Arquivos

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Diogo Rosado é o homem que faltava!


A quando da sua entrevista ao maisfutebol, Mário Costa havia dito que com André Marques estaria tudo certo faltando apenas assinar o contrato de cedência e que estavam mais jogadores apalavrados. No mesmo dia veio a confirmação oficial de um desses nomes, Wilson Eduardo, ficando a faltar o terceiro reforço proveniente dos leões.
Hoje ojogo refere que a cedência de Diogo Rosado é um dado adquirido! Apesar de não haver ainda confirmação oficial, tudo parece estar acertado para que Rosado depois de na época transacta ter estado emprestado ao Real Massamá, represente esta época o Beira-Mar.
Diogo é um jogador canhoto, polivalente, pode jogar a extremo esquerdo/direito embora segundo o próprio se sinta mais confortável a jogar a 10.
Fique com o magnifico golo que deu o titulo de juniores ao Sporting há 2 anos:




Ver aos 54 segundos!

9 comments:

Anónimo disse...

Ele já treina no plantel... está mais que confirmado! cumps

Anónimo disse...

"à 2 anos" escreve-se com agá ...

JMO disse...

Caros anónimos,

Erro corrigido, obrigado.

Em relação ao primeiro comentário: se já treina no plantel, o site ainda não fez o seu papel e quem dirige o clube também não. Apenas constatamos isso neste blog: apesar de não haver confirmação oficial...

Anónimo disse...

Então mas o tal Wilson Eduardo vem para o Beira Mar ou não vem? Ainda hoje ele jogou pelo Sporting contra o Mafra...

José Ribeiro disse...

O meu obrigado ao João por ter corrigido o erro!
Caro anónimo segundo a edição de hoje do "ojogo" a situação do Wilson Eduardo parece estar complicada o que não deixa de ser surpresa uma vez que esta já foi oficializada.

Anónimo disse...

O clube que garantiu a promoção à Liga tinha divulgado, a 25 de Junho, o acordo com Sporting por André Marques e Wilson Eduardo. Contudo, o avançado continua às ordens de Paulo Sérgio e deve mesmo seguir com o plantel leonino para o estágio em França.

Anónimo disse...

Mais um, não é mau jogador, mas se o Clube não vai buscar 5 jogadores que entrem de caras na equipa, não temos hipóteses.
O treinador talvêz saiba o que faz, mas está a arriscar muito e fez muito mal em não ter ido para o Paços, sem jogadores e rectaguarda, vai ser muito mal para ele. É pena, mas está a pôr em risco a sua carreira. Não merecia pois fêz um excelente trabalho até agora.

Anónimo disse...

resposta ao último comentário:
Se calhar temos um treinador que não está preocupado em fazer uma carreira "segura"!Ir para o Paços só porque tem um plantel estável?? Pelos vistos gosta de desafios complicados! Gosto de "Pessoas" assim...

João Campos disse...

Excelente política da direcção a nível de contratações! Muito adequada com o que é a realidade do futebol Português e do nosso Beira, hoje em dia. Alguém se lembra de nomes como Danrlei, Eduardo Farah, Diogo Galvão e Val?

Pois, ao que parece o nosso clube deixou de ir buscar jogadores desconhecidos ao Brasil, que até poderiam auferir um salário mais baixo, mas cujo as transferências implicariam sempre custos burocráticos e de transacção que tornariam o negócio menos rentável. Além do mais, eram jogadores que necessitavam de um período de adaptação ao futebol europeu e nacional, o que poderia prejudicar as campanhas do clube.

Agora apostamos em jogadores emprestados, jovens e com ambição de se mostrarem aos clubes com os quais têm contrato. Além desta vertente, são jogadores que implicam um menos investimento, não só porque não são pagas as transferências (ou pelo menos na totalidade) e é também possível negociar em relação à quantia do salário a pagar.

A estes jogadores, juntamos jogadores experientes e livres ou contratados por um preço baixo e que se evidenciaram em divisões inferiores, como é o caso do Tatu, Rui Rego e Danilo. Além destes temos ainda jovens activos para valorizar e que podem ser envolvidos em futuras transferências bastante proveitosas para o clube (Pedro Moreira, Pedro Araujo, Rui Sampaio, Wang Gang).

Até agora, actuação irrepreensível da Direcção e do Treinador. Lembrem-se que mais importante que a manutenção é a revitalização do clube. E as receitas que vamos fazer contra Sporting, Porto e Benfica já vão valer pelas três ultimas épocas na segunda divisão. Se bem que com um treinador destes, acho difícil não lutarmos pela manutenção até ao fim. Era bom que o tivéssemos por muito tempo.

Saudações beiramarenses