Arquivos

sábado, 20 de setembro de 2008

Nova derrota (juniores)

A equipa de futebol júnior do SC Beira-Mar sofreu a sua 4ª derrota consecutiva no campeonato por 2-0 frente ao Vizela, encontrando-se assim no último lugar da tabela classificativa e a 4 pontos da "linha de água".
O próximo jogo é dia 27 de Setembro no Mário Duarte frente ao Rio Ave que se encontra em 8º lugar com 6 pontos.

17 comments:

Anónimo disse...

É assim....definitivamente, e como diz o Sérgio Loureiro, no DN da semana passada, "não há volta a dar a esta equipa"; aqui há tempos apostava que não fariam mais que 5 ou 6 pts ..... mas agora,que até já defrontaram as equipas menos cotadas (falta o Gondomar),temo que nem esses pontos consigam!!!
A equipa não tem experiência, não tem qualidade, as opções do técnico são muito infelizes, os jogadores que dispensaram fazem uma falta tremenda pois são claramente melhores que os que foram buscar ao....Taboeira! E como o futebol não se compadece destas asneiras.....

Anónimo disse...

Agora a culpa é dos jogadores que vieram do Taboeira?
Se eles não vissem não tinhamos equipa de Juniores

Anónimo disse...

Boas

Acho que já chega de atacar os jogadores que o Beira-Mar foi buscar ao Taboeira. São bons jogadores, são bons meninos, trabalham muito e se foram escolhidos é porque têm qualidade. Mais, por eles, ponho a cabeça no cepo, porque pelo menos eles, o ano passado, nunca perderam noites, não foram para discotecas, nunca se deitaram tarde antes dos jogos ao domingo, nunca andaram à porrada e denegriram o nome do clube, nunca foram suspensdos e cumpriram com mérito, os objectivos delineados pelo clube, sendo apurados para a série dos primeiros e lutado até ao fim pela subida ao nacional. Se querem bater em alguém, batam em mim que os treinei, ou pelo menos, se têm coragem, identifiquem-se. Agora, deixem-se de ser covardes e de dizer mal de quem tem tanta culpa como os outros todos.
Zé Alexandre

Anónimo disse...

Caro Zé
o dificil é reconhecer que o que se tem em casa não é tão bom como pelas bancadas se fazia crer .
Obrigado pelo teu esforço competência e dedicação ,hoje estes jovens não são do taboeira estão noutro clube ,são eles que defendem a camisola de Aveiro e do Beira ,neste momento é facil deitar abaixo mas quem nos diz que com os tais que sairam por mera opçao tecnica os resultados não seriam ainda mais negativos o que está em causa são apenas as competências desportivas não as humanas , se analisarmos a epoca passada e esta o que acontece ao beira mar aconteceu aos clubes que subiram de divisao equipas que estao nos ultimos lugares sao as equipas que sobem já na ultima epoca foi assim,em aveiro distrito tem se equipas de iniciados mais ou menos e ao longo do processo de formação vao se piorando os niveis de competividade veja se o caso do escalao de juvenis em que apenas um clube do distrito esta permanentemente lá o feirense , e mesmo o feirense que tem de longe o melhor clube em termos de meios nao conseguiu permanecer na primeira divisao de juniores.
Temos que estimular estes jovens não importa o clube de origem a honrar e serem um exemplo para os mais jovens e a lutar em cada jogo pelo melhor resultado possivel a nada mais são obrigados .
Só mais um aspecto sabem quem ganha com esta guerrinha surda e infantil entre o Taboeira e o Beira Mar ,de certeza que não são os jovens de Aveiro nem o seu processo de formação ,mas sim uma autarquia cega surda e muda que assim vai assistindo impávida e serena sem nada fazer para melhorar os espaços e meios dos clubes que no concelho de aveiro não possuem espaços de treino de acordo com os nossos tempos ao contrario de todos os concelhos que envolvem a Cidade de Aveiro .Enquanto a focalização das criticas for feita por questoes mesquinhas e pessoais serão os jovens a pagar semanalmente na lama e na areia com o seu esforço e dedicação,o marasmo de muitos adultos sem visão nem rasgo que ao nivel das decisoes nunca o fazem em favor dos jovens nem dum efectivo melhor amanhã!

Anónimo disse...

Obrigado zé

Por seres assim tão frontal é que estás onde estás. TODA A GENTE SABE QUE OS MENINOS NÃO TENHEM CULPA QUEM TEM CULPA DE TODO ESTE PROCESSO SÃO AS PESSOAS QUE NADA FAZEM E SÓ CRITICÃO.

CONTINUO ATENTO
J. SAMPAIO

Anónimo disse...

Os comentários dizem tudo. O beiramar está a ser contaminado por antigos colaboradores.
Porquê?
Culpa é de quem lhe deu e dá ouvidos.
Então os meninos de taboeira eram uns santinhos e os do beiramar uns diabinhos?
Esse foi exactamente o veneno usado por que tinha dor de cotovelo.
Não cuspam no prato da sopa onde comeram.
Usem outros métodos.
Rui

Anónimo disse...

