Arquivos

quinta-feira, 8 de março de 2012

O "caso" das quotas

Um dos temas que, na última Assembleia Geral, mais dúvidas levantou (assim como espanto e indignação) foi a transferência indevida de cerca de 110 mil euros resultantes da quotização para a SAD. Nunca, em parte alguma do protocolo celebrado entre o clube e a SAD, é referido que as verbas resultantes das quotas, pagas pelos associados, tinham como destinatário a Sociedade Anónima, tal como tinha prometido a Direcção, e como já me havia afirmado o próprio representante de Majid Pishyar, Nuno Patrão: “os dinheiros das quotas destinam-se às modalidades amadoras.” Esta situação foi denunciada pelo ex-Presidente-Adjunto, António Cruz, que falou em 140 mil euros. Jaime Machado confirmou o sucedido, no entanto afirmou que foram cerca de 110 mil euros a quantia resultante da quotização “desviada” para a SAD.
Não se aceita que por falta de liquidez da SAD sejam usados dinheiros dos sócios, ainda para mais à revelia dos mesmos: é bastante gravoso! Ou seja, a SAD (cujo investidor é detentor de 85% do capital) financiou-se, indevidamente, à custa do clube algo, verdadeiramente, inaceitável. O acordo é peremptório: a verba resultante da quotização é uma receita do clube. Portanto há que assumir, de forma categórica, o erro, avocar responsabilidades e culpas: é uma situação onde a culpa não pode morrer solteira, a bem da transparência. Chega de proferir um discurso em que tudo está bem e que tudo irá acabar melhor, porque é manifestamente mentira. Honra seja feita ao Dr. Jaime Machado que assumiu erros e insatisfação pelo incumprimento porque ele, manifestamente, existe e não vale a pena branquear evidências e factos. Os mesmos que falam em “incumprimento pontual” são os mesmos que daqui a uns meses falarão em “incumprimento definitivo”: espero estar equivocado.
A verdade é que com esses 110 mil euros (ou 140 mil) os pagamentos em atraso às actividades amadoras (basquetebol, futsal e futebol de 7) já poderiam ser realizados, assim como o aluguer de um espaço que albergasse a sede do clube.
Reitero: há que assumir culpas e julgar quem permitiu tal operação. Como sócio exijo que tal seja feito, como sócio sinto-me enganado, porque se o dinheiro que despendo, mensalmente, em quotas tiver como destino a SAD pura e simplesmente não pago.
Convém dizer que os 110 mil euros (ou 140 mil) entraram nos cofres da SAD em Agosto/Setembro. Pois bem, é nesta mesma altura que a verba resultante da quotização é maior, mercê o início da época e, consequentemente, actualização e pagamento de quotas e bilhetes anuais.
Por fim, escusado será dizer que o Beira-Mar ainda não foi ressarcido e é fundamental que tal aconteça, sendo que é a sobrevivência das modalidades que se encontra em jogo.

P.S. 1 – Na Assembleia Geral ficaram por responder duas questões relativamente à atleta Sónia Tavares: quem pagou os 3 mil euros, ao Sporting, pela sua vinda para Aveiro? Quem sustenta o ordenado desta atleta profissional?

P.S. 2 – Cristiano, jogador contratado no último Verão pelo Beira-Mar, rescindiu hoje com o clube, dois meses depois de lhe ter sido instaurado um processo disciplinar, por mau comportamento no jogo com o Sp. Braga. Foram necessários 60 dias para haver uma conclusão definitiva de um processo altamente mal conduzido, com falhas e moroso. Além do mais é só mais um caso entre tantos outros: Vasco Fernandes, assalariado durante 5 meses, nem sequer foi inscrito; Edson Sitta e Tiago Cintra, contratados na reabertura do mercado, lesionaram-se no primeiro treino. Ambos os atletas eram pouco utilizados no Vit. Guimarães e Leixões, respectivamente, sendo que o primeiro não jogava há mais de um ano!!!

21 comments:

Acácio disse...

Outrora o Dr machado deveria sair da SAD por ser um banana - agora já é um heroi;
Na AG meteram o rabinho entre as pernas, agora vêm para os blogs bufar-se (leia-se desabafar)

Filipe Neto disse...

Sim por acaso o caso dos três mil euros não foi esclarecido porque entretanto estava bastante baralho na sala e apenas eu percebi,porque estava perto do sr.Cruz que alguém da direcção proferiu a frase eu também não sei,embora não possa precisar quem foi, mas já que o sr Ulisses Santos estava presente ele poderia ter esclarecido isso porque ao que parece é ele o agente da atleta, mas como entrou mudo e saiu calado

Pedro Nuno Marques disse...

Caro, “Acácio”: decerto que não esteve presente na AG, porque se tal tivesse acontecido não dizia as banalidades que diz. Adiante, meu caro!

Filipe: ainda ontem comentei com um amigo sobre o silêncio de Ulisses Santos na AG, ainda para mais uma das questões estava directamente relacionada com a Sportis.

Anónimo disse...

Caro Pedro
Não ligue aos acácios pára-quedistas. Todos sabemos donde vêm estes comentários. A assembleia geral foi bastante esclarecedora. Nem os sócios nem a direcção esperavam tanto esclarecimento.
E mais não é preciso dizer.

Saudações!

Anónimo disse...

Não ligues Pedro. Estes bananas que para aqui comentam, são os gestores do www.beira4ever.blogspot.com, ou seja, funcionários da SAD. Enfim...!

Hugo disse...

Quanto ao cristiano e às demais contratações da SAD, não vale a pena lamentos..

A SAD é um EMPRESA PRIVADA!!

