Arquivos

domingo, 22 de agosto de 2010

Equipamentos

Vergonhoso.
Não é apenas problema desta direcção. Já aconteceu com outras no passado.
Será que houve alguma deliberação da Assembleia Geral a mudar a cor dos equipamentos para branco?
Na página oficial da Liga, nem sequer consta como equipamento do Beira-Mar camisola e calção branco.
Que raio de contrato foi feito com este fornecedor que, à segunda jornada, ainda não entregou os equipamentos amarelos? Não será motivo suficiente para rescindir o contrato?

10 comments:

Nuno Q. Martins disse...

Greno,

Independentemente dos eventuais atrasos do fornecedor, há aqui muita falta de sensibilidade por parte de quem dirige o clube ao permitir que o clube se apresente no campeonato a jogar com as cores do.... Vitória de Guimarães...
Poderão existir motivos para rescindir o contrato com o fornecedor, mas entendo que essa não seja a melhor solução para o clube (atendendo à dívida que ainda deve subsistir à Five Zone, a empresa que penso ser a detentora dos direitos da Joma em Portugal). No entanto, não tenho dúvidas que seria possível encontrar soluções para evitar esta situação. Contudo, parece-me que são poucos aqueles que, dentro do clube, se preocupam com estas questões de identidade e nem sequer entendem a revolta que isto causa a quem sente o clube.

Em relação ao jogo, gostei da atitude atrevida e serena da equipa na 1ª parte. Nas duas borlas que teve (a primeira do Yohan Tavares e a segunda do árbitro), o Porto marcou e depois, na segunda parte, já pouco havia a fazer. Com o Porto confiante e o Jardim sem banco, era tentar não sofrer mais golos para não abalar os índices de confiança da equipa para os futuros encontros.

Uma nota importante: a ausência de Kanu. Estou convencido que com o Kanu na marcação, o Falcao não teria a liberdade que teve, mas é apenas a minha convicção.

Resta esperar que recupere rapidamente e volte a jogar. Aquela defesa precisa muito dele.

Um abraço.

JMO disse...

A situação dos equipamentos é grave. Nacional da Madeira lançou o seu "equipamento do centenário" com a Joma e com a loja do clube ontem, no jogo com o Benfica. Este equipamento é branco com umas listas pretas e amarelas nos ombros e a minha pergunta é esta: será o equipamento alternativo? É que não parece ter sido um "à pressa"...

É o costume!

Anónimo disse...

muito gostam de discutir por ninheirias ... do que vale termos identidade se o clube fechar?? e rescinidir contrato pelo atraso?? imagino que seria maior o tempo de espera pelos equipamentos se mudassemos de marca ... mas gostei de termos "sujado" os equipamentos com varias marcas de publicidade!

Anónimo disse...

Eu acho que o equipmaneto ás riscas que é a identidade do clube passou ha historia com a mudança de marca. No entanto eu vou continuar a levar a minha.. O Beira-mar vai ser sempre o clube das riscas amarelas e pretas.

Digo isto porque o nacional tb tinha riscas verticais com a legea. Ontem contra o benfica alguém viu as riscas??

Gil Pacheco disse...

Em relação aos equipamentos,dirigi-me esta semana à loja amarela no Mário Duarte para levar um equipamento do nosso clube para a Suiça onde resido neste momento.Era uma oportunidade de levar uma recordação do meu clube,e ajudar monetariamente o mesmo ao adquirir o equipamento completo.Encontravam-se no dito local mais 2 pessoas residentes em França à procura do mesmo.Qual o meu espanto quando o funcionário me diz que apenas existe o equipamento branco do ano passado, e só em tamanho XL.Tanto eu como as outras pessoas não adquirimos o que pretendíamos pois não era o que procurávamos, nem existia o tamanho desejado.Falaram-nos em esperar um mês até chegar a remessa.Dia 30 vou regressar ao meu trabalho no estrangeiro sem levar a recordação que pretendia do meu clube de coração da minha terra.Pergunto eu: isto é admissivel num clube de 1ª divisão dito profissional?Entre as 3 pessoas perderam-se ali 120 euros,por puro amadorismo.E isto para não falar dos únicos cachecóis que lá existem que ainda dizem "campeões da liga vitalis",não têm um único cachecol gravado com: S.C.Beira-Mar.Dá que pensar...

