Arquivos

segunda-feira, 21 de novembro de 2005

Inácio e a deslocação a Portimão

"Considero o resultado justo. Empatar fora e ganhar em casa deve ser o suficiente para atingir o que pretendemos".
Declaração de Augusto Inácio após o jogo em Portimão
In beiramar.pt
Em teoria, esta afirmação até pode ser verdadeira. Em termos práticos, o Beira-Mar não irá ganhar sempre em casa nem irá sempre empatar fora. Parece-me importante ganhar fora para contra-balançar algumas derrotas menos esperadas que possam vir a acontecer, como já foram exemplo esta época os jogos em Marco de Canavezes e Lamas (Taça de Portugal). Convém, ainda, não esquecer a dificuldade que o Beira-Mar evidenciou para vencer os últimos dois jogos em casa (Gondomar e Desp. das Aves). No final da época descem 6 clubes. A pressão no último terço da prova vai ser grande. Os candidatos à subida vão encontrar aflitos a "comer a relva" se for preciso! Esta é a altura certa para ganhar vantagem sobre os adversários e não para ficar satisfeito com empates fora.

Ainda a deslocação a Portimão...
Foi pena o mau tempo que se fez sentir. Desde que a comitiva auri-negra chegou a Portimão não parou de chover. A manhã acabou por ser passada em cafés e centros comerciais. Felizmente, à hora de início do jogo, o São Pedro fez o favor de suspender a chuva. Apesar de alguns aguaceiros, deu para ver o jogo e prestar o apoio vocal na bancada. O desempenho dos UAN neste fim de semana é alvo de análise no Blog oficial do grupo. Quanto à deslocação da comitiva auri-negra a Portimão, recomendo uma visita ao Blog Ultras Beira-Mar 1922 que nos presenteia com uma foto-reportagem em 3 actos.

0 comments: