Arquivos

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Dia de São Rego (e ainda Nuno Patrão)

«(...)Se há jogos em que não temos uma pontinha de sorte, hoje tivemo-la.». Foi assim que Rui Bento analisou o empate! Não entendo a que se refere quando diz que não temos sorte em outros tantos jogos, isto porque simplesmente não a procuramos: não encontro na Primeira Liga outra equipa que tão poucos lances de golo cria.
A sexta derrota consecutiva só não acontece porque temos o privilégio de ter no plantel o melhor guarda-redes Português da actualidade (possivelmente a par de Quim). O ponto conquistado na Capital Vidreira caiu do céu, com a assinatura de São Rego. Quanto ao resto, a equipa muda de jogadores mas as lacunas mantêm-se gritantes: a passividade e apatia são por demais notórias. E venha quem vier,
digam o que disserem esse é um trabalho que Rui Bento não o faz, ora por incompetência, ora por falta de convicção na transmissão da mensagem (se é que ela existe). As declarações do mesmo, em cada final de jogo, são repetitivas e gastas, sempre enroladas, sem sentido e com um reflexo lento. Até entendo que procure convencer as pessoas do esforço da equipa e que o próximo jogo será melhor. Mas esse discurso (titubeante e cheio de lacunas), completamente automatizado, já não convence a ninguém. Vejamos: substituiu Balboa que estava a ser dos melhores em campo ao intervalo, mantendo Élio (possivelmente o menos produtivo). Dias, também uma agradável surpresa, foi retirado. A poucos minutos do final entra Jaime, deliberadamente para manter o ponto dado por Rui Rego. O Leiria era uma equipa perfeitamente ao alcance do Beira-Mar, mas Bento fez tudo para que não fosse, transmitindo uma ideia negativa e desmotivadora aos atletas. Estou convencido que se houvesse um pouco mais de ambição neste momento estaríamos com 19 pontos.
Quanto aos restantes jogadores destaco a segurança de Nuno Coelho na sua posição e, uma vez mais, a boa entrada de Nuno Lopes. Nildo e Cássio estiveram uns furos abaixo do que podem dar.
Este empate não disfarça o momento negro que atravessamos (por amor de Deus não branqueiem factos) e em confronto directo temos desvantagem com o Leiria. Os únicos dois aspectos positivos da tarde da Marinha Grande foi o ponto ganho e a saudável confraternização com a Frente Leiria (foto), aquela que será a claque que melhores relações temos, praticamente desde o nascimento de ambos os grupos.
No próximo Domingo, às 16h, recebemos o Vitória de Setúbal, num jogo onde a máxima é… ganhar ou ganhar!

Muito se tem escrito e opinado nos blogues relativamente à reunião de Sexta-Feira com Nuno Patrão, nomeadamente que tal encontro serviu para “anestesiar” a blogosfera Beiramarense. Pois bem, tais comentários, elaborados futilmente por anónimos, caiem rapidamente em dezuzu porque, simplesmente, não têm cabimento. E como já referi, a reunião fugiu para uma conversa de café que já estava à espera. Às perguntas do Nuno Quintaneiro, Nuno Patrão respondeu o que nós já sabíamos ou suspeitávamos: desconhece os aspectos-base do contrato entre o Beira-Mar e o Beira-Mar SAD, e que Majid Pishyar e a sua empresa (32 Group) passam por graves dificuldades financeiras, reflectidas no Servette. Mas há uma coisa que me intriga: se as dificuldades só começaram há uns meses a esta parte como se justifica que o clube austríaco (Admira Wacker) onde era investidor tenha falido em 2008.
Por outro lado ficou mal explicada a relação entre Nuno Patrão e Ulisses Santos, isto no sentido em que são os dois empresários, de empresas diferentes, sendo que existe uma cumplicidade mutua e notória nos negócios. É o mesmo que eu tenha, suponhamos, um café e arranje cliente para o café do vizinho.
Nuno Patrão é assalariado da 32 Group, mas embora não o diga categoricamente, também faz parte da estrutura da SAD (directa ou indirectamente), ora por aconselhamentos (foi, manifestamente, o principal responsável pela controversa vinda de Rui Bento, poucos dias depois de Leonardo Jardim e sem provas nenhumas em escalões inferiores), ora para gestão de activos (colocação de jogadores e contractos).
Já comentei com amigos: tudo o que Nuno Patrão disse no encontro ou acabou numa conversa de café ou disse o que já tinha dito na entrevista que deu ao jornal O Jogo, em Dezembro último.

