Arquivos

segunda-feira, 14 de junho de 2010

As principais linhas estratégicas do novo Presidente da LPFP

Na semana passada, Fernando Gomes, antigo administrador da SAD do FC Porto, tomou posse como Presidente da Direcção da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, substituindo Hermínio Loureiro no cargo.
No seu discurso, o novo presidente reconheceu o trabalho do seu antecessor Hermínio Loureiro ("A gratidão é uma característica que aprecio nas pessoas. Gratidão e memória.", disse) e apontou 10 temas estratégicos que fazem parte da sua agenda de prioridades, prosseguindo a luta por um "futebol limpo, livre, transparente e democrático", acrescentando, com razão, que "sem estes quatro pilares não há modelo de negócio que resista".
Do discurso do novo Presidente da LPFP, registei com agrado a alusão à independência financeira dos clubes como condição indispensável para a sua liberdade: "Se cada um dos clubes não conseguir a sua independência financeira, jamais seremos livres. Temos muito que andar para conquistar essa liberdade que poucos de nós, nesta sala, sentirão verdadeiramente." No entanto, Fernando Gomes chama a atenção - e muito bem - que "Se continuarmos a pensar que o único problema é financeiro, vamos atirar o pouco dinheiro que conseguirmos acrescentar ao que temos para cima do problema que vivemos. O resultado é fácil de concluir: ficaremos com um problema maior". A este propósito, realço o compromisso assumido de intervenção na questão dos direitos de transmissão televisiva dos jogos (Portugal e Espanha são os únicos países da Europa onde ainda prevalece a negociação individual destes direitos), na regulação das apostas desportivas (nesta matéria necessitará da cooperação do governo) e na revisão do modelo competitivo da Liga de Honra.
Penso que este discurso (disponível aqui na íntegra) demonstra que o novo Presidente da Liga conhece bem os problemas e sabe o que pretende para o futebol, enquadrando a problemática financeira dos clubes como um meio (que é preciso tratar) para atingir os fins, mas não como um fim em si mesmo. É importante sentir que a Liga tem, à frente dos seus destinos, um homem com uma visão global e não um mero tecnocrata ao serviço de alguns interesses.
Por último, mas não menos importante, destaco o compromisso assumido de rever os regulamentos da Liga, o alerta deixado à Federação Portuguesa de Futebol quanto à urgência de se adaptar os seus Estatutos ao novo regime jurídico das federações desportivas (que significa a destituição de uma série de poderes instalados) e a ousada - mas acertada - proposta de criação de um Tribunal Desportivo.
Serão, certamente, quatro anos de grande "combate" por parte de Fernando Gomes e da sua equipa para conseguir implementar todas as ideias estratégicas que avançou. Penso que se trata de um plano de acção vasto em múltiplas dimensões, cujo sucesso dependerá, em grande parte, da capacidade do Presidente da Liga conseguir reunir o consenso dos clubes em torno destas ideias, bem como, encontrar na Federação e no Governo interlocutores descomprometidos.
Lamento apenas que, depois de ter sido durante vários anos membro efectivo da Direcção da Liga, o SC Beira-Mar não integre a actual Direcção, conformando-se com um papel secundário num momento que acredito ser crucial para a regeneração do futebol profissional em Portugal.
-
Ainda que à margem do tema do post, quero aqui felicitar toda a estrutura da Academia de Futebol do SC Beira-Mar, em especial, os técnicos e os directores da equipa de Infantis B, pelo título distrital alcançado na última Quinta-Feira. Parabéns!

7 comments:

Anónimo disse...

O regresso ao antigo Mário Duarte está para breve:

http://www.record.xl.pt/noticia.aspx?id=ae1bf23a-764b-49a6-bbda-29a56ac54937&idCanal=00000010-0000-0000-0000-000000000010

Anónimo disse...

O regresso do Oliveira Salazar está para breve.
http:/www.frente-nacional.xl.pt/noticia.aspx?id=ae1bf23a-764b-49a6-bbda-29a56ac54937&idCanal=00000010-0000-0000-0000-000000000010

Anónimo disse...

E o do Afonso Henriques também...
http://www.fundação-casa-bragança.xl.pt/noticia.aspx?id=ae1bf23a-764b-49a6-bbda-29a56ac54937&idCanal=00000010-0000-0000-0000-000000000010

Anónimo disse...

E regresso do Viriato igualmente!
http://www.fodos.romanos.xl.pt/noticia.aspx?id=ae1bf23a-764b-49a6-bbda-29a56ac54937&idCanal=00000010-0000-0000-0000-000000000010

Anónimo disse...

Noticia de ultima hora, o lugar anual no EMA inclui Via Verde já com pré carregamento, sempre são trezentos escudos de portagens por jogo. A via verde patrocina o Beira Mar.

Não voltem à cidade e depois queixem-se que têm o estádio às moscas...

Anónimo disse...

Oliveira do Santa Clara e Ruben Andrade do União da Madeira são dados como reforços para o nosso Beira!! Se se concretizar seriam duas grandes contratações!! O Oliveira era o melhor do Santa Clara e o Ruben não o vi a jogar, mas segundo um madeirense conhecido.. é o proximo RUben Micael

Anónimo disse...

Não se esqueçam, enviem o curriculo para as capeeetaçãoes e observações através de CD, DVD, XPR, ou futebol.prof@beiramar.pt