Arquivos

domingo, 11 de maio de 2008

Momento de viragem!

No post com o título «Petição promovida pelo M1922», o visitante Fernando Simões deixou um comentário pertinente dirigido às três individualidades apeladas na petição:
-
«Respeito muito estas pessoas, mas se aceitarem fazer parte da comissão, vão mais uma vez sujeitar-se ao não reconhecimento do seu trabalho, esforço e sacrifício por parte de alguns sócios (ou a maioria) e vão expor-se a ouvir e ler comentários (injustos e de baixo nível), por alguns erros que tenham feito no passado (poucos e que não hipotecaram a vida do clube) e que os poderão cometer no futuro em prol do Beira Mar.
Será que precisam de se expor? Quem os criticou tanto e continua hoje da mesma forma a criticá-los, que arranje uma solução e que vá para o clube.
Pergunto a estes SENHORES (porque os respeito muito e admiro):
Será que vale a pena mais uma vez?
-
Fernando Simões»
-
Ao qual não pude deixar de responder:
-
«Caro Fernando Simões,
-
Não posso deixar de responder ao seu comentário. É muito pertinente.
De facto, a ingratidão é das manifestações humanas mais mesquinhas e, também , mais dolorosas. No entanto, deixe-me que lhe diga, que não podemos nem devemos pautar ou condicionar o nosso pensamento e as nossas acções em função das mentes mesquinhas. Se o fizermos, então é que ninguém faz nada. Os "bons" preferem o comodismo e, como já diz o velho ditado, "para que o mal impere, basta que o bem nada faça".
-
Mandar uns bitaites e arranjar culpados quando algo não corre bem é muito fácil. Contudo, quem se entrega a causas deve manter-se fiél às suas convicções e só «ouvir» as críticas de quem também é capaz de se entragar com a mesma paixão e empenho às mesmas causas.
-
São muitos aqueles que DIZEM FAZER, mas a voz que importa ouvir é a daqueles que realmente FAZEM.
-
Na minha humilde opinião, chegámos ao momento de tomar decisões de fundo quanto ao futuro do clube. Ou assumimos que o Beira-Mar como o conhecemos está condenado e o futebol profissional do clube terá que ser alienado para continuar em actividade; ou, confiamos em Beiramarenses com provas dadas (em termos de gestão financeira e desportiva), pessoas de reconhecida integridade e que não se mobilizam para o clube para satisfazer interesses pessoais.
-
Se as três distintas personalidades que o M1922 sugere aceitarem este desafio, poderão certamente contar com o apoio daqueles que gostam verdadeiramente do Clube e acreditam que os aveirenses podem reconstruir uma instituição que já foi, ainda não há muito tempo, um símbolo de grande orgulho para esta cidade.
-
Quanto aos comentários injustos e de baixo nível, eles irão sempre acontecer. O ser humano é mesquinho por natureza. No entanto, não podem nem devem ser as vozes desses seres pequenos e mesquinhos a falar mais alto. Que prevaleçam as convicções das pessoas de bem e que sejam ouvidos aqueles que mostram estar disponíveis, de facto, para construir um futuro auspicioso para o nosso clube.
-
Saudações Auri-Negras!»
-
O Beira-Mar precisa da UNIÃO dos sócios em torno duma solução directiva válida, seja ela qual for. Aceito, com naturalidade e espírito democrático, que qualquer Beiramarense proponha uma solução diversa daquela que o M1922 agora apresenta. O que já não aceitarei é que quem não proponha qualquer solução alternativa nem desenvolva qualquer tipo de esforço nesse sentido, venha criticar gratuitamente todos aqueles que estão empenhados em construir algo positivo para o clube e para a cidade. Mais uma vez, apelo aos Beiramarenses que confiam nas três personalidades propostas que demonstrem o seu apoio assinando e divulgando a petição.

3 comments:

Anónimo disse...

Pessoas como esse comentador só servem para tentar desincentivar e fazer esmorecer espíritos muito maiores do que ele e a sua mentalidadezinha pequenina que nunca passará além da Taprobana...este mundo está cada vez mais cheio de gente assim e tem cada vez menos homens com a dimensão das personalidades apontadas e é por isso que está como está...

Anónimo disse...

Compreendo a reflecção expressa pelo Fernando Simões, no entanto temos que compreender que pessoas com a estatura das que são propostas pela forma como conduziram e conduzem a sua vida publica e privada são naturalmente alvo de invejas que serão sempre reveladas de forma pouco ou nada coreal, mas o reconhecimento público despoleta sempre estes sentimentos, é da natureza humana. Estou certo que estas três individualidades sabem distinguir o trigo do joio, porque nenhuma liderança é absolutamente consensual, nem é desejável que o seja, e existe gente que tem nos ataques pessoais o único argumento que as faz mexer, serão certamente uma escassa minoria e não colherão no senso comum.Pela minha parte ao subscrever a petição faço-o com o sentido cívico de contribuir para encontrar uma solução. Se esta petição tiver sucesso, claro que ficarei grato a estas três pessoas o que não significa que não manifeste em qualquer sede as minhas opiniões e criticas quando entender util, o que não farei seguramente será cair no insulto ou na critica destrutiva, porque também sei que pelo perfil destas pessoas não serei escutado caso aceitem o desafio de dirigir o BM.
Também li outro comentário que dava a entender que quem assumisse o clube não deveria contar com o apoio da edilidade, estou de acordo relativamente ao futebol profissional, se este não souber dar contrapartidas à sociedade e á cidade, já não estarei de acordo se se encontarem formulas de colaboração que existem e com reais contrapartidas para a cidade, mas relativamente ás actividades amadoras o apoio da autarquia é exigível, faz parte das suas obrigações apoiar as organizações de cidadãos que tem no bem comum o seu objecto. Por isso espero do actual executivo e dos futuros um claro apoio fundamentado em projectos de inequivoca utilidade pública.
EM sócio nº1882

Anónimo disse...

Então o DA de hoje diz que esta petição é para esquecer e que o Sr caxide irá ter amanha uma reuniao com o Elio e de seguida irá formar uma CA com os ex-directores excepto o C. Nuno que será substituido pelo A. Roque?
Isto tem alguma ponta de verdade ou é só para desestabilizar ainda mais?
Quem responde? Obrigado
Sócio