Arquivos

segunda-feira, 17 de março de 2008

Comunicado do M1922:

Atento ao processo eleitoral para os órgãos directivos do SC Beira-Mar, o Movimento 1922 vem por este meio:
-
1. Reafirmar que o pressuposto fundamental do Movimento passa pela promoção do debate da vida do Clube junto da massa associativa.
2. Esclarecer que o Movimento não apoia nem apoiará qualquer lista candidata aos órgãos directivos do Clube.
3. Mostrar disponibilidade para ajudar a encontrar uma solução directiva para o Clube caso não sejam apresentadas quaisquer propostas de listas dentro do prazo estabelecido.
4. Alertar para a ilegitimidade do actual Conselho Geral para assumir as competências que lhe são atribuídas pelo Art. 2º, nº 2 do Regulamento Eleitoral.
5. Comunicar que irá solicitar uma reunião conjunta com o Presidente da Mesa da Assembleia Geral, o Presidente da Direcção e o Presidente do Conselho Fiscal do Clube com o propósito de conhecer e discutir a situação real do Clube.

17-03-2008
O Movimento 1922

6 comments:

Anónimo disse...

Gostova de saber onde consultar os Estatutos e o regulamento eleitoral.
Existem algum site? ligação?
FRD

Nuno Q. Martins disse...

Envie-me um e-mail para bancadanorte@sapo.pt.

Anónimo disse...

caro amigo Nuno queria que te candidatasses
fazer-me-ia socio do clube so para votar em ti..
so tu e o M1922 e os AN e alguns socios gostam do beira-mar

tns o meu voto

ass: bebe agua

Gabriel Baltazar disse...

Olá Nuno fiquei agora perplexo pelo que li na Terranova.

Não é que o Beira-Mar vai ter mesmo de pagar 89 mil euros ao antigo clube do Levato?

Um clube com dois meses de salários em atraso, com 400 mil para pagar até 28 de Abril e sem candidatos para as eleições de 12 de Abril.

Onde é que se vai encantar este dinheiro todo para pagar o Levato não sei, mas não me parece nada motivador para um futuro candidato. Mas pelos vistos eles não vão aparecer.

Enfim, um abraço e boa Páscoa

Anónimo disse...

Transferência de Levato: FIFA condena Beira-Mar a pagar 89 mil euros
A direcção do Beira-Mar recebeu ontem uma má notícia. O clube foi condenado pela FIFA a pagar 89 mil euros ao clube argentino Los Andes, que recorreu à instância que gere o futebol a nível mundial, reclamando uma indemnização pela transferência de Maurício Levato

Recorde-se que o médio argentino acabou por ser despedido em Dezembro de 2004, ainda durante a direcção liderada por Mano Nunes, que considerou ter justa causa para assim agir, face ao alegado atraso do jogador aquando das mini férias de Natal.
O processo da vinda de Levato foi conduzido pelo empresário Nélio Lucas, o qual não terá corrido bem e, agora, a «mão dura» da FIFA obriga o Beira-Mar a pagar uma verba que pode ser considerada bastante elevada.
Artur Filipe reagiu à notícia, dizendo que se «trata de um dívida contraída pela anterior direcção, que devia ter pago a transferência do jogador em prestações, mas que não o chegou a fazer». O presidente mostrou-se inconformado porque «é mais uma dívida que sobra para esta Direcção, mas admitimos recorrer da decisão, depois do gabinete jurídico do Beira-Mar apreciar o acórdão da FIFA.

Não dúvida de que um mal nunca bem só.
O nosso Mano tem contas ainda para ajustar. Candidate-se.

Nuno Q. Martins disse...

Vamos lá esclarecer isso...

O Levato, segundo sei, foi alvo de um processo disciplinar que resultou na rescisão. Tenho uma ideia (mas posso estar enganado), que já na altura a direcção do Beira-Mar tinha previsto nas contas do clube uma verba a atribuir ao jogador a título de indemnização, uma vez que o processo encontrava-se em apreciação na FIFA.
Em relação ao valor da indemnização, não é muito mais do que o Beira-Mar terá que pagar à equipa técnica de Rogério Gonçalves e, pelo que sei, é muito menos do que o Carvalhal recebeu...
Além disso, ainda cabe recurso desta decisão, pelo que, ela não é definitiva.
Era bom que o mal do clube fosse este...