Arquivos

sábado, 4 de março de 2006

Filosofias

"Se não forem pragmáticos, no domingo seguinte não jogam. Quero é pontos. Sabemos as nossas limitações e não podemos embandeirar em arco", justifica. Um discurso que assume as críticas feitas por quem não aprecia a qualidade do futebol praticado pelo Beira-Mar. "Aceito a crítica, mas não sou filósofo. Sou profissional de futebol", conclui.
Declarações de Augusto Inácio ao Jornal O Jogo 04-03-2006
Não faltará tudo para que os dirigentes exijam aos treinadores que as suas equipas pratiquem bom futebol e proporcionem bons jogos. O futebol sem espectáculo esvazia estádios...

0 comments: