Arquivos

segunda-feira, 10 de julho de 2006

Beira-Mar "agitado"

O período de defeso do Beira-Mar estava a ser tranquilo, pelo menos, em termos mediáticos. Aliás, uma situação análoga à maioria dos clubes portugueses com excepção da ida de Rui Costa para o Benfica e da troca do Boavista pelo Braga por parte de João Vieira Pinto.
No que ao Beira-Mar diz respeito, as contratações efectuadas até ao momento davam a entender uma concepção realista na constituição do plantel, numa aposta no colectivo em detrimento de individualidades com nome já "feito" no futebol. Tirando a "novela" Ratinho, a pré-época estava a decorrer dentro da normalidade... até este fim-de-semana!
Mário Jardel por uma época
Mário Jardel tem 32 anos e está parado há vários meses. Chegado a Portugal na época 96/97 oriundo no Grémio Porto Alegre, para representar o F.C. Porto, marcou 130 golos em quatro épocas com os «Dragões». Rumou depois à Turquia, para jogar no Galatasaray, e regressou a Portugal para jogar no Sporting, onde marcou 42 golos na campanha da conquista do título de 2001/02. Deixou o clube no final da temporada 2002/03, depois de uma época muito atribulada. Desde então passou pelo Bolton, Ancona, Newells Old Boys, Palmeiras e Goiás.
Agora, Jardel regressa ao futebol e a Portugal após alguns meses de inactividade. O Beira-Mar pode ser o clube ideal para o "super-Mário" reencontrar o equilíbrio e voltar a ter sucesso. No entanto, as expectativas sobre a performance do "goleador" devem ser moderadas, pois as experiências nos últimos cinco clubes por onde passou deixaram muito a desejar. A apresentação do jogador deverá ocorrer na próxima Quinta-Feira.
Luciano Ratinho apresentado
Chama-se Luciano Ferreira Gabriel mas é conhecido por "Ratinho" no mundo futebolístico, alcunha que já vem do tempo em que era pequeno e jogava futebol com os mais velhos que o "baptizaram" devido à sua estatura. Depois de uma autêntica novela que envolveu a sua vinda para Aveiro, o jogador assinou por duas épocas, ficando com mais uma de opção.
O "novo" guarda-redes poderá ser... o "velho"
O futebol tem destas coisas. De "dispensado" e reformado, Pavel Srnicek volta a ser possibilidade para a baliza auri-negra. Depois de ter recusado a proposta de renovação apresentada pela direcção no final da época transacta, parece que uma das partes reconsiderou a sua posição e o acordo poderá ser consumado nos próximos dias. Pavel Srnicek (49 internacionalizações pela República Checa) está há duas épocas no Beira-Mar depois de passagens por vários clubes: Banik Ostrava (1990-1991), Newcastle United F.C. (1991-1998), Sheffield Wednesday (1998-2000), Brescia (2000-2003), Portsmouth F.C. (2003-2004) e West Ham United (2004).

14 comments:

Anónimo disse...

O Ratinho vem carregado de diamantes,pois o Presidente nem carregado de ouro o queria e portanto vamos ter o Jardel e o Sá Pinto,isto é que é direcção...!Espero que após tanta contenção se pense no futuro e quem é que vai correr.Espero que quem ganha até 10000 mil euros, não pensem que os que ganham mais que isso é que tem que o fazer.Estou preocupado.
Delfim Costa

Anónimo disse...

Se o Pavel continuar julgo ser uma aposta segura em detrimento de outro de qualidade duvidosa ou que não se adapta-se, quanto ao Jardel não sei se nos trará algo de bom dentro das quatro linhas...

Vitor Peixoto

Anónimo disse...

Se está na moda todas as equipas terem reformados, parece-me que ao BeiraMar não restava outra alternativa. O seu Departamento de MarKting funcionou em pleno. Um reformado de alta qualidade.
Parabens.
Fernando

Anónimo disse...

Óptimo negócio da Direcção do Beira com a contratação do Mário! Está para breve a contratação do Dino (o “orelhas) para fazer a dupla no ataque! Aliás, a Liga de Futebol prepara-se para alterar as regras de inscrição das equipas e, em vez dos clubes serem obrigados a inscrever jogadores da sua formação passará a ser obrigatório ter pelo menos 3 jogadores com mais de 40 anos.
Por esta razão o Beira tem vindo a emprestar jogadores para terem mais idade, mais peso e mais barriga.
Há jornais desportivos que já se referem à possibilidade de Mário estar a adquirir forma para representar a selecção Brasileira, caso contrário é uma forte hipótese de substituir o Pauleta na selecção de Portugal depois de alterar a nacionalidade no seu passaporte.
Força Mário és Grande.
Carlos A. Silva

Anónimo disse...

há casinos para esses lados?

Beira-Mar disse...

Caro Carlos A. Silva , que comentário tão infeliz o seu, nota~se que uma pessoa totalmente inculta, que critica por criticar, vê os os outros a faze-lo e acha piada também. Caso não sabia o Dino faleceu num acidente de viação já a uns atrás. Enfim, há gente que esta tão bem calada!!!!

Anónimo disse...

Casinos não há, mas há SAGRES.
TOI

Anónimo disse...

Então e para quando é a apresentação do "Super Mário" aos sócios?

PedroOliveira disse...

a votaçao do record da 72% (ate agr) de razao ao beira.
72% dos visitantes do site e q participam na votaçao concordam com a ideia que Jardel foi uma boa aposta do Beira-Mar

Helena Thadeu disse...

Não gosto do Jardel. Não como jogador. Se ele tiver aquele cheirinho - basta um cheirinho de futebol - poderá ser uma aposta bem esgalhada. Mas não gosto do Jardel, nem como profissional nem como pessoa. Embora os estragos que ele fez na vida dele o devem ter tornado mais humilde (tenho fé que sim), não me agrada a ideia que o Beira seja uma espécie de trampolim para outros vôos, se é que haja algum clube que ainda acrdita nele como profissional. Porque o único problema que vejo nesta contratação é o profissionalismo do rapaz. Se ele conseguir deixar o jogo, o álcool, as mulheres, a noite, as drogas.... e tentar aproveitar a oportunidade que lhe estão a dar... se calhar é uma aposta bem esgalhada... mas se o cheirinho de boa vida que ele gosta tanto se sobrepôr? Não gosto do Jardel, não gritarei por ele, não o apoiarei nem por um minuto. Até pode ser uma contratação bem esgalhada mas custa-me que o Beira tenha sido o único clube a querer a personagem para tentar ter uma contratação bem esgalhada este ano.

Anónimo disse...

hehehe agora quando quisermos um autografo do jardel ou uma simples fotografia basta ir a Estação da Luz ou à praça do peixe que o encontraremos certamente! heheh

Anónimo disse...

O que importa é que o Beira Mar, seja falado!...

Anónimo disse...

O BeiraMar não se tranformou ainda num clube de bebados.
Parece-me exagerado o que se diz do homem. Quanto ao atleta tenho muitas duvidas.
Miguel

Helena Thadeu disse...

Miguel, um jogador bêbado não faz um clube de bêbados! LOL Se não estávamos lixados... lol Pode ser que se falarmos muito mal do homem ele queira vir provar que estamos todo/as errda/os.