Arquivos

sábado, 6 de agosto de 2011

Jacinto Martins

Na passada Quinta-Feira, ao final da tarde, fui surpreendido pelo falecimento do Jacinto Martins. Um homem que conheci através do Beira-Mar, mas cujos contactos e conversas sempre foram muito para além da vida do clube.
Tal como o Tó-Zé Bartolomeu, o Jacinto faz muita falta ao universo Beiramarense. Ambos eram homens apaixonados pela comunicação e, mesmo quando era necessário assumirem os encargos a título pessoal, não deixavam de fazer um esforço para marcar presença nos eventos do clube, possibilitando assim a sua divulgação posterior.
À família do Jacinto Martins, em especial ao seu neto que tantas vezes vi em sua companhia nas lides desportivas, um abraço sentido e muita força para ultrapassar este momento difícil.

1 comments:

Anónimo disse...

tinha muita simpatia por este senhor.paz a sua alma