Arquivos

quarta-feira, 30 de agosto de 2006

BASQUETEBOL: Constituição do plantel

O Beira-Mar, após dois anos de interregno, volta este ano a competir oficialmente com uma equipa sénior masculina no CNB2 (Zona Norte) do basquetebol nacional. João Miguel, depois de várias épocas a trabalhar na formação do Galitos, regressa ao Beira-Mar com a função de orientar uma equipa constituída maioritariamente por atletas que anteriormente já tinham representado o clube. É o caso, por exemplo, de Carlos Martins e de Artur Aleixo, ambos com dez anos de clube, ou até mesmo dos mais conhecidos Rui Martins, Fernando Santos e António Alberto, um trio que, na condição de ex. jogadores do Galitos, chegou a conhecer algum protagonismo.

Diogo Maia, ex. Galitos, e Bruno Machado, natural da Figueira da Fiz, são os dois únicos jogadores que nunca tinham passado pelo clube. Francisco Dias, Simão Quina, Artur Rosa, Jorge Farias, Ricardo Pinto, Sérgio Loureiro e Hugo Reis completam o plantel.
Numa equipa totalmente amadora, formada por atletas que jogam por «amor à camisola», torna-se difícil treinar diariamente, daí João Miguel só conseguir ministrar três treinos por semana. «Nesta fase era importante treinarmos todos os dias, mas não é mesmo possível», lamenta o treinador, que ainda assim, se mostra optimista perante este novo desafio da sua carreira. «Sei que estamos a começar tudo de início mas estou animado porque foi aqui, há dez anos atrás, que comecei no basquetebol», afirma.
Sobre a participação no campeonato do CNB2, com início marcado para o dia 22 de Outubro, o treinador aveirense coloca ainda muitas reservas quanto às possibilidades da sua equipa, até porque «ainda não sei muito bem que equipas é que vão entrar» num campeonato que vai conhecer vários «derbies» entre equipas da região.
Pedro Neves in DesportoAveiro

9 comments:

BaD disse...

Faço te a mesma correcção que já coloquei nos comentários do Desporto Aveiro. Eu joguei apenas 2 épocas no SC Beira-Mar. Joguei 10 épocas, isso sim, no Galitos.

Cumprimentos
Carlos Martins

Anónimo disse...

Deviam ter pensado nesta equipa ou nao ter acabado com a equipa de seniores do Beira-Mar a uns 3 anos.
Tanto a equipa de Seniores como as restantes. Havia grande possibilidade de progressao e muito bons jogadores que devido a esse terminus da equipa senior mudaram se para clubes rivais como o Galitos e o Esgueira!
E pena porque tambem eu joguei la por o amor a camisola mas felizmente mudei para melhor. Nao sei se vao conseguir reactivar a formacao do Basquetebol mas Boa Sorte!
Para futuros derbies Aveirenses

Gonçalo Pacheco

Arauto da Ria disse...

Eu não concordo superficialmente, com esta medida,mas no fundo eu entendo-a.Vamos ver no que isto vai dar...
ò Nuno se puderes passa pelo meu sitio e deixa uma dica.

Nuno Q. Martins disse...

Caro Arauto;

Já estive no seu sítio e li tudo com muita atenção. Não me foi possível comentar porque o seu sistema de comentários só os aceita de quem é membro do blog. Se quiser aletar isso, vá às configurações dos comentários no painel de controlo do blog. É que assim ninguém que lhe visite poderá deixar comentário.

Apreciei a reflexão do dito post, sobretudo no que toca à responsabilidade dos pais face à indiferença dos jovens de hoje pela "actualidade" que tanto lhes (nos) deveria dizer respeito. Vivemos uma conjectura de dificuldades no presente e sem perspectivas de melhoria no futuro.

Mas, olhe, não vale a pena dissertar muito sobre o apuramento de responsabilidades. É preciso pôr mãos à obra agora no sentido de preservar o que de bom ainda existe e coinstruir as bases de um futuro, pelo menos, com uma perspectiva melhor. Pois, acredito, alimentamo-nos tanto da água e da comida, como da esperança.

Cumprimentos.

Anónimo disse...

Trata-se de uma ideia peregrina. O clube não tem condições para tanto ecletismo. Não tem. Veremos as consequencias. Bem, mas esta equipa mais parecem os veteranos, para jogarem de quando em vez.
Amaral

Todos ao Pavilhão! disse...

Primeiro, sr. Gonçalo, a nível de formação o Beira-Mar possui de momento 2 equipas de minis, 2 de iniciados, 2 de cadetes e só ainda não tem de juniores porque ainda não há jogadores suficientes, julgo que faltam 2 pra poder ter um plantel. Sérniores passam a haver 2 equipas! Se mudaste pra melhor, ainda bem, mas 90% da equipa que vai tentar voltar a dar alegrias pelo Beira, também já lá jogou e pelo amor que tem, voltou! Não estou a dizer pra voltarem todos os que por lá passaram, tou a dizer que existe vontade e determinação da parte de quem lá está e esteve, e como já sabem honrar e defender a camisola, julgo que tudo correrá bem.
Haja esperança e vontade de todos, e quando digo todos, não me referiro só a atletas e dirigentes, como todos sabemos, o Bera-Mar sempre teve uma grande massa de adeptos no pavilhão e é essa massa que de novo tem de ajudar no apoio... Felicidades a todos e que o futuro lhes reserve o melhor!

fD disse...

Como diz o nome do anterior comentador: todos ao pavilhão!

Contamos com a presença de todos.

Saudações,
Francisco Dias

BaD disse...

Sinceramente, acho que está a extrapolar um pouco a questão da equipa sénior masculina do SC Beira-Mar.

Foi desde já um grande feito só o simples facto de se inscrever a equipa para competição na CNB2, até porque isto logo à partida requer algum esforço financeiro e logistico. Se calhar não ha espaço para tanto ecletismo, mas parece-me que ver o Beira-Mar reduzido a futebol e futsal é triste.

Mas também espero que não exijam demasiado logo à partida. As expectativas e mediatismo na blogosfera está a atingir proporções a meu ver exageradas. Alguns são veteranos, com certeza. Todos com amor à camisola, obviamente. Até podem surgir bons resultados, mas não se ponha a fasquia tão alta. Um degrau de cada vez. Para já, este é um grande triunfo logo à partida, ate porque é importante os mais novos terem uma referência.

Cumprimentos e só vou deixar um repto: vão assistir aos jogos e deem o vosso apoio!

Nuno Q. Martins disse...

Caríssimo Carlos Martins;

A atenção que o BN tem dado ao arranque da equipa sénior de basuquetebol deve-se ao facto de ser uma ideia que também defendo e protagonizada por homens da casa, alguns meus amigos, o que me deixa ainda mais satisfeito.

Faço votos para que a época corra pelo melhor independentemente do desempenho desportivo que venham a conseguir.

Um abraço.