Arquivos

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Beira-Mar mostra coração e segue em primeiro!


Na 17ª jornada a nossa equipa recebeu o Portimonense, equipa que nos seguía a apenas a 1 ponto. O Beira-Mar mostrou cedo querer mandar no jogo e o Portimonense jogava claramente na expectativa, deixava o Beira-Mar jogar tentando surpreender no contra-ataque com elementos muito velozes como Wilson Eduardo, Ivanildo e Pires.

A primeira oportunidade de golo pertenceu aos forasteiros. Ivanildo disfere um remate forte a bola sofre uns efeitos estranhos, e, mostrando grandes reflexos Bruno Conceição desvia com a perna para canto. O Beira-Mar respondeu com Kanu a cruzar já dentro da grande, Varela falha o remate e na insistência Élio atira para fora, sendo que a bola é ainda desviada por um defesa da equipa algarvia. O Beira-Mar chegou à vantagem perto do minuto 25, jogada pela esquerda do ataque auri-negro excelente cruzamento de Élio, falha de Alê (ex-guardião auri-negro) e Artur a finalizar à ponta de lança. O Beira-Mar saia assim a ganhar para os balneários com inteira justiça diga-se. O Beira-Mar apresentou períodos de grande dinâmica na circulação de bola praticando um futebol, em espaços, de grande qualidade.

No segundo tempo os papeis inverteram-se naturalmente, o Beira-Mar a tentar usufruir do contra-ataque para "matar" a partida e o Portimonense a tentar desesperadamente atingir a igualdade. Litos fez entrar Yero (uma autêntica torre) no entanto, quer Hugo, quer Kanu foram dando conta das despesas. O Beira-Mar podia ter sentenciado a partida, sempre através de Rui Varela porém o ponta de lança auri-negro encontrava-se desinspirado no que à finalização diz respeito. Bruno Conceição mostrava-se extremamente inseguro a jogar com os pés mas mostrou grande personalidade ao reagir sempre com segurança e boas defesas entre os postes, foi um dos homens do jogo anulando todas as jogadas forasteiras com algumas defesas de elevado grau de dificuldade. Pedia-se Wang Gang na bancada, porém o técnico Leonardo Jardim não fez a vontade aos aficionados auri-negros. Desta feita Rondon, o mais recente reforço da nossa equipa, revelou-se opção válida para o que resta da temporada mostrando grande velocidade no lance que fechou a vitória auri-negra. Alivio de Pedro Moreira para a frente e Mário Rondon a deixar tudo e todos para trás em velocidade, tirou Alê do caminho perto da quina da grande área e perante a baliza deserta, fez o 2-0 final.

Vitória importantíssima na luta pelos lugares cimeiros da classificação, ficando apenas o Santa Clara com oportunidade de se manter a 1 ponto de distância. Mostrámos capacidade de sofrimento, garra e grande vontade de continuar na frente do campeonato, contagiando os adeptos que apesar de o jogo se realizar a uma quinta-feira e à hora de jantar compareceram em número muito aceitável para alguns já verificados esta temporada.

3 comments:

PN disse...

Mais uma grande vitória da nossa equipa, com bom apoio vindo das bancadas, especialmente dos Auri Negros. 2-0 acaba por ser escasso dadas as oportunidades que tivemos. Se goleássemos não era de admirar.
Importa dizer que além da vitória temos vantagem em confronto directo: 1-2 no Algarve e 2-0 em Aveiro.
Todos juntos rumo à primeira. Força Beira Mar!
Aveiro e Beira Mar sempre!

Ricardo Rodrigues disse...

Excelente análise uma vez mais!

Quanto ao jogo do nosso Beira, vitória sofrida mas merecida!

FORÇA BEIRAAAAAAAAA!

Anónimo disse...

Rondom é bom!