Têm toda a legitimidade para fazerem o que bem entenderem...

Pedro Nuno Marques disse...

Aceito esse seu ponto de vista, no entanto acho que nos devem algumas justificações, poucas que sejam. Por algum motivo somos sócios e Beiramarenses. Acho que esta falta de transparência é prejudicial. Além do mais essa do “fazer o que bem entenderem” não me entra na cabeça: não cumpriram o que prometeram na questão do pavilhão, e usaram de forma indevida os dinheiros das quotas. Portanto, a partir do momento em que existe incumprimento, temos todo o direito em nos manifestarmos.

Acácio outrra vez disse...

O Pedro em vez de criticar quem aqui escreve dever-se-ia ter empertigado na AG mas foi um voz- mansa e se não fosse o Quintaneiro como é habital, lá se ia a transparência. Aprende a falr como escreves porque assim não vais lá.

Pedro Nuno Marques disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pedro Nuno Marques disse...

Caro “Acácio outrra vez”,

Eu intervenho quando tenho de intervir, e intervi quando tive que intervir. Mas uma coisa é certa: se falasse da mesma forma que escreves sentia-me, no mínimo, ridículo! Possivelmente dirão “Pedro, não respondas a esse individuo”, mas dá-me um gozo tremendo responder a amputados cerebrais, com um grave complexo de inferioridade. Quanto ao Nuno Quintaneiro: maior Beiramarense que ele não há, e a sua presença faz de pessoas como tu (e outros) pequenos, pequeninos, fazendo de tudo para o afastar da vida do clube.
Prometo-te, desde já, que aceito todos os teus comentários, mas também prometo que não te respondo mais.

Anónimo disse...

Isto passou a ser um espaço de acólitoelogios

Again, Acácio disse...

Realmente não intervieste, mas sim "interviste" - não se diz "intervi" (do verbo interver?) mas sim, intervim (do verbo intervir) - aprende que estou a ficar velhote, mas sempre e só Beiramarista.

Anónimo disse...

Escreve-se "intervi" ou "intervim"?

Queixava-se alguém que outro alguém não saberia falar... E escrever ? - pergunto eu.

Pimenta no cu dos outros é manteiga no nosso, segundo um velhinho ditado popular.

Brincadeirinhas de miúdos, bué de palavrosos mas népia de competência e de acções. Calem-se ou assumam-se.

Anónimo disse...

os taxistas da sad andam alfitos

Pedro Nuno Marques disse...

Obrigado pela correcção. Acontece e dá para aprender.

Anónimo disse...

Cantas bem, mas na m´alegras.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...

Pedro, continua, esforça-te, chegas lá.

miguel tomaz disse...

Boa Tarde

Depois de ter estado presente na AG onde o sr.Pedro Marques também esteve, observando-o bastante acanhado e pacato, somente com uma a intervenção inicial...supreende-me em vez de ter pedido a palavra para puder esclarecer estes pontos antes mesmo da AG terminar, venha agora para os blogues questionar o que quer que seja!

Meu caro, perde toda a credibilidade quando teve uma grande oportunidade de esclarecer tudo na AG, pois este lá presente. È uma burrice convocar uma AG e sair de lá com duvidas, ainda para mais a AG sendo convocada pelo seu movimento.

É mais fácil falar de fora...estou a ver que com este tipo de acusações queira colocar o movimento Beira-Mar Transparente a angariar mais assinaturas para se convocar mais uma AG extraórdinária.

Isto são coisas para serem ditas na cara e nos locais certos, e a direcção estava presente para lhe esclarecer tudo.

Isto há cada uma!

P.S. Mas também lhe digo, muito mal vai este blogue (Bancada Norte) que desde que chegou parece o seu blogue pessoal. Era um espaço de maior elevação e agora está totalmente descaracterizado.

Pedro Nuno Marques disse...

Caro “Tomáz”,

1. Congratulo-me por saber que esteve atento à minha pessoa, na última AG: se soubesse que tal iria acontecer tinha aparado a barba e vestido melhor. Desde já as minhas desculpas.

2. Intervim no início como forma de introduzir a temática-base da AG. De resto interpelei, por diversas vezes, o Presidente da Direcção. Mas isso é completamente irrelevante. Pelos vistos não esteve tão atento à minha pessoa, o que me deixa um pouco desiludido.


3. O Beira-Mar Transparente é um movimento constituído por meia-dúzia de sócios, onde não existe nenhum líder. Mas como está mais focado na minha pessoa é normal que menospreze os restantes.

4. O tema das quotas foi introduzido quando me ausentei durante 10 minutos para me hidratar, urinar e fumar (sou fumador, e se estiver demasiado tempo sem nicotina começo a suar nas axilas e, como estava atento à minha pessoa, podia deixá-lo com má imagem de mim), daí não ter apanhado o assunto na totalidade: só depois é que me explicaram.


5. O Bancada Norte é um blogue amplo em termos opinativos. Eu, possivelmente, sou o “cancro” deste espaço. Mas desde que tenha o apoio do Nuno Quintaneiro, João Oliveira, José Ribeiro e Francisco Dias, cá continuarei a dizer umas coisas. Mas é normal que considere o BN como o meu blogue pessoal: é um reflexo por se concentrar em demasia na minha pessoa.

Saudações Beiramarenses!

Anónimo disse...

é so gatunos, vamos ver o beira mar ir á falencia como o servete.
Nuno patrao a por a mao...
Isto só da para alguns...
Onde anda o iraniano?
vejam uma noticia dum jornal brasileiro que diz que o magid desaparteceu com receio da falencia do servete.