Anónimo disse...

Que a actual direcção não se preocupa com identidade, valores e projecto do clube, estando apenas preocupada em manter a cabeça fora de água, já todos sabemos e é quase que maçador continuarmos a insistir num ponto que aquela gente não muda.
Que a direcção se desleixe e se chegue ao fim do Verão ainda sem equipamentos para vender, anulando assim uma importantíssima fonte de receita como bem relata o Gil Pacheco no comentário anterior, é que é grave, irresponsável e incompetente.
Em vez de aproveitarem o entusiasmo de início de época e as centenas de emigrantes que estão a retornar aos paises onde trabalham e querem ajudar o clube comprando um equipamento, abandonam uma forma de fazer dinheiro que, nos clubes de topo, é das principais.

Depois venham com mais operações para Salvar o Clube.

L.T. disse...

O que relata o Gil Pacheco é o retrato do amadorismo, da falta de organização e da incompetência que grassa há muito no Beira Mar. E o mesmo sobre os equipamentos do Beira Mar, não venham dizer que são ninharias, são coisas importantes para os poucos que ainda vivem o Beira Mar a sério e vão mantendo a chama acesa. Nem ao menos viram que já no tempo do boticário quando apareceram aqueles equipamentos brancos e amarelos a malta se fartou de refilar...Não aprendem nada e são maus comerciantes.

Pitarma Matos disse...

Em grandes equipas mundiais, as marcas desportivas "obrigam" os clubes a jogar um determinado número de jogos com os equipamentos alternativos ,de forma a vender mais equipamentos, no entanto cabe aos clubes escolher os jogos nos quais jogarão com esses equipamentos.
No entanto tudo leva a crer que este não seja o caso. É inconcebível que o Beira-Mar jogue as duas primeiras jornadas com o equipamento alternativo, sendo uma delas com um dos três grandes e como tal transmitido na televisão. Pior, é o regresso desta novela em torno dos equipamentos.
No Beira-Mar – Leiria, jogámos com equipamento branco, obrigando o Leiria a jogar também com o equipamento alternativo, e admito que quem tenha chegado com o jogo a decorrer tenha tido alguma dificuldade para saber quem era quem….
Este ano até o equipamento alternativo de Benfica e Porto é amarelo….
Resta saber com que cor jogaremos contra a agremiação de Coimbra, algo me diz que será…branco.

Anónimo disse...

Estou a ficar cada vez ,mais esclarecida e diria mesmo até feliz! Sempre achei que os homens se devem preocupar com o que vestem " A albarda faz o burro" diz o povo, e uma mulher gosta sempre de ver um homem bem vestido. Não percebo nada de internetes, mas vejo o meus filho a ler estas coisas e fico feliz de haver tanta gente preocupada com as roupas dos meninos. Afinal há muitos metrosexuais no beira mar. Eu, apesar de gostar de ter já uns equipamentos dos brancos ou dos pretos para os meus netos( odeio riscas, acho pobre e parolo)
estou mais preocupada com o Futebol, futebol, percebem, jogo, resultados, estádios cheios como vi no Porto.
Para finalizar porque é que os entendidos não se candidataram e deixaram ser os amadores,para quem não sabe vem do latim e significa os que amam, tomar conta do clube. Força. Se não gostem convoquem uma assembleia e acabem com eles.
Quero ver se os riscados fazem melhor, porque pelo que ouço o problema do BM é mesmo o design e a cor dos equipamentos!!!!
Boa noite que eu estou a banhos.

JMO disse...

Há bocas que nem vale a pena comentar... Mas numa coisa esta !senhora! tem razão: há outros problemas no clube só que são difíceis de extirpar...