Claro Professor ZÉ ALEXANDRE que os meninos do Taboeira quando saiam á noite ao Sábado (ou às Sextas-Feiras como foi o caso dos ateletas do Beira-mar - o jogo era ao domingo) não iam ao seu bar no Clube dos Galitos que foi onde o senhor os viu...
Iam a outros sítios como ainda vão...
C. PEREIRA

Anónimo disse...

O Zé Alexandre devia ter mais tino e perdeu uma oportunidade par estar calado. Este tipo de intervenções, de peesoas que tiveram e rem responsabilidade na formação de jovens, foi e é um dos factores de conflito e intriga.
Interessam-lhes e alimentam estes conflitos. Dica-te e concentra-te no teu trabalho, já que ao que parece tens mais de 9 atletas para treinar e por isso a escola do Sporting é um exito.
Sabes que escolas destas são boas é em paises do terceiro mundo, é aí que os clubes de paises desemvolvidos apostam, inflizmente o Sporting fez da região de Aveiro um local terceiro mundista. Por tudo isso e porque acho que temos capacidade local tanto tecnica como de infraestruturas para dispensamos este tipo de projectos e pessoas que esta é uma situação não grata para os desportistas da região de Aveiro.
PQP

Anónimo disse...

Caro Zé Alexandre,
Claro que os meninos do Taboeira são bons jogadores, boas pessoas....ninguém, penso eu, coloca alguma dúvida nisso! Não são, se calhar, tão bons que justificassem ir ocupar o lugar de outros....e é de lamentar que se venha para aqui dizer que os do Beira saíam á noite (quer que lhe diga aonde iam e ainda vão os do Taboeira?), davam porrada, envergonhavam o clube e coisas do género - se alguém andou á porrada e envergonhava o clube não eram seguramente os jogadores, mas alguns responsáveis e sabe isso muito bem ! Sair á noite é porque iam ter consigo ao seu bar, porque o consideram amigo, bom companheiro, mas não faziam asneiras, e isso de qualquer forma não era para aqui chamado (se calhar não voltam a pôr os pés lá)....mas já agora, como classifica a atitude do seu jogador em Ovar, na época passada, que até saiu do campo para bater e insultar a assistência ?Por acaso, agora está no Beira-Mar. Não se diz isso....mais, foi o Zé Alexandre, que em plena bancada do Mário Duarte criticou certa dispensas dos Juniores e até disse que eram jogadores superiores aos seus ! Ou não é verdade isto ? Que defenda os seus jogadores, acho bem e concordo consigo, que ataque os outros é que é mais infeliz. Até porque muitos dos que saíram, agora ou no ano anterior, sempre disseram que o problema era o Zé Alexandre não treinar esta equipa ou a de Juvenis do ano anterior, pois outra música cantaria – a um ouvi-o eu dizer, no ano anterior, que consigo teriam sido campeões distritais e o clube estaria agora no Nacional de Juvenis. E o Zé paga-lhes assim.....

Anónimo disse...

Boas
Eu continuo a dar a cara pelos meus e vou sempre dar. O que acho um disparate é que se continue a criticar os mesmos. É fácil vir aqui através da cobertura do anonimato e dar pancada sempre nos mesmos e dizer mal dos atletas só porque eram do Taboeira. Mais, quem me conhece sabe que eu nunca cultivei o espírito da guerrilha entre as duas instituições. Eu sei onde os meus atletas iam porque estavam autorizados. Se calhar os que não estavam ficavam sem jogar e eram castigados mas tudo ficava dentro de um balneário que se quer forte. Continuo também a achar que existem atletas do beira-mar que foram dispensados que não deviam ter sido. Também alguns foram meus atletas no beira-mar e eu acho que tinham competência e qualidade para lá estar hoje, nos juniores. Não digo nomes mas vêm-me de repente três deles à memória, que hoje, na minha opinião, seriam importantes no grupo.
Quando me atacam por falar em atletas que iam ao meu bar à sexta é verdade que iam e é porque me respeitam e ainda hoje, sempre que falo com eles (como na última sexta à noite, ainda cedo), a primeira coisa que lhes digo é para não se esquecerem de ir para casa a horas decentes. Mais, não foi só à sexta que vi alguns, mas também ao sábado a horas complicadas e antes de jogos importantes. De novo, os mandava para casa mesmo eles dizendo taxativamente que eu não era treinador deles. A minha preocupação é a formação deles, sejam eles meus atletas ou tenham sido ou nem sequer tenham sido, porque não trato ninguém de forma diferenciada e é por isso, se calhar, que todos são meus amigos e me respeitam.
Quanto a quem me critica e ao projecto onde estou agora, apenas digo que há espaço para todos e sim, temos treinos só com 9 atletas. E sim, se calhar vamos perder mais jogos que ganhar. E sim, temos menos equipas de competição que os outros. E sim, apesar de tudo, o que apenas prometemos é competência e qualidade no trabalho. Não se prometem poções mágicas e milagres. E sim, há lugar para todos, desde que se respeitem mutuamente. E sim, eu respeito toda a gente mesmo que não o façam comigo.
Zé Alexandre

Anónimo disse...

Boas
E rui, eu não cuspo no prato que me alimentou. Porque o Beira-Mar é e sempre será o meu clube e a minha história familiar tem muito mais de Mário Duarte e de auri-negro do que pensa. Ainda hoje, colaboro com o clube e vou sempre colaborar. Apenas, custe a quem custar, doa a quem doer, defendo sempre os meus. Sempre. E não admito que apenas os coloquem em causa a eles quando as derrotas, como as vitórias, são da equipa. De toda a equipa. Eles não são melhores nem piores que os outros. São tão importantes como os outros. Até porque outros atletas que lá estão também foram meus em outros momentos da sua formação. É apenas essa igualdade de direitos e deveres que reclamo. No bom e no mau.
Zé Alexandre

Anónimo disse...

se estiver-mos atentos, aos blogs, verificamos o J.Sampaio, dá força aos juniores e ataca os seniores (não há lá jovens do taboeira?!),o zé alexandre, vem agora defender os júniores do taboeira e ataca os ex atletlas do beira mar.MAS AFINAL O QUE É QUE SE PASSA?

Atenção C.A. vão estando atentos a estes comentários,mesmo anonónimos, e não actuem com base neles....mas investiguem, talvez cheguem a algumas conclusões interessantes......

J.L

Anónimo disse...

Oh!.. Sôr ZÉ...
Só o J. SAMPAIO o elogia!...
Aonde o senhor chegou!...
Esqueceu rapidamente o que foi a época de iniciados do BM de 04/05 e as suas vicissitudes.
Agora somos os maus da fita e aqueles que o senhor (e outros) na altura dispensaram e foram para o Taboeira, os bons...
Por favor, não nos desiluda mais!..
Deixo esta mensagem como anónimo porque esta é uma conversa entre amigos.
Eu, por mim, ainda sou seu amigo, pois não é uma intervenção menos feliz (num blogue)que apaga a amizade cimentada no infortúnio e naquilo que na altura o senhor nos ajudou. E apesar de tudo aquela continua a ser a melhor época de iniciados do meu (penso que nosso) Beira.
Um dia destes, quando a universidade (onde entrei) me deixar um pouco de tempo passo no seu bar para discutirmos o assunto.
UM ABRAÇO.

Anónimo disse...

Caro Zé Alexandre,
o que eu disse atrás, foi no intuito de o chamar a atenção que os atletas que "atacou" até eram seus amigos (pelo menos penso que sim) e o Zé, na ãnsia de defender uns (que por acaso até foram dispensados antes pelo Beira-Mar) atacou outros de uma forma muito injusta,e pouco polida, para não dizer outra coisa! Quando antes, pelo que tenho conhecimento, até os defendeu!!!Não o devia ter feito.....
Desejo-lhe as maiores felicidades no seu projecto, sinceramente, e não volte a "atacar" jovens vítimas de uma política completamente errada que a actual Academia do Beira-Mar está a levar.Você não fala em nomes mas eu sim: Gonçalo Pinhal, Miguel Griné, Francisco Pinhal, Diogo Pires, Cristiano, Diogo Gonçalves, Fábio (assim de repente, e espero não ter esquecido nenhum importante)eram importantíssimos nesta actual equipa de Juniores, ou não seriam? E o que se discute agora é que mandaram estes embora, de uma ou outra forma, em troca de quem antes tinha sido dispensado!!!
Saudações
António Marques

Anónimo disse...

Caro Sr.
António Marques
Permitam-me os responsáveis deste Blog que responda a este Sr. que confesso mostrar estar atento ao que se tem passado no Beira Mar, simplesmente na vertente errada.
Posso confirmar a este Sr. que todos mas mesmo todos os atletas que acaba de sitar saíram do clube de livre vontade e em nenhum caso foi mandado embora atletas que bastante falta faziam ao clube.
Mais posso informar que alguns sairam por opção própria, claro, para deixarem defenitivamente o clube e o futebol.
Lamento imenso que algumas verdades só sejam ditas de forma distorcida para gerar mais confusão e aliviar a tensão psicológica em que se encontra.
Fico atento.
João Sabe Tudo

Anónimo disse...

nem todos senhor joão sabe tudo. nem todos! lembro me perfeitamente de 2/3 jogadores dos acima referidos que estiveram na pré-época a treinar no clube e receberam guia de marcha. Quanto áqueles que sairam por livre e espontânea vontade, só lhe digo uma coisa: quando se tem mais valias no clube e se quer preservá-las, é óbvio que há que motivá-los. Porque por vezes há certas coisas que se dizem e/ou certas opcções que se tomam por parte de coordenadores e/ou treinadores que podem levar a que estes jovens abandonem o clube.

Anónimo disse...

Ao Senhor João Sabe Tudo,
Não me vou dar ao trabalho de o desmentir! Toda a gente sabe que uns foram dispensados (estiveram a treinar no inicio dos trabalhos) e outros foram "empurradois" de uma ou de outra forma! Tal Como o Luis Dias, o Albano,Carlos Palavra etc...
Não vale a pena negar Senhor joão - as pessoas sabem a verdade!
António Marques