13 comments:

Anónimo disse...

Não seria mais fácil pedir uma reunião com o Sr. Vinagre? Ou com o Sr. Machado? Não são eles que nos representam?

Anónimo disse...

O homem passou-vos a mão pelo pelo.

Anónimo disse...

O Pedro que tem um trauma muito grande com o Sporting ainda não reparou que o melhor guarda-redes português da actualidade é o Rui Patrício que tem salvo o Sporting jogo atrás de jogo e tem disfarçado que o Sporting não esteja ainda pior...Mas vá lá, desta vez não falou da Académica...

Filipe Neto disse...

Caro amigo Pedro concordo com todo o que dissestes aliás quando ouvi as declarações do Rui Bento na sala de imprensa pensei, mas o homem não vê as mesmas coisas que o comum dos mortais, enfim é um tema que acho que já nem vale a pena ser discutido, só digo é que se ele não sair dicilmente nos aguentamos na 1º Liga, quanto á ressaca da reunião não se ficou a saber nada de novo, se era para esclarecer não se esclareceu nada, apenas o que transpareceu foi uma tentativa de abrir um elo de comunicação entre a SAD e o universo bloguista aveirense, nesta parte que escreveste "e que Majid Pishyar e a sua empresa (32 Group) passam por graves dificuldades financeiras, reflectidas no Servette. Mas há uma coisa que me intriga: se as dificuldades só começaram há uns meses a esta parte como se justifica que o clube austríaco (Admira Wacker) onde era investidor tenha falido em 2008.", demonstra bem a vontade de investir dele, já que até os badalados 500 mil euros que ele adiantou o ano passado estão agora a ser amortizados através da exploração de publicidade, enfim com o dinheiro que pôs para a constituição da SAD comprou um mais uma loja para comercializar os seus produtos. Adeus piscinas, pavilhão, etc etc, já foram os aneis todos agora vão começar a ir os dedos.
saudações aurinegras

Anónimo disse...

O patrão não vos anestesiou, amansou-vos.

Anónimo disse...

para que serve ouvir o tipo dizer o disse na entrevista ao Jogo?

Anónimo disse...

El patron es lo maximo

C. Silva disse...

Ao anónimo das 10:06.

Como é que o V. patricio é melhor que o n/ Rego se o V. lagarto deu um tremendo frango contra o marítimo que até o Domingos foi fazer queixa ao Pinto da Costa. Haja Paciência.
Quanto aos nódoas negras nem vale a pena falar já que se o bentas no Domingo não for besta o Beira ultrapassa esses coimbrinhas.

Hugo disse...

Pedro,
Não percebo essa ideia de desvalorizar a conversa com o Patrão, que é nem mais nem menos, quem manda na SAD (substituíndo o pishyar)!!
Nem administrador A, nem B...
todos eles são uns fantoches porque quem manda é o Sr. Patrão...

Basta ter uma conversa com os funcionários da SAD e percebes quem é que toma as decisões!!

Quanto ao protocolo, já o disse uma vez: foi escrito num pedaço de guardanapo e estão neste momento a redigir uma versão mais adequada para se mostrar na Assembleia-Geral!

Anónimo disse...

Já agora Pedro Nuno ninguém se lembrou de perguntar pela secção de atletismo? O que é que se pretende com esta secção?

Rui Almeida disse...

a malta está a fazer uma grande confusao com a dita "reunião" que nao foi reuniao nenhuma,apenas uma conversa do Nuno Patrao com sócios do beira-mar..o resto que para aí fálam é para ser discutido ou questionado numa AG,se voces se derem ao trabalho de lá ir claro,é mais fácil vir aos blogues mandar umas "papaias" para o ar.Acabem lá com as suposiçoes,nem o pedro,nem o nuno devem explicaçoes a quem quer que seja..caso queiram saber mais alguma coisa,contactem o Sr Nuno Patrão,o homem é "acessivel" mas nao esquecer que o carnaval já lá vai,logo a mascara de anónimo nao seja muito adequado para questionar quem quer que seja.

José de Castro disse...

Até o Manus Nenes apoia o Zé Caxide. Ao que nós chegamos.
É tudo fruta do mesmo saco. Podre, claro

Anónimo disse...

é tudo podre, claro. só não sei onde estavam os espertos todos que se juntaram desde agosto, grandes beiramaristas todos, que só querem salvar o clube. e um iraniano que é beiramarista desde pequenino mais pequenino que o galo de barcelos que tambem ama a abeira mar. vão-se catar!