Arquivos

quinta-feira, 26 de maio de 2011

O que temos para decidir...

De acordo com a ordem de trabalhos inscrita na convocatória da Assembleia Geral marcada para hoje à noite, os sócios do Beira-Mar serão chamados a pronunciar-se sobre duas questões, as quais poderão ser objecto duma única votação - caso haja apenas uma proposta - ou duas votações - caso sejam submetidas a votação mais do que uma proposta de SAD.
No entanto, num e noutro cenário, é importante que se perceba que em causa estão duas questões muito concretas: A primeira prende-se com a definição da vontade da maioria dos sócios em constituir uma SAD para o futebol profissonal ("Sim" ou "Não"?), enquanto a segunda – que só se verificará em caso de vitória do “Sim” na primeira - relaciona-se com o modelo (pressupostos / condições mínimas de participação do clube) de SAD a constituir.
Note-se que, quanto à segunda questão, o modelo que for aprovado não obrigará a direcção do clube a optar por algum investidor em concreto (embora se saiba qual a vontade da direcção quanto a este aspecto). Ainda assim, caso a SAD seja aprovada, depois dos sócios escolherem o modelo que pretendem (caso sejam submetidos a votação mais do que uma proposta de modelo), cumprirá sempre à direcção a última palavra (sem necessidade de qualquer aprovação em Assembleia Geral) no que concerne à negociação das condições máximas de participação do clube na SAD e à escolha do investidor ou investidores que serão os parceiros do clube no projecto de SAD que os sócios venham a aprovar.
Deste modo, espero que os sócios que vão à Assembleia não levem a expectativa de que vão lá para assistir a alguma “luta de galos” entre potenciais investidores. Não nos vamos reunir para discutir ou votar pessoas. Não é isso que estará em causa. Esta Assembleia é importante para discutir e votar um modelo para o clube e uma proposta de concretização desse modelo caso seja aprovado.
Por isso, é legítimo que os sócios apresentem propostas no decurso da Assembleia e é fundamental que a direcção e os investidores potencialmente interessados na SAD sejam sensíveis às mesmas.
A escolha do(s) investidore(s) será da exclusiva competência da direcção que, confiamos, saberá posteriormente a esta Assembleia escolher o(s) melhor(es) intérprete(s) para o guião que os sócios definirem.

5 comments:

Anónimo disse...

Finalmente tivemos uma exposição lucida.
Vamos votar SAD: Sim ou Não
O resto é treta.
Tenho até duvidas se se tem que votar a estrutura societrária. Isso é da competencia da direcção.
A estrutura pode se 80\15\5 hoje e manha 70\25\5 e daqui a um mês 40\40\20.

Nuno Q. Martins disse...

Deixo aqui duas chamadas de atenção:

1ª Publiquei na barra lateral (do lado direito) ligações para algumas peças que o Diário de Aveiro publicou nos últimos dias relacionadas com o assunto SAD:
- Declarações do Prof. Meirim;
- Entrevista de Majid Pishyar;
- Entrevista de Mano Nunes.

2ª Não aceitei a publicação de dois comentários anónimos e continuarei a não aceitar a publicação de comentários anónimos que se limitem a dizer disparates ou a espalhar a confusão. Peço que procurem outros sítios para lançar frustrações. Pela minha parte, este fórum serve apenas para discutir o Beira-Mar com seriedade.

Alien disse...

http://aviscosidades.blogspot.com/2011/05/nao-sou-socio-e-no-universo.html

Anónimo disse...

Obrigado Nuno pela tua lucidez. Deves ter mesmo frustrado expectativas a quem queria ver nesta assembleia um ringue de boxe ou um tanque para lavar roupa suja. Bem hajas!
Abraço amigo.

Anónimo disse...

ganhou a SAD.
291 a favor, 4 contra e 7 abstenções