Arquivos

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

As assistências dissecadas



Nas últimas cinco épocas, a afluência de espectadores aos jogos do Beira-Mar tem sido muito discutida. Para que a discussão seja mais organizada e fundamentada, penso que os registos globais devem ser o ponto de partida, bem como alguns dados passíveis de serem de lá extraídos.


Atente-se por exemplo no primeiro jogo deste ano, com o Sporting, que saltou directamente para o terceiro posto de assistências (ver quadro ao lado).


Dos 85 jogos disputados no espaço destes 5 anos, o Beira-Mar regista números que valem a pena serem pensados com cuidado (não incluí jogos da Taça de Portugal pois os numeros de espectadores não foram sendo divulgados e alguns jogos não eram fiáveis):




- Média total de espectadores por jogo: 3171

- Média de espectadores por jogo sem Sporting, Porto e Benfica: 2033

- Média de espectadores por jogo na 1ªLiga: 5700

- Média de espectadores por jogo na 1ªLiga sem Sporting, Porto e Benfica: 2742

- Média de espectadores na 2ªLiga: 1934

- Percentagem de jogos acima das 5 mil pessoas: 11,8% (10 jogos - todos os jogos com os grandes, o jogo da subida com o Carregado, o jogo fatidico da descida com o Paços de Ferreira e um jogo com a Académica)

- Percentagem de jogos acima das 3 mil pessoas : 27% (23 jogos)

- Percentagem de jogos acima de 2 mil pessoas: 44,7% (38 jogos)

- Percentagem de jogos com menos de mil pessoas: 20% (17 jogos, 7 dos quais da Taça da Liga)


*Nota: CC-Carlsberg Cup

6 comments:

André Raio disse...

Bom post. Não tinha noção que aquele estádio, com o Beira-Mar a representar Aveiro, só passou uma única vez das 20.000 pessoas. Triste realidade.

Anónimo disse...

Para dissecar temos que fazer benchemarking.

JMO disse...

João,

Excelente trabalho mas falta-te pelo menos um jogo com o Leixões (pelo menos um ;) que teve um número de espectadores extraordinário - se não foi acima de 5 mil pouco faltou.

JMO disse...

João, esquece... o jogo que eu me refiro foi efectuado no último ano em que as duas equipas jogaram juntas, em 2005-2006 (mais precisamente em Fevereiro de 2006) quando o site da Liga ainda nao indicava espectadores...

Nuno disse...

Esta taça Calsberg é um fiasco, só a final apresenta boa assistencia, as equipas jogam com a segunda linha e pra isso nao vale a pena comprar bilhete

Carlos Gabriel disse...

Boa tarde a todos!
Faz muito tempo que não "pisava este relvado", os ultimos tempos, quer a nivel profissional quer a nivel pessoal, têm sido bem exigentes e o tempo para navegar nestas águas tem sido escasso.
Mas hoje, ao espreitar este post, sobre um tema que me faz recordar uma agradável(e trabalhosa) convivencia no seio da familia beiramarense, resolvi também deixar aqui algumas observações.

Da pequena pecentagem de jogos com mais de 3.000 espectadores encontram-se 5 jogos da época 2008/09, para os mais esquecidos a pior época desportiva das últimas decadas.

Que, se retirarmos os jogos com os 3 grandes, a época acima referida será provavelmente a que mais assistência teve.

Reparem que nessa mesma época o jogo com o Portimonense teve mais assistencia (2.214) que na época passada contra a mesma equipa e na primeira liga (2.165).

Onde quero chegar com esta análise é que, numa época sem resultados desportivos, sem dinheiro e com os sócios do Beira-Mar a virar as costas à equipa, fez-se, e apenas a partir do fim do 1º terço do campeonato, um trabalho meritório, com resultados bem evidentes.

Agora, com a equipa na 1ª liga,que até está a começar esta época com excelentes resultados desportivos, com estabilidade a nivel dos seus corpos dirigentes, e, aparentemente, com dinheiro, o que se pede é que trabalhem no sentido de fazer crescer o Beira-Mar em todos os sentidos.

Confesso que, nesta matéria até já vi no primeiro jogo alguns bons indicios: A criação da mascote; o circuito de TV a trabalhar nos ecrans do estádio; o camião do Beira, etc

O futuro dirá se são investimentos para fazer crescer o nosso Beira ou se serão apenas uma forma de distribuir alguns euros...

Acima de tudo, independentemente dos homens do leme, que o Beira-Mar deixe o estado moribundo das ultimas épocas e que passe a respirar saude por todos os poros.

Beiiiiiiiiiiiira

Gabriel