Arquivos

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Comentário sobre o último jogo

Já muito se disse e escreveu na imprensa e nos blogues sobre a vitória do Sp. Braga, em Aveiro, no último Sábado.

Como ainda ninguém tinha escrito nada sobre este jogo aqui no BN, deixo agora aqui a minha opinião.

O Braga venceu bem e a arbitragem, apesar de ter cometido alguns erros, penso que não teve influência no resultado final. Quando assim é, só resta felicitar o adversário e tentar perceber o que nos correu mal.

Mais do que qualquer opção do treinador ao nível das substituições, o que não gostei neste jogo foi da forma excessivamente recuada como a equipa abordou a segunda parte. Se, na primeira parte, o Beira-Mar ainda fez alguma pressão a meio-campo que permitiu lançar alguns contra-ataques perigosos, na segunda (até ao segundo golo do Braga), em termos ofensivos a equipa não existiu.

Já na Figueira da Foz não gostei da exibição do Beira-Mar, a qual acabou por ser relegada para segundo plano face à péssima arbitragem do Jorge Sousa. As transições rápidas constantes fazem parte do "ADN" desta equipa e foi com essa atitude que me habituei a ver e a apreciar o estilo de jogo do Beira-Mar nestes últimos dois anos. Acho que é fundamental não perder a identidade em campo, independentemente do resultado que se verificar num determinado momento do jogo.

Nota muito positiva para a actuação do Jaime no centro da defesa e para a jogada do golo do Beira-Mar, um autêntico "hino" ao futebol de transição rápida protagonizado por Artur, Yartey e Tatu.

Deste fim-de-semana, destaque para as importantes vitórias das equipas séniores de futsal e basquetebol do Beira-Mar.

4 comments:

Anónimo disse...

O problema da forma como a equipa jogou, já tinha sido visto na Figueira.

Foi pena não se ter escrito sobre isso e tenham justificado tudo com os supostos erros do árbitro.

Por isso é que não devemos perder tempo a falar de arbitragens.

Agora com o Braga o problema foi o mesmo, só que não há arbitragem para justificar os erros próprios.

Esqueçam as arbitragens e ponham o foco nos profissionais, senão a incompetência é justificada pelos erros dos árbitros.

Anónimo disse...

o problema da equipa é que deixou de ser equipa

Anónimo disse...

Quem como eu, que esteve na figueira viu que as culpas não foram só da equipa de arbitagem...

Vitor Peixoto

PN disse...

Leandro Tatu tem se portado como um dos mais importantes jogadores do Beira-Mar. O avançado brasileiro já leva 10 golos esta época (9 no campeonato e 1 na Taça da Liga), estando na quinta posição na lista de melhores marcadores. É urgente a Direcção do clube tratar da renovação o quanto antes, já que é um atleta de extrema importância para o nosso clube e está em final de contrato, assim como Rui Rêgo que se tem portado como um dos melhores guarda-redes da prova, merecendo, no meu entender, a chamada à Selecção de Portugal.