neste blog ou por defender o Nuno e por vezes fui igualmente criticado. O Pedro Nuno deu a sua opinião. Foi um desabafo. Eu não sou daqueles que fica a sofrer se a bola não entra mas tb nunca embandeirei em arco com esta equipa. Por isso, só achoq ue nos devamos manter unidos...

Meira disse...

Não me "abespinhei". Apenas quis fazer ver que não era apenas um visitante de passagem ou um mero simpatizante do Beira-Mar. E por isso me preocupo e dei tanta (quem sabe, demasiada) importância à correcção e isenção do referido texto.
De facto, não conheço o Sr. Nuno Marques. Compreendo que possa ter querido desabafar, mas um post não é um simples comentário e qualquer texto que se post tem a sua carga de responsabilidade, principalmente num espaço onde adeptos e sócios aurinegros são sempre susceptíveis de visitar. Apenas acho que mal não faria se houvesse um pouco mais rectidão e, porque não dizê-lo, superioridade, porque nós beiramarenses não somos coitadinhos nem temos de tentar ridicularizar nem minimizar outros para nos tornarmos maiores. Nós já somos grandes, somos uma instituição quase centenária e com pergaminhos no futebol nacional. Somos grandes e temos de nos nivelar como tal!

Cumprimentos a todos os sócios e verdadeiros adeptos do S.C. Beira-Mar e um cumprimento particular ao Sr. João Oliveira pela atenção e ao Sr. Nuno Marques, com esperança que continue a defender e principalmente a apoiar o nosso clube mas que veja este blog e cada post que faça com um sentido de responsabilidade que é inevitavelmente maior do que os comentários de quem por aqui passa, até eu...

Saudações aurinegras

Rui Rainho disse...

Ainda não estamos em crise desportiva mas já estamos em crise financeira.
Isto sim, é preocupante.

Anónimo disse...

Muita filosofia.
A realidade é um clube teso, uma sad em rotura financeira, os administradores sem sabe o que fazer, o(s) Patrão(ões) a aproveitarem ao máximo, o Ulisses a capitalizar, o Rui a deixar andar, a equipa a definhar.
Very bad.

Anónimo disse...

Esta sad foi um embuste.
A desorientação é a consequencia da gestão.
A direcção caiu ingénuamente no conto do vigário. Este tipo de vigários vendeu investidores a vários clubes, hoje sabe-se que o iraniano tanto ficava aqui como ia para Leiria ou até para a Figueira da Foz. Já em tempos de inicio de crise surgiram vários no Boavista, mas aí a experiencia dos diretores evitou a vigarice.
Daqui para diante, vai ser só piorar.
LSD

Anónimo disse...

Mais uma prova de imaturidade de gestão quererem contratar neste periodo jogadores vindos de 1 ano de lesão.
Agora só se for para reforçar e com entrada direta no onze.
Mais uns trocos para a bluza de alguem.

Anónimo disse...

Estou féliz, muito féliz.
Sitta

Anónimo disse...

A carneirada continua.

Manuel Ré disse...

Fui hoje surpreendido ao ler a imprensa com mais uma contratação do outro mundo, pois, falo em ordenados.
Este orçamento vai ficar próximo dos quatro, repito quatro milhões de euros.
Estes custos criam um deficit esta época superior a 1 milhão.
A pergunta razoavel é saber se o Sr. Majid Pichyar está disposto a dar cobertura a esta gestão.
Como ainda não realizou o capital da sociedade, não liquidou as dividas que se comprometeu, vai dar cobertura a estes gastos?

Filipe Neto disse...

Dai se compreender a urgência que eles têm em vender jogadores, o sr Patrão na entrevista que deu ao jornal jogo falou que pela primeira vez na história o Beira Mar poderá fazer cerca de 2 milhões em venda e ai ao invés do deficit teriamos um resultado positivo de 1 milhão mas isto é só perspectivas e bastantes optimistas,já que estamos em época de crise,não só em portugal ,diga-se de passagem.
Saudações aurinegras

Anónimo disse...

Nem vender nem comprar, não tem xeta, não pagam os ordenados aos jogadores que têm como é que vão contratar mais? Só se forem malucos.

Anónimo disse...

Gosto de ler o:
http://jorgemaiavalente.blogspot.com/

Mas desta vez o JMV não tem razão, o banco é outro mas é preciso ter crédito e quem lá está tem zero.
AVC