Arquivos

segunda-feira, 15 de janeiro de 2007

Credibilidade posta em causa, imagem muito afectada

Fora do âmbito da blogosfera Beiramarense, os artigos sobre o Beira-Mar sucedem-se. A forma como a parceria com o empresário espanhol Bartolomé Cursach foi implementada e a indignidade do acto de despedimento de Carlos Carvalhal chocaram o meio futebolístico. A título de exemplo, na semana passada, os comentadores do Trio de Ataque (programa da rtpN) derreteram os dirigentes do Beira-Mar. Os jornais desportivos têm focado a situação que o clube atravessa sobretudo em artigos de opinião. Hoje, Camilo Lourenço escreveu sobre o Beira-Mar no jornal Record (clicar em cima da imagem que ilustra este post para aumentar). Um artigo pertinente no qual, lamentavelmente, o autor comete o lapso de se referir à SAD do Beira-Mar. É que até ver, o Beira-Mar não é SAD!
No jornal O Jogo, outro artigo de opinião que se intitula "Ultras" pela mão de Carlos Alberto Fernandes. Um termo curioso mas que ilustra bem o carácter suicida da gestão da actual direcção.
Pela net, quase todos os sites e blogues desportivos abordaram o momento do Beira-Mar. Claro está, a ideia que passa é a de que os dirigentes aveirenses fragilizaram de tal forma o Clube que agora tiveram de vender a sua alma ao "diabo", ou melhor, ao Cursach. Podem ler através destas ligações o que se disse e tem dito no Livre Indirecto, no Megafone, no Mais Futebol, apenas para citar alguns exemplos. Se se derem ao trabalho de lerem os comentários, além da opinião dos autores dos respectivos textos, ficarão ainda com a percepção sobre o que pensam os adeptos comuns em relação ao Beira-Mar.
Enquanto sócio, sinto-me triste e envergonhado com o tom de chacota que domina as opiniões dos adeptos de outros clubes quando se referem ao Beira-Mar...

8 comments:

Anónimo disse...

o Rui Santo no progarma Hora Extra da SIC noticias onte 14/01/06, comentou a parceria e a má gestão do beira mar.

Anónimo disse...

Um pai foi ver o filho, quando prestava no serviço militar o seu juramento de bandeira, quando desfilaram disse para a mulher que o seu filho era o unico que ia com o passo certo.
Estes dirgentes do beira mar são os unicos que pensam que o clube fez uma opção correcta.
O que me parece estranho é o representante da massa associativa não ter uma iniciativa qualquer que ela fosse. Até me parece uma pessoa com capacidade de avaliação, é um general.
Enfim, temos que os ARTURAR.

Anónimo disse...

A luta não pode parar, se damos tréguas ainda acordamos com o Corsário espanhol como Presidente da Sad e com um homem de confiança cá como Director Geral, mas este não tarda nada e chega.
Lembram-se do Farense, foi assim que começou o principio do fim.
Sócio amarrado.

Anónimo disse...

O Sérgio Loureiro, no seu blog pessoal, levantou um outro assunto que não deixa de ser caricato:
"De repente, uma dúvida me assola: em caso de conflito, que autoridade tem Artur Filipe (presidente do clube) sobre Soler (assalariado do inverstidor espanhol)? Sendo verdade que o Beira-Mar nada paga, mensalmente, aos reforços e equipa técnica, terá a direcção algum poder sobre esses novos jogadores e treinadores? Estará a disciplina prevista no protocolo?"

Anónimo disse...

É só deitar abaixo!

Anónimo disse...

ENSAIO SOBRE A MIOPIA
Esta direcção entrou em desespero. Desespero desportivo e desespero financeiro.
Esgotou as receitas previstas para esta época e já recorreu a financiamento bancário para suprir as despesas. Os financiamentos bancários e pessoais são de tal forma altos que um dos principais avalistas exigiu igualdade de responsabilidades. Aqui começa o desnorte.
Surge uma estratégia, os espanhóis.
Os espanhóis cedem-nos jogadores de alto nível, Diego (ex-V. Setúbal B), e nós servimos de puta (montra, em expanhol de Palma).
Ninguém de bom senso percebeu o acordo?
O desnorte continua, a má gestão financeira e desportiva continua.
Sinto vergonha da chacota nacional sobre o nosso clube. Será que não existem ali na direcção pessoas que mesmo em situação de stress consiga utilizar a inteligência? Será que não percebem que encaminham o clube e a eles próprios para o abismo?
Façam um esforço, raciocinem.
Jozzé Saramago

Anónimo disse...

E o Presidente da Assembleia Geral, a vê-los passar.
Não terá responsabilidade por não informar os associados?

Anónimo disse...

Mais um truta para o Beira, para substiyuir o Jardel que foi para o Cipre e pró ano virá (?) para o Benfica. In Sportugal

"A crise de golos no Beira-Mar ACABOU.

Chegou Justino, o goleador. Justino acaba de chegar ao futebol português. Com ele vem a esperança de milhões... milhares... vá lá centenas de... Melhor... a esperança de dois adeptos do Unidos do Samouco.
Veja o que Justino tem para dizer na hora da chegada."
Luis paulo