Arquivos

terça-feira, 5 de julho de 2005

A entrevista do Inácio

Gostei particularmente de alguns excertos da entrevista de Augusto Inácio ao Diário de Aveiro que passo a citar:

«Não digo que é o principal (candidato à subida)... Queremos subir, agora os outros que assumam também as suas convicções.»

«Para mim é um bom plantel, mas uma coisa é ter um plantel e outra coisa é ter uma equipa. Depende de mim fazer uma boa equipa, porque já temos jogadores.»

«No entanto, às vezes é preferível, no escalão de posições em que estamos – neste caso Liga de Honra, SuperLiga ou estrangeiro –, dar um passo atrás para dar dois à frente amanhã. Eu aposto neste clube como um projecto de futuro e como grande clube que poderá ser. E eu quero estar integrado nessa caminhada.»

«Eu não gosto muito da palavra «projecto», porque perdem-se três ou quatro jogos e lá se vai o projecto.»

«No novo estádio, falta um relvado de apoio, porque temos de andar sempre com os equipamentos atrás de nós, o que não é bom.»

«Acima de tudo é um campeonato (Liga de Honra) equilibrado, mas onde normalmente não se joga bem – é mais de luta, raça, vontade, mas em termos técnicos deixa muito a desejar... Temos de ter todas essas armas e mais qualquer coisa para sermos melhores que os outros.»

«Independentemente de termos o nosso regulamento pessoal, de balneário, o clube tem de ter um regulamento interno para eles (jogadores) saberem de antemão o que lhes poderá acontecer no dia em que prevaricarem.»


0 comments: