Arquivos

terça-feira, 12 de agosto de 2008

Quase dois meses de Comissão Administrativa...

Foi a 17 de Junho que a Comissão Administrativa do SC Beira-Mar foi eleita. Depois de um demorado período de indefinição, foi possível encontrar cinco "corajosos" Beiramarenses " que se atravessaram na construção de um projecto de salvação para o clube.
Devido ao meu envolvimento na formação da CA, como aliás, é do conhecimento público, não poderia virar as costas às pessoas que incentivei a avançarem. Ao longo destes dois meses, dentro das minhas possibilidades, tenho procurado ajudar naquilo que me tem sido possível. Têm sido tempos muito duros e intensos. Sinto que esta CA possui um dinamismo e uma capacidade empreendedora que o clube há muito carecia. No entanto, as dificuldades são imensas e os problemas que diariamente se colocam, sobretudo, aqueles que derivam de compromissos irresponsavelmente assumidos no passado, constituem um sério revés à dinâmica que é necessário implementar.
Estão na forja mais algumas campanhas que serão lançadas nos próximos dias. O grande objectivo continua a ser a implementação do clube junto da sua base social de apoio, a valorização da marca e a obtenção de receitas que possibilitem a sobrevivência do clube a curto prazo. O clube vive o seu dia-a-dia de prioridades face aos recursos humanos e financeiros que (não) dispõe.
Dentro das condições disponíveis, foi possível inscrever o clube na Liga Vitalis em tempo "record". Construíu-se um plantel de futebol com critérios bem definidos. Captaram-se, gratuitamente, vários colaboradores que estão a ser fundamentais para o clube (ainda existem grandes Beiramarenses!). Conseguiram-se dois importantes patrocínios para as próximas épocas (Diatosta e Guialmi). Reabilitaram-se e abriram novamente as piscinas exteriores do clube. Lançaram-se campanhas de angariação e recuperação de sócios. Organizou-se a 1ª Gala do SC Beira-Mar, a Sessão de Abertura da Época Desportiva, a Festa de Apresentação do plantel de futebol e a 1ª Feira do Beira-Mar. Estão a estabelecer-se parcerias que visam ajudar as modalidades amadoras a poderem desenvolver a sua actividade com o máximo de autonomia possível. Estão em desenvolvimento vários projectos, entre os quais, o novo site do clube, a recuperação do "Jornal do Beira-Mar", uma campanha sem precedentes no clube ao nível da responsabilidade social e outra vocacionada para criar vantagens aos sócios.
No entanto, existem graves problemas que dificultam a acção da CA. Entre os quais, destaco numa "panada" alguns: a desactualização da base de dados dos associados, as limitações impostas pelo próprio software, a inexistência dos campos de treino para as equipas de futebol (profissional e Academia), a carência de meios para colocar em funcionamento mais postos de cobrança de quotas e venda de bilhetes, as dificuldades em efectuar a manutenção do EMA-MD (nomeadamente, o elevado custo da limpeza das bancadas e áreas adjacentes, bem como, as despesas com pessoal ao nível da organização de jogos), pavilhão e piscinas que clamam por obras urgentes, etc... São, efectivamente, problemas muito difíceis de gerir e ultrapassar, sobretudo, para quem carrega o fardo duma série de compromissos financeiros de curto prazo que estrangulam a acção de quem necessita efectuar algum investimento para potenciar receitas.
Ainda assim, o empenho de todos aqueles que estão envolvidos nesta tentativa (está longe de estar consumada) de salvação do clube é inquestionável e servem estas linhas para consciencializar aqueles que gostam e se preocupam com o clube para a necessidade de todos colaborarmos, dentro do que nos for possível. Deste modo, peço também alguma compreensão e tolerância em relação a alguns erros que, neste penoso trajecto, possam ser cometidos. Tais erros devem ser referenciados, comunicados às pessoas responsáveis, mas não devem servir, em momento algum, de arremesso contra aqueles que, a muito custo, estão a fazer o possível para dar a volta a uma situação que não criaram.
Lembrem-se do lema que tem norteado esta Comissão Administrativa: Juntos, SOMOS A FORÇA DO SC BEIRA-MAR!

2 comments:

Daniel disse...

Nuno, estou imensamente grato à CA e a todos os que a apoiam de perto como tu. As decisões que têm sido tomadas, independentemente de serem as melhores ou não, foram tomadas com a consistencia de um rumo que me parece bastante coerente e desde que haja uma estratégia como parece haver, vão continuar decerto a contar com mais e mais apoio dos sócios e simpatizantes.

Quero apenas deixar uma pergunta pela n-ésima vez, a ver se tenho uma resposta que me cale de uma vez por todas: Porque é que não voltam para o estádio antigo? Tenha a certeza que alguém já deve ter equacionado tal cenário. Quais as razões para que essa decisão não tenha sido tomada?

Obrigado e boa época para o Beira-Mar.

Anónimo disse...

Temos que confiar que, com mais ou menos dificuldade, esta CA há-de levar a bom porto tamanha nau. Claro que vai ser dificil e os sócios terão de estar preparados para algumas coisas (leia-se resultados desportivos) menos bons, mas urge antes de mais relançar o clube e estabilizá-lo.
Só lamento que não se dê melhores condições á Academia e se tenha comentido um erro crasso que foi manter o "cancro" da época passada (o Senhor Vitor Henriques) que muitos dissabores vai continuar a trazer ao clube e afasta, como já afastou, muita gente. Já não será coordenador (ao que julgo) mas continua lá a dar os seus bitaites/conselhos, sempre pronto para fazer asneiras. Já "despachou" muita gente criada no clube, e pelo que ouço, este ano continua.