Arquivos

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Servette em vias de extinção

Deixo-vos uma notícia que o site Zero Zero divulgou hoje e que deve deixar o universo Beiramarense deveras alarmado com o, como ouvi dizer hoje, “encharcamento monetário do futebol moderno”. Bem, remeto-me ao silêncio dos prudentes.

"O Servette, orientado pelo português João Carlos Pereira e com Costinha como diretor desportivo, dificilmente continuará no futebol profissional na próxima época,
seguindo as pisadas do Neuchâtel Xamax, expulso ainda esta temporada da Liga
suíça.
A situação financeira do emblemático clube de Genebra é dramática e apesar do
proprietário Majid Pishyar - o mesmo que detém o Beira-Mar - ter conseguido
evitar um fim antecipado à semelhança do Xamax, não será capaz de o fazer uma
segunda vez no final da época.
Para além de Pereira e Costinha, alinham no Servette por empréstimo do Benfica Roderick Miranda e Yartey (ex-Beira-Mar), bem como Carlos Saleiro, antigo jogador do Sporting.
Recorde-se que o Servette ocupa atualmente a 4ª posição da Liga suíça, com 24 pontos
."

4 comments:

Anónimo disse...

Já estamos a ver a casa do vizinho a arder.
Chamem já os bombeiros!

Anónimo disse...

Foi decretada a falência do Servette

http://www.dn.pt/inicio/interior.aspx?content_id=608404

Anónimo disse...

Essa notícia é de 05 Fevereiro 2005. O Iraniano não vai deixar falir o Servete nem o Beira-Mar são apenas 90 mil francos em dívida na suíça.
Levantam problemas sem necessidade nenhuma.

Anónimo disse...

então consta que este pedro marques pediu emprego ao iraniano. será